Oleno tentará harmonizar a relação do Governo com a sociedade e grupos políticos.

Compartilhe nosso conteúdo!

A Coluna de Hoje | Boa Vista,RR | Publicada 00h20

ll
DESAFIO | Oleno assume a Casa Civil amanhã com a missão de dar mais dinamismo na relação política do Governo.

O deputado estadual Oleno Matos ratificou o que foi publicado aqui com exclusividade sobre sua entronização na Casa Civil do Governo, no lugar de Danielle Campos, a filha mais velha da governadora Suely Campos. E como Boa Vista é a capital dos boatos – aqui o fuxico anda léguas adiante dos fatos – Oleno logo cuidou de justificar as razões que o levaram a acolher o convite, tornando público o assunto em mensagem postada no WhatsApp para que seu nome não sirva de potocas e falatórios na boca do povo. A posse de Oleno no Gabinete Civil está marcada para às 17 horas de amanhã, em solenidade no Salão Nobre do Palácio Senador Hélio Campos. A missão de Oleno é tentar harmonizar o relacionamento do Governo com grupos políticos, bastante desgastada e com a sociedade, que não absorveu ainda os ideais da administração atual.

Antes que comecem as especulações, informo que fui convidado pela Governadora para ser o Chefe da Casa Civil do Governo. A finalidade da Casa Civil é assistir a Governadora do Estado no desempenho de suas atribuições nos assuntos alusivos à coordenação institucional e administrativa, aos atos de gestão da Chefia do Poder Executivo e às relações com a sociedade, agremiações políticas e aos demais Poderes, no âmbito Federal, Estadual e Municipal.

Quando me candidatei apresentei o propósito de lutar por melhoria nas políticas públicas como Deputado Estadual na Assembleia Legislativa, o que fiz durante todo meu primeiro ano de mandato. Diante do que representa a Chefia da Casa Civil e as possibilidades de trabalhar com mais afinco objetivando melhorias em todas as políticas públicas e o bem estar de nossa população, aceitei o convite com o intuito de fazer um trabalho que possa contribuir mais ainda para o desenvolvimento do nosso Estado que é o que todos queremos”, disse Oleno.

As Assembleias e seus gastos
lll
ORÇAMENTO | O Orçamento pretendido por Jalser para este ano chega a R$ 197 milhões.

Mil deputados dos legislativos estaduais e do Distrito Federal gastarão neste ano, juntos, R$ 11,8 bilhões. Apesar da crise que engessou orçamentos, todas as Assembleias do país ampliaram nominalmente seus caixas em relação a 2015 – oito delas acima da inflação.

O gasto previsto equivale à metade do que o governo federal pretende arrecadar com a recriação da CPMF. Também corresponde ao Orçamento anual de um Estado do porte da Paraíba.

Minas Gerais com R$ 1,27 bilhão – e 77 deputados – é a campeã. Roraima está entre as que tem o menor orçamento. Com 24 deputados a o Legislativo roraimense ocupa a posição de número 23 no ranking – com R$ 176 milhões garantidos – caso seja mantido o veto governamental ao orçamento deste ano. Se for derrubado o veto o presidente Jalser Renier vai administrar R$ 197 milhões neste ano de 2016

Oneildo reeleito na OAB Nacional
llllll
SEGUNDO MANDATO | Oneildo (direita) foi reeleito ontem para mais 3 anos na Tesouraria da OAB.

O ex-presidente da OAB Roraima, Oneildo Ferreira, foi reeleito ontem para mais um mandato de três anos como Diretor Tesoureiro do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil.

O advogado gaúcho Claudio Pacheco Lamachia substitui o colega piauiense Marcus Vinício na presidência da entidade, que reúne 945 mil advogados em todo o país.

A votação de ontem, que se deu em chapa única, ocorreu em sessão solene do Colégio Eleitoral, formado pelos conselheiros federais eleitos para o triênio 2016-2018.

Campelo de malas prontas
lll
CAMPELO | Sem autonomia, nada faz sem que a ordem venha da governadora Suely.

Desde que foi atraído para uma nova temporada no comando da Secretaria de Segurança, o delegado aposentado da Polícia Federal João Campelo não emplacou.

Diferente da primeira gestão, agora praticamente nada existe que sirva de referência do seu trabalho.

Desprestigiado, Campelo já avisou para amigos mais próximos que se continuar com as mãos atadas onde não faz nada sem a anuência do Palácio, o noivado com o governo de Suely Campos acaba em maio.

Estado é de emergência
llll
O SUL ARDE | Suely esteve reunida com produtores afetados pelas queimadas em Rorainópolis.

Os efeitos da mais intensa seca dos últimos 20 anos fizeram o Governo de Roraima decretar situação de emergência em mais três municípios:  São João da Baliza, Caroebe e Iracema. Agora são 13 os municípios nessa condição.

A governadora Suely finalizou no fim de semana uma visita ao sul do Estado onde pode constatar a gravidade do momento. Muitos produtores relataram que perderam toda a produção e que não possuem nem mesmo água potável para beber devido à seca.

De forma imediata o Governo vai abrir cacimbas na tentativa de captar água para servir aos animais e evitar um prejuízo maior entre os pequenos produtores.

Cemitério vertical
lll
ALINE | O único cemitério público do município não tem lugares para novas sepulturas.

A Câmara de Vereadores de Boa Vista retoma suas atividades parlamentares com uma Sessão Solene, amanhã, a partir das 9 horas.

E aproveitando o momento oportuno a vereadora Aline Rezende (PRTB) apresentará sugestão – através de projeto autorizativo – para que a Prefeitura, em vista da situação de calamidade que se encontra o único cemitério público da capital, instale em Boa Vista um cemitério vertical, que é um modelo organizado de sepulturas em colunas que está dando certo em vários municípios de grande densidade populacional.

O Cemitério Nossa Senhora da Conceição está superlotado. Trata-se de uma situação calamitosa. As famílias do Município de Boa Vista já não têm onde sepultar seus entes queridos. Há experiências em dezenas de municípios brasileiros em que os cemitérios verticais deram certo e atendem perfeitamente a necessidade das famílias”, disse Aline.

Invasão venezuelana
llllll
PERAMBULAÇÃO |Alguns venezuelanos são facilmente encontrados nos cruzamentos da cidade.

A migração ilegal de venezuelanos para Boa Vista ascendeu o sinal amarelo na Polícia Federal. Somente na semana passada 33 foram deportados.

Foram abordados nas ruas da capital e como não há permissão de ficarem no Brasil, o caminho natural é a deportação.

Segundo a PF os estrangeiros são localizados sem documentação regular de entrada no Brasil, inclusive pedindo esmolas ou vendendo produtos nas ruas e semáforos da capital.

Economia de palitos
lllll
ECONOMIA | A mensagem governamental foi encaminhada por Suely ao Legislativo.

A governador Suely Campos encaminhou para apreciação dos deputados estaduais a mensagem que propõe redução temporária dos salários de quem tem cargo no primeiro escalão.

Mas essa história de cortar salário é para provocar alguma comoção. Quem não gostou anda da ideia foram os secretários e adjuntos. Tem muita gente resmungando.

O Governo pretende economizar R$ 350 mil por mês. Algo em torno de R$ 2,1 milhões nos 6 meses enquanto durar a medida. Uma economia de palitos.

A queixa faz sentido
llllll
PADILHA | O Amapá tem um Orçamento bem superior ao que pretendemos para este ano.

Faz sentido a lamentação do desembargador Almiro Padilha em relação ao Orçamento do tribunal de Justiça, que se for mantido como quero Governo, vai gerar problemas estruturas no judiciário durante o exercício atual.

Comparando Roraima com o irmão gêmeo Amapá, a diferença financeira é absurda. O orçamento executado lá em 2015 foi de R$ 211 milhões, enquanto aqui foi de R$ 162 milhões. É uma diferença gritante. E esse ano? O que se avizinha? Um orçamento de R$ 173 milhões para o TJRR e de R$ 235 milhões para o Judiciário do Amapá.

São R$ 60 milhões de diferença para tribunais do mesmo tamanho, com as mesmas obrigações e produtividade. Orçamento é matemática: se eu tenho despesa de ‘2’, eu não consigo pagar com ‘1’”, afirma Almiro.

Atendimento corrido
llll
NOVO HORÁRIO | Segundo Rodrigo o objetivo é melhorar o atendimento à população.

A partir desta segunda-feira, 1º, os 32 postos de saúde de Boa Vista passam a funcionar em novo horário. Segundo a Prefeitura de Boa Vista, as unidades serão abertas a partir das 7h da manhã e não fecharão no horário do almoço continuando os serviços sem interrupção até às 18h.
Essa nova norma, no entanto, não vale para todos os serviços. O atendimento médico e farmácia continuarão funcionando das 8h às 12h e das 14h às 18h.
Para o secretário municipal de Saúde, Rodrigo Jucá, o intuito é melhorar o atendimento à população e buscar ações estratégicas que melhorem as condições da saúde municipal.

lll
O RETORNO | Alunos da Rede Municipal retornam hoje às aulas já vestidos com os novos uniformes padronizados.

Volta às aulas | Os estudantes da rede municipal de ensino voltam às aulas em Boa Vista a partir de hoje, dia 1º. São cerca de 40 mil alunos nas modalidades de creche, Educação Infantil e primeiro ciclo do Ensino Fundamental. Este ano, o município efetivou 5.747 novas matrículas no ensino infantil e fundamental e 907 no regime de creches para crianças com idade de 2 a 3 anos e 11 meses. As aulas iniciam nas 75 escolas urbanas, rurais, indígenas, nas 26 Casas Mãe e nas quatro Creches Próinfância.  calendário escolar terá 204 dias letivos, com o término previsto para o dia 16 de dezembro.

Não há lista de espera

Quem não solicitou a matrícula no período programado, a Secretaria Municipal de Educação informa que não há lista de espera, é só aguardar o inicio do ano letivo para novamente entrar em contato com o Call Center (0800 280 3536) e solicitar a matrícula. Dessa forma, a equipe de Planejamento Educacional fará todo o procedimento necessário para que a criança tenha assegurado o acesso à educação.

As vagas nas Casas Mãe e Creches Próinfância foram destinadas prioritariamente para as crianças atendidas pelo Programa Família que Acolhe (FQA), que representam cerca de 60% das matrículas efetivadas. O percentual restante foi destinado para a comunidade em geral.

Reflexões: um ano de colunaablogdoperonico

De repente, ontem à noite, me dei conta de que meu espaço com o Blog do Expedito Peronnico, onde edito uma coluna política, publicada de segunda a sábado, completou um ano. Logo, essa 286ª coluna é um revisitar dos temas já abordados em torno da política local e nacional, dos bastidores do poder e do cotidiano. Discutir política incomoda. Mas os desafios fazem parte da vida de quem se propõe a escrever a realidade. Creio que acertei na maioria do que postei aqui. Houve erros, claro. Mas desprendido de qualquer pretensão acho que colaborei com as narrativas do dia-a-dia, sempre com os “olhos e os pés nas ruas”.  Não sou arquiteto da verdade mas me propus a relatar fatos e a opinar sobre aquilo que não ofende nem agride as pessoas. Vira e volta, mesmo entre amigos, ouço duas frases mais ou menos assim “você está pegando pesado com alguém” ou ainda “você está fazendo apologia a fulano”, e o diálogo permanece aceso e vou convivendo entre todos os meios, nos extremos. Por fim eu tenho gratidão por quem me acompanhou nessa primeira parte. Adquiri leitores, seguidores e adversários, tudo dentro de um relacionamento democrático, tolerável e suportável. E mais uma vez quero deixar aqui bem realçado que para mim é um privilégio tê-los como leitores e colaboradores da coluna. Muito obrigado!”


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts