OPINIÃO: É desumano “varrer” das ruas os venezuelanos para que figurões de Brasília não enxerguem a desgraça.

 OPINIÃO: É desumano “varrer” das ruas os venezuelanos para que figurões de Brasília não enxerguem a desgraça.

Crianças que teriam sido retirados das ruas e escondidas em algum lugar. Foto | Redes Sociais.

Compartilhe este artigo

De repente, nesta manhã de quarta-feira (12) não se viu mais venezuelanos perambulando pelas ruas da cidade, nem sentados nas calçadas de farmácias e supermercados, muito menos aquele monte de gente que se aglomera nos semáforos da cidade pedindo esmolas ou vendendo algo.

Essa prática tem sido corriqueira em Boa Vista. Sempre que alguma figura proeminente de Brasília mete os pés em solo macuxi, ai aparecem os “flanelinhas”, a mando não se sabe de quem, junto com organizações de apoio aos refugiados, e se apressam em remover a “sujeira” humana que lambuza nossas ruas, avenidas e praças.

Os venezuelanos de repente somem das vias públicas. São escondidos em algum lugar para que as autoridades não sejam testemunhas do flagelo que a migração tem produzido em Boa Vista.

Na verdade uma incoerência, porque se as eminências estão aqui, justo para diagnosticar a causa da tragédia venezuelana e possibilitar alguma solução mais tarde, por que esconder a verdade? Remover os venezuelanos como se lixo fossem – o que não é o caso, são seres humanos que merecem respeito – só conduz a um falso diagnóstico da situação.

A maquiagem de ontem para a visita do vice-presidente Hamilton Mourão e do ministro Sérgio Moro deve atender ao interesse de alguém. Mas contradiz a realidade da desgraça. Isso não faz o menor sentido.

Trata-se na verdade de uma ação de má fé. Afinal, estão querendo esconder a realidade por qual motivo? Qual é a intenção de querer varrer os problemas para debaixo do tapete? Fica a impressão de que tudo está dentro da mais perfeita ordem, quando não está.

O responsável por essa operação abafa deveria ser denunciado por estelionato moral e falsidade ideológica. Porque a verdade que não se pode omitir é justamente essa que nós roraimenses vemos todos os dias.

Nós somos testemunhas dessa calamidade pública, dessa tragédia humana e tentar escondê-la constitui um ato desumano imperdoável.  

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: