Os bois atropelaram a carroça

Compartilhe nosso conteúdo!

A Coluna de hoje | Publicada 00h17

A governadora Suely cometeu uma falta grosseira ao nomear e não encaminhar no prazo legal para a apreciação dos deputados estaduais, os nomes das figuras escolhidas para ocuparem cargos de direção em órgãos da administração indireta.

Não foi falha dela, claro, mas dos entendidos do direito que integram a equipe da assistência jurídica. Os caras pecaram em algo inadmissível para operadores do direito: perda do prazo. Dormiram no ponto, cochilaram em berço esplêndidos, deslumbrados, e acabou que a carroça foi literalmente atropelada por uma parelha de bois em fúria.

Para o Governo a questão está definida. Para a Assembleia, não. O vice presidente do Poder Legislativo, deputado coronel Chagas –que se encontra no exercício da Presidência -, disse que o artigo 33 da Constituição Estadual prevê o encaminhamento dos nomeados 30 dias a contar da data da assinatura do decreto, que ocorreu em 1º de Janeiro. Portanto o prazo acabou na sexta, dia 30.

Chagas: o erro é visível e a Assembleia está agindo conforme suas prerrogativas.
Chagas: o erro é visível e a Assembleia está agindo conforme suas prerrogativas.

Como o ofício de encaminhamento se deu no dia 2 de fevereiro, as 16h21 (veja a precisão da hora), nada mais vale. A assembleia não aceita qualquer argumentação sob pena de ser responsabilizada por descumprir preceito constitucional. “Na descumpriremos nossa constituição”, disse Chagas.

Não há saída

Ontem os procuradores tentaram argumentar, buscando uma alternativa. Não há. Só resta desfazer o ato. E decretar a exoneração de todos os empossados ilegalmente.

Quanto a Suely, tem que reconhecer a primariedade de sua atitude. E tem mais os mesmos nomes não podem ser reconduzidos em outros decretos. Ou seja, há uma falha jurídica grosseira, um ato administrativo rugoso.

Em nota oficial o governo diz que fez tudo certinho e diz que diante da divergência em relação ao prazo final e considerando o entendimento da Assembleia, a Procuradoria Geral do Estado está analisando as providências legais por entender que cumpriu o disposto constitucional

No olho do furacão

Diante de todo esse disparate das nomeações acidentadas, a Comunicação do Governo está submergida na sua incapacidade de agir.

Como a prioridade é produzir press-releases, não houve até o momento um escrito que seja contendo uma posição critica que contemple o povo roraimense com uma explicação razoável sobre a gravidade do ato.

E isso enseja mais desconfianças de que muitos atos de Suely são impróprios e ineficazes por falta de orientação.

Samba do crioulo doido

Na semana passada foi informado que o salário de janeiro dos servidores estaduais seria pago depois do dia 11.

Ontem foi informado oficialmente que a folha será liberada amanhã, dia 05. Afinal de contas onde está a credibilidade nos informes do Governo?  Mas isso com uma ressalva: só para funcionários da administração direta.

Os demais só próxima quarta-feira, dia 11 de fevereiro. O mesmo acontece com os servidores da Saúde, que recebem pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Ah, salário pago na quinta-feira. Logo o final de semana tá garantido com compras nas cidades de fronteira e cerveja gelada.

CNJ mantém Gursen afastado

A Sessão do CNJ, ontem a noite, em que foi decidido pela manutenção do afastamento de GUrsen.
A Sessão do CNJ, ontem a noite, em que foi decidido pela manutenção do afastamento de Gursen.

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) decidiu por unanimidade manter afastado de suas funções no Trinunal de Justiça de Roraima e no Tribunal Regional Eleitoral o desembargador Alcir Gursen de Miranda, até que o processo seja concluído.

Processo no CNJ apura conduta incompatível de Gursen com a atividade judicante em pelo menos quatro situações, com suposta violação do dever de imparcialidade ao conduzir uma representação eleitoral e atuação questionável em face do cargo de corregedor-regional eleitoral.

Farofa de ovo 

Telmário Mota inaugurou ontem a Tribuna do Senado Federal. De novo mesmo só sua presença em Plenário, já que é cristão novo.

O discurso manco sem novidades deixa clarividente que Telmário vai fazer da palavra seu instrumento de guerrilha na Casa legislativa.

Só não pode ficar gritando no Púlpito, feito grilo falante, igual fazia nas ruas de Boa Vista incomodando o povo naquela pampa velha.

Inimigo público

Telmário na tribuna do Senado: mesma ladainha.
Telmário na tribuna do Senado: mesma ladainha.

Telmário desfraldou sua aversão ao colega Jucá como se tivesse transferido para Brasília os perrengues da campanha passada.

Falou barbaridades de Jucá a ponto de culpa-lo pela decadência vivida atualmente pelo Governo do Estado.

O senador falador tem que se inscrever num curso de boas maneiras, porque conviver com os contrários faz parte do dinamismo das relações politicas no Congresso Nacional.

Pensando bem…

Só o tempo dirá se Telmário terá a capacidade de adquirir maturidade suficiente para compreender que no Congresso Nacional tudo é relativo. E o discurso caquético de que em Roraima tudo precisa mudar não vinga. A propósito a única coisa que mudou aqui foi a condição financeira da família Campos.

Tiro certeiro

Mas o senador Telmário até que foi bastante lúcido em um trecho de sua ladainha.

Disse que cenário de decadência verificado em terras macuxis  se deve aos equívocos de gestões estaduais passadas, que dificultaram a ação do setor produtivo e que privilegiaram o clientelismo, o favoritismo, o paternalismo e o nepotismo.

De nepotismo ele entende de cátedra. Afinal de contas é aliado da governadora Suley, em cujo barco subiu toda parentada.

Choque térmico

Modernas paradas de ônibus serão instaladas nas rotas de ônibus.
Modernas paradas de ônibus serão instaladas nas rotas de ônibus.

O plano de mobilidade da prefeita Teresa é moderno. Algo que foi implantado em Curitiba pelo visionário Jaime Lerner.

E contempla as vias urbanas com mais de 100 paradas de ônibus climatizadas e em algumas delas, com pequenas lojas de conveniências. Ocorre que a benfeitoria pode se transformar em questão de saúde pública.

Como é que o sujeito vai pegar o ônibus saindo de um lugar gelado e aconchegante para embarcar em ônibus velhos e quentes igual o inferno?

Portas fechadas

O senador Romero Jucá, relator geral do projeto de Orçamento da União para 2015 (PLN 13/2014), disse ontem que regimentalmente não há mais possibilidade de abrir prazo para incluir novas emendas à peça orçamentária.

A aprovação do Orçamento pelo Congresso depende da votação dos vetos presidenciais que trancam a pauta.

 Prestígio em alta no PRB

Jhonatan: segundo mandato e atuação parlamentar bem avaliada.
Jhonatan: segundo mandato e atuação parlamentar bem avaliada.

O deputado Jhonatam de Jesus está em alta e seu Partido, o PRB.

Foi escolhido vice líder da agremiação junto com César Halum (TO) e Marcelo Squassoni (SP).

Jhonatan fez um agradecimento aos 20.677 roraimenses que o elegeram e disse: “renovo o meu compromisso de continuar a honrar cada um dos meus eleitores e de trabalhar muito para conquistar o sonho de mais desenvolvimento e mais qualidade de vida para os roraimenses”.

Perda da sanidade

Olha, eu não vi, mas alguém postou uma foto de Anchieta Jr conversando com o senador Telmário. Anchieta estaria tentando cooptar Telmário para apoiar Shéridan na corrida ao palácio 9 de julho em 2016. Se isso é verdade, então diria como os nordestinos:  “é muita falta de vergonha na cara”.

Todos sabem, na campanha passada, Telmário só não titulou Anchieta de corço mateiro… embusteiro foi o adjetivo mais ameno.

Ruim para eles…

Os roraimenses que frequentam a paradisíaca Isla Margarita, no caribe venezuelano, não reclamam de nada.

Muito pelo contrário. Ninguém constata crise alguma, apesar de o país está mergulhado no caos. Chegam todos com um bronzeado bem vistoso, compras m excesso e só elogios às praias, comida agradável e preços bons.

Bolívar em que queda

Vejam que contraste. Na Venezuela a moeda oficial é o Bolívar Forte (B$). Só que desvalorizada demais, permite que nosso rico dinheirinho surfe em pranchas largas.

Na troca não oficial R$ 1 está sendo cambiado por B$ 58. E pode alcançar um valor  mais expressivo quando o Carnaval passar.

Not taken off

O ex-governador Chico Rodrigues anunciou com aparatos e esplendores, que venderia os dois aviões Learjet, modelos 35 e 55, pertencentes ao Estado de Roraima. Os aviões estão hangarados em lugar incerto e não sabido, pior, sucateados.

Um conhecido comandante confessou que juntos as duas aeronaves não valem mais que R$ 1 milhão, portanto muito difícil de serem arrematados.

Pau de Selfie

O negócio agora é selfie, aliás, uma das muitas palavras em inglês que dominaram nosso vocabulário português capenga.

Ninguém nem ousa em falar “auto retrato”, mas Selfie Stick que no idioma tupiniquim virou pau de selfie.

Um caso raro na mistura linguística. Até porque “pau” permite, digamos, variações safadinhas.

TAM + três

Avião da TAM taxiando em Boa Voa Vista e Brasilia.
Avião da TAM taxiando em Boa Voa. Voo até Brasilia sem escalas.

A companhia aérea TAM vai inaugurar uma nova frequência non stop entre Boa Vista e Brasília. Será seu terceiro voo partindo daqui.

A linha tem como objetivo melhorar a conectividade entre o Norte e a capital do País com voos sem escalas. Uma melhor opção de horários aos clientes corporativos, além de haver mais possiblidades de conexões para outros destinos nacionais e internacionais.

A rota (ida e volta) será operada seis vezes por semana, a partir de 1º de março de 2015. As passagens já estão à venda pelo site da companhia.

O avião decola as 13h30 e pousa por volta de 18h30 na capital federal. E preste atenção, o preço da passagem é uma pechinha… hoje compra-se o trecho por R$ 406,00.

PCCR da saúde municipal

Com a aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração da saúde municipal os médicos em fase inicial e com carga de 20 horas semanais vão receber R$ 5 mil podendo chegar a R$ 12 mil.

Os profissionais que cumprirem 40 horas no início da carreira vão ter remuneração de R$ 10 mil, podendo chegar a R$ 21 mil no final da carreira. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcelo Lopes, a última alteração no PCCR dos servidores da área foi em 2013.

Baixo nível

Sofrência é a palavra “da hora”. Um neologismo tão baixo e vulgar que sua expressão chega a dar ânsia de vomito.

O tema faz parte de uma música apavorante entoada pelo sertanejo Gustavo lima. Que horror!

 

www.peronico.com.br

e-mail: peronico.27@gmail.com

WhatsApp: 98122-3345

facebook – Peronnico Expedito

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts