‘Pacaraima está a beira de colapso social com aumento de imigração’, afirma prefeito.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h07

Venezuelanos vivendo em condições sub-humanas em Pacaraima.

O prefeito de Pacaraima, Juliano Torquato, disse ontem (6) no Senado, que o município está à beira de um colapso social com o crescente número de venezuelanos que chegam e se instalam na cidade. Torquato participou de uma reunião da Subcomissão Temporária criada para tratar da crise na Venezuela, bem como suas consequências para o Brasil.

Torquato disse que tem, de todas as formas, tentado solucionar o problema na fronteira do Brasil com a Venezuela. “Só que infelizmente chegou a um momento em que eu peço ajuda de vocês. Não consigo mais. A gente vai entrar num colapso na sociedade, na educação e na saúde”, disse o prefeito.

— Nossa cidade tem um arsenal de armas, muitas drogas e uma fronteira desguarnecida. Os índices de criminalidade são alarmantes. Eu comparo nossa cidade à uma favela do Rio de Janeiro — declarou o prefeito.

Milhares de venezuelanos têm deixado o país em busca de oportunidades de emprego em países vizinhos, dente eles o Brasil. Com isso, a cidade de Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, é a porta de entrada e, muitas vezes, o destino final dos refugiados. O prefeito disse que há cerca de 400 a 500 venezuelanos vivendo em situação de rua na cidade. Outros são acolhidos em abrigos e alguns já invadiram áreas de preservação ambiental. Segundo o prefeito, o município tem enfrentado vários problemas em relação à segurança pública e à saúde.

Torquato explicou que o município tem recebido um número muito maior de alunos do que o suportável pela rede de ensino pública. “Em 2017, eu tinha 1.743 alunos; em 2018, eu passei para 2.072 e, neste ano, eu tenho 2.772 alunos, um aumento de 35% com a mesma renda do Fundeb [Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica], sem aumentar um real, sendo que, desses 2.700 alunos, 903 são venezuelanos”.

O prefeito disse que o município tem sofrido com “furtos, roubos, assaltos, homicídios e sequestros”. Ele também citou um aumento no número de armas dentro de Pacaraima e problemas com drogas. Segundo ele, a larga faixa de fronteira permite a entrada de pessoas sem verificação prévia de antecedentes criminais. Fonte | Agências Brasil e Senado.

Opções de Guaidó para derrubar Maduro

Guiadó diz que Maduro está cada mais enfraquecido.

O deputado venezuelano e autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, avalia “todas as opções” para afastar o presidente Nicolás Maduro do poder.

Em entrevista à BBC, ele não descarta um pedido de ajuda aos Estados Unidos para uma intervenção militar. As declarações foram feitas depois de uma tentativa para evitar uma rebelião militar no país.

Na entrevista, Guiadó afirma que, apesar do fracasso da recente tentativa de destituir Maduro, a sua imagem não está enfraquecida e nem se sente derrotado. Diz que o “único que realmente se machuca é Maduro”.

“Ele tem perdido todas as vezes. Está cada vez mais fraco, cada vez mais sozinho e não tem apoio internacional. Pelo contrário, nós ganhamos aceitação, apoio e opções futuras”, acrescentou. Com agências internacionais

Disney na corda bamba?

Denarium e Disney: especulação sobre saída da Casa Civil.

O comentário é corrente: o secretário da Casa Civil, Disney Mesquita, o mais próximo assessor de Antônio Denarium, estaria de malas prontas para o posto no Palácio Senador Hélio Campos.

A ser verdade, consuma-se a saída que muitos aliados desejam, sobretudo na Assembleia Legislativa, onde Disney não goza de bom relacionamento com a maioria dos parlamentares da própria base.

Segundo a fonte que repassou a informação ao Blog, Denarium estaria já decidido a colocar na função um outro militar de alta patente das fileiras do Exército.

Denarium estaria assim seguindo a onda bolsonarista, disposto a entupir de militares a estrutura de governo?. Já há um coronel na Sefaz e outro na Sesau.

MDB não muda de nome

Jucá: ‘não nada em cogitação para a  mudança de nome do partido’.

Presidente nacional do MDB, Romero Jucá nega que o partido irá mudar novamente de nome, como supostamente estaria defendendo uma ala da legenda – o novo batismo seria de “Movimento”.

“O MDB não está cogitando mudar de nome. O nome já foi alterado em 2017 e não há nenhuma discussão no partido sobre isso”, escreveu em seu Twitter.

Ensino no interior prejudicado

O transporte escolar está parado por falta de pagamento e de novos contratos.

O Governo vai claudicando em relação ao ensino no interior, sobretudo nas regiões distantes das sedes dos municípios.

As aulas não começaram ainda por falta do indispensável transporte escolar. E pelo visto não terão início nesse semestre.

Primeiro porque não houve a licitação para a contratação das empresas. Segundo porque com o início do período chuvoso, torna-se mais difícil colocar veículos para transportar estudante em vicinais quase intrafegáveis.

E sendo assim, Denarium ignora mais uma de suas tão exaustivas propostas da campanha.

Só precisa de uma sede própria

O Colégio Militar de Roraima funciona na academia de Polícia Integrada.

É intenção do presidente Jair Bolsonaro – ele tem dito isso em todas as solenidades militares – que vai construir um colégio militar em cada capital do Brasil.

Roraima já tem o seu colégio Militar, surgido de um projeto do deputado Coronel Chagas (PRTB), aprovado e sancionado em 2011.

É certamente onde se pratica a melhor educação fundamental no Estado, atestada ano após ano.

Ocorre que o Colégio Militar sofre consequências desagradáveis por não ter sua sede própria, porque funciona provisoriamente desde sua criação na Academia de Polícia Integrada, da Polícia Civil.

Bolsonaro com governadores

Alcolumbre quer o Senado como protagonista nessa relação.

Jair Bolsonaro confirmou a Davi Alcolumbre que vai ao café da manhã com os governadores marcado para amanhã, quarta-feira (7), na residência oficial do presidente do Senado. Também foram convidados Rodrigo Maia e os líderes de partidos. Entre outros assuntos, eles vão tratar do pacto federativo e da reforma da Previdência.

— O Senado assumiu o compromisso de renovar o pacto federativo. Há muito tempo, os governadores reivindicam mudanças no relacionamento com a União. Não podemos deixar passar este momento, em que o governo do presidente Bolsonaro e sua equipe econômica reconhecem o protagonismo do Senado para propor as medidas que vão permitir aos estados equilibrarem as contas, gerarem emprego e melhorarem o dia a dia do cidadão — argumentou o presidente do Senado.

Mais uma oportunidade de o governador Antônio Denarium (PSL) e seus assessores se deixarem fotografar ao lado do presidente da Nação. Eles adoram fazer isso sempre que vão a Brasília e se encontram com Bolsonaro.

Estranho: Diário Oficial vazio

Tem sido praxe – isso vem desde a desastrosa gestão de Suely Campos – o Diário Oficia do Estado (DOE) nunca circula na data.

Na gestão dela o DOE ficava até 20 dias fora do ar e como em Roraima tudo parece normal, mesmo quando anormal, nunca houve repressão nenhuma dos órgãos de fiscalização.

No Governo de Denarium não tem sido diferente. A última edição, de nº 3468, é do último dia 3 e circulou de forma estranha com apenas 2 páginas, algo jamais visto na história do periódico oficial.

Não tem atos expressivos do governo. Apenas 4 publicações sem a menor importância: da Secretaria de Cultura, Codesaima e de prefeituras do interior.

Segurança: mais radares nas ruas

Prefeitura investe em segurança e melhoria do trânsito. Foto | Secom/PMBV

Como parte dos investimentos na modernização do trânsito e na segurança de condutores e pedestres, a Prefeitura de Boa Vista instalou outros 10 novos equipamentos de fiscalização eletrônica, sendo 4 radares de velocidade e 6 de avanço de sinal vermelho.

Eles passaram a funcionar em regime de testes desde ontem por um período de 30 dias. Nesse tempo as infrações anotadas não serão lançadas no sistema. É importante que os condutores fiquem atentos aos locais e obedeçam a sinalização.

Os investimentos aplicados nas novas ferramentas vêm para somar às ações já desenvolvidas pela atual gestão em prol de um trânsito mais seguro na cidade.

Hoje Boa Vista já conta com seis radares de velocidade, seis de avanço de sinal vermelho e mais 17 equipamentos educativos (conhecidos como “anjinhos”).

Dados da Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito mostram que em dois anos, de 2016 a 2018, a redução foi 22% no número de mortes e 37% o de feridos em acidentes de trânsito na cidade.

E conforme o ‘mapa’ divulgado pelo setor de estatística, nos locais que foram instalados radares, não foi registrado acidentes graves com vítimas.

Gripe: 4.490 doses no ‘Dia D’ 

No Dia “D”, mais de 4 mil doses foram aplicadas. Foto | Secom/PMBV

O Dia D, grande mobilização contra a gripe, aconteceu no sábado (4) em Boa Vista, ocasião em que mais de 4.490 doses foram aplicadas em diversos pontos espalhados da capital. Como parte da Campanha Nacional de Vacinação, o foco foi dado aos grupos prioritários, que envolvem crianças, gestantes, idosos, entre outros.

Durante todo dia, foram disponibilizados 36 pontos de vacinação para os grupos prioritários, sendo 28 unidades básicas de saúde. Alguns profissionais de unidades se caracterizaram de personagens de desenhos animados e distribuíram balões e pirulitos para encorajar a criançada.

A campanha se encerra no dia 31 de maio. Desde o início, no dia 8 de abril, a prefeitura está desenvolvendo diversas ações pelas equipes de Estratégia Saúde da Família, para alcançar o público-alvo da campanha, em escolas, creches, casas mãe. E ainda vacinação nas casas para atender os acamados, que fazem parte do grupo prioritário. As UBS ministram palestras sobre o tema para sensibilizar os grupos e fazem ainda a busca ativa pelos bairros.

Boa Vista: referência internacional | Desde a criação do Programa Família que Acolhe em 2013, Boa Vista virou referência nacional e internacional quando o assunto é primeira infância. A prefeita Teresa Surita (MDB) recebeu uma comitiva composta pelo ministro da Cidadania Osmar Terra, que veio a Boa Vista rever o trabalho desenvolvido na capital, além de representantes da fundação holandesa Bernard Van Leer, da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, e de outros países como Equador e Estados Unidos. Terra é um dos maiores admiradores do trabalho da Prefeitura em defesa da criança. Uma de suas primeiras visitas a Boa Vista ocorreu na época em que buscava meios de implantar o programa Criança Feliz. O FQA foi o projeto inspirador para a implantação do programa federal para todo o Brasil, em 2017. O ministro reconheceu Boa Vista como referência internacional na área da Primeira Infância. “É realmente um cidade da criança, que entendeu a importância que tem os primeiros anos de vida. Boa Vista está dando exemplo para o mundo. Não é a toa que estão aqui representantes da Holanda, Estados Unidos, Equador, de vários outros países, para conhecer o programa e reconhecer a importância que tem”, declarou o ministro. A Prefeita Teresa destacou seu orgulho em desenvolver em Boa Vista um projeto de sucesso reconhecido pelo mundo. “Hoje recebemos pessoas do mundo inteiro, para conhecer o que fazemos aqui. Eu tenho muito orgulho da minha equipe, que é a grande responsável por esse trabalho. Temos a parceria com o ministro Osmar Terra, que nos ensinou tudo o que sabemos. Cada pessoa que ele traz para nos visitar nos ensina alguma coisa e com isso avançamos cada dia mais”, ressaltou.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: