Pesadelo no Governo de Suely: se não pagar o salário de dezembro hoje, crise institucional será inevitável.

*** A Coluna de Hoje /// Publicada 00h08m ***

A situação de Suely não é confortável e tende a piorar com a crise financeira que se agrava a cada dia.

Colapsado o Governo de Suely pode vivenciar hoje seu primeiro pesadelo, caso não consiga pagar o salário dos servidores efetivos e comissionados, referente a dezembro do ano passado. Um mau sonho , na verdade, é o que vivem todas as categorias das administrações direta e indireta diante da incerteza, já que o programado no calendário do próprio Governo, era que o salário deveria ter sido liquidado no dia 29 de dezembro. Se não houver pagamento hoje, certamente haverá protestos e manifestações de repúdio ao Governo.

O prognóstico é muito ruim. E há notícias confirmadas e também aquelas ‘oficiosas’ que projetam um cenário de caos para os próximos meses, diante do desequilíbrio financeiro e do desajustado Governo que não consegue mais arrumar suas contas, levando a situação que já crítica faz tempo, ara uma crise institucional que se prenuncia inevitável.

Verdadeiramente não há saldo positivo na conta única do Governo capaz de zerar o que deve com folha de pessoal, duodécimo dos poderes, pagamento de encargos sociais, fornecedores, prestadores de serviço e custeio. Pelo volume do problema já não será mais provável que Suely consiga equilibrar as fianças roraimenses até o fim do seu mandato. O ano de 2018 será infelizmente de muita desventura para quem depende do Governo de Roraima para viver.

Entre aliados e adversários políticos da governadora Suely Campos, o clima é de apreensão. Ontem mesmo, em um programa de entrevistas na rádio 93 FM, o presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier, desenhou um panorama muito sombrio para os próximos meses.

“O Governo quebrou”, disse Jalser em referência ao que se testemunha na gestão de Suely. Segundo ele o Governo está perdido, sem rumo e a tendência é piorar. Ele confessou ter ouvido do próprio secretário de Planejamento, Haroldo Amoras, uma expressão extremamente preocupante: “Roraima está em estado de insolvência”, teria dito Amoras.

Enfermeiros anunciam manifestação

Enfermeiros convocaram manifestação para hoje em frente ao Palácio do Governo.

Diante da desordem financeira, os enfermeiros roraimenses convocaram para hoje (10), uma manifestação de protesto contra o Governo de Suely, por atraso de salários.

O Sindicato da categoria emitiu nota para informar sobre uma possível paralisação caso o pagamento do salário do mês de dezembro do ano passado não seja efetuado hoje, data limite prevista em legislação para realização de pagamentos de salários a servidores.

O sindicato ainda solicita o comparecimento e apoio de demais sindicatos representantes do funcionalismo estadual. Ainda conforme a nota, só da categoria da enfermagem são mais de 5 mil trabalhadores que estão prejudicados pelo atraso do salário do mês passado.

“Caso o pagamento não seja realizado no dia 10 (quarta-feira), convocamos a categoria para uma grande mobilização em frente ao Palácio do Governo e convidamos aos demais sindicatos a fortalecer o ato”, diz a nota.

Jalser abona candidatura de Teresa

A parceria de Teresa com Jalser tem se mostrado mais consolidada nos últimos dias.

Se havia alguma dúvida da consonância política entre o deputado Jalser Renier com a prefeita Teresa Surita, essa imprecisão foi absolutamente rescindida ontem.

Em um programa de entrevistas da rádio FM 93, Jalser foi absolutamente direto quando lhe perguntaram sobre a possibilidade de ser candidato ao Governo de Roraima nas eleições deste ano.

Respondeu de pronto: “eu ainda tenho tempo para esperar minha vez, mas posso assegurar com todas as letras que o grande nome que temos para essas eleições é sem dúvida o da prefeita de Boa Vista, Teresa Surita”.

O presidente da Assembleia Legislativa reforçou que a prefeita de Boa Vista está bem avaliada na capital e no interior. E segundo números de pesquisas recentes, “ela está em primeiro lugar em todos os cenários possíveis”, disse.

Jalser deixa claro que as pequenas ranhuras que existiam na relação de ambos, estão desmanchadas. A manifestação de Jalser reforça o que a maioria pensa e defende: ‘Teresa deverá mesmo ser a candidata do Grupo ao Governo, em outubro’.

Atos assinados na escuridão: Aline na Sefaz

Marcílio foi exonerado da Sefaz e fala-se que substituirá Oleno Matos no gabinete civil

Estamos em 10 de janeiro de 2018 e o Governo de Suely ainda se utiliza de datas do ano passado para realizar e publicar atos no Diário Oficial do Estado. Como se diz no adágio popular ‘no apagar das luzes de 2017’.

Só ontem, por exemplo, o Governo liberou a edição eletrônica n° 3149 do DOE, com data de 29 de dezembro de 2017, para consolidar a troca de comando na Secretaria Estadual da Fazenda: demitiu Ronaldo Marcílio dos Santos e nomeou Aline Karla Lira de Oliveira, antes diretora do Tesouro.

Marcílio, no entanto, está desempregado. Pois no mesmo Diário nada tem a respeito de sua nomeação para outra função. Fala-se que será o substituto de Oleno Matos, na Casa Civil.

Mecias defende a realização de concurso e o pagamento imediato das terceirizadas.

Diante do anúncio de que a Secretaria de Educação iniciou um Processo Seletivo, o deputado estadual Mecias de Jesus tomou a iniciativa de alertar a governadora Suely Campos sobre as incoerências de se realizar esses certames, uma vez que existe um débito milionário com dezenas de empresas terceirizadas que por sua vez estão devendo até seis meses de salários para cerca de cinco mil trabalhadores.

Ele ressalta que é aliado da governadora e – por essa razão – se sente ainda mais compelido a fazer o alerta para que ela possa intervir e somente autorizar a realização dos processos seletivos quando o outro processo de contratação de trabalhadores seja finalizado.

Sou completamente a favor da realização de concursos públicos e – paliativamente – dos processos seletivos, mas reitero que seria uma crueldade com dezenas de empresários que – em função da situação financeira do Estado – possuem milhões em créditos a receber e igualmente com milhares de trabalhadores que tem cumprido com seus contratos de trabalho, mesmo estando sem receber”, afirma.

Leocádio fica na ALE

Leocádio (aqui na foto com Jalser) foi renomeado ontem.

Personagem de boatos no final passado e começo deste ano, Leocádio Vasconcelos definitivamente não será o reforço que Suely Campos gostaria de ter em seu time.

Leocádio foi renomeado ontem para a Superintendência Geral da Assembleia Legislativa, função que já ocupa há algum tempo na gestão de Jalser.

O ano de 2017 fechou com a falação de que Leocádio assumiria a Secretaria de Saúde do Estado, inicialmente, depois falou-se na Sefaz, onde já esteve em vários governos.

Ontem de manhã Jalser fez questão de saudar a permanência de Leocádio de direção da ALE, em uma publicação em sua página no Facebook.

FQA é destaque em revista 

O Família Que Acolhe é um programa social da Prefeitura referenciado dentro e fora do Brasil.

O programa social Família Que Acolhe, da Prefeitura de Boa Vista, ganhou destaque na edição de dezembro da revista Pediatrics, uma renomada publicação da Academia Americana de Pediatria, e na prestigiada coluna do jornalista Ancelmo Góis, do jornal O Globo.

O estudo intitulado Prevenção de Disparidades de Prontidão Escolar entre Crianças de Famílias de Baixa Renda em Boa Vista, é de autoria dos pesquisadores Alan Mendelsohn e Adriana Weisleder, da Escola de Medicina da Universidade de Nova York, em parceria com o Programa Família que Acolhe (do qual as Casas Mãe fazem parte da estrutura) e o Instituto Alfa e Beto (IAB).

Os pesquisadores acompanharam 1.250 crianças de 2 a 4 anos e seus responsáveis. As crianças foram divididas em grupos. Um grupo de crianças atendidas pelas Casas Mãe participou do programa Leitura Desde o Berço, que consiste em incentivar os pais a lerem para os filhos em casa, por meio do empréstimo de livros, e em encontros nas creches.

O estudo também comprovou um aumento de 50% na interatividade entre pais e filhos durante a leitura. Um dado que chamou a atenção apontou uma redução de 25% no índice de crianças com problemas de comportamento e, por consequência, diminuição das punições físicas.

‘É fundamental investir no social’, diz Teresa

Teresa tem investido muito na consolidação dos programas sociais do município.

Para a prefeita Teresa Surita, a pesquisa e o reconhecimento de veículos especializados em desenvolvimento infantil e educação mostram que é fundamental investir em política pública para a primeira infância.

O desenvolvimento infantil é nossa prioridade desde 2013 em Boa Vista com o programa Família que Acolhe que integra serviços em áreas como social, educação e saúde para fornecer aos pais estímulos e melhores condições para criar seus filhos. E para que essas crianças alcancem todo seu potencial de desenvolvimento e tenham melhores oportunidades no futuro”, ressaltou a prefeita Teresa Surita.

‘Violência psicológica’, relata brasileiro

Jonatan foi preso pelo regime de Nicolás Maduro e liberado 11 dias depois, depois expulso do país.

O brasileiro Jonatan Moisés Diniz, libertado na semana passada depois de passar 11 dias preso na Venezuela, publicou mensagem ontem, 9, em sua conta no Facebook, relatando os detalhes de seu cárcere e sua visão sobre ocorrido.

Entre outras coisas, Diniz afirmou que não sofreu abusos sexuais enquanto esteve preso em uma cela de 8 metros quadrados com outros 8 venezuelanos, apesar de ter sido obrigado a ficar nu em várias ocasiões – ele relatou ter sido fotografado em algumas delas. Ele também disse que não pôde deixar a cela para tomar sol “nem por 10 minutos” e só saiu do local para “assinar mais papeladas”.

“Os 11 dias não pude receber visita, fazer chamada ou nenhuma outra coisa”, descreveu o catarinense, que mora na Califórnia, nos Estados Unidos. “Tentaram colocar terror psicológico falando que eu poderia ficar lá tanto 1 como 1000 dias, que ninguém havia me procurado e ninguém nem sequer sabia de minha prisão”, completou em seu relato.

Diniz também disse ter recebido comida dos responsáveis pela prisão apenas em 2 ou 3 dias. “Os outros 8 presos que estão lá há quase 3 anos não recebem nenhuma comida, tendo que a família deles viajar todos os dias para levar algo para eles sobreviverem e foi da comida de meus colegas de cela que me alimentei”, detalhou. “Porque se fosse depender do Sebin (o serviço de inteligência da polícia venezuelana) eu tava (sic) fu****.”

Melhorias na Joca Farias | A partir desta semana, os condutores que trafegam pela rua Joca Farias, no bairro Caranã, zona Oeste de Boa Vista (foto acima), devem ficar atentos a mudanças no trânsito. A via terá mão única, a partir da rotatória da BR-174 (Norte) até a avenida Cabo PM Lawrence Melo (antiga Av. 24). Esta, por sua vez, também terá mão única, no sentido Joca Farias – Parimé Brasil. Para orientar os condutores sobre a alteração, equipes da Superintendência Municipal de Trânsito (Smtran) estarão no local nos horários de pico. No entanto, essa não é a única novidade. A rua, que é uma das principais vias daquela região, foi alargada, recebeu asfalto novo e sinalização horizontal de trânsito. A rua Joca Farias é uma das contempladas do Programa de Recuperação de Ruas e Avenidas, da Prefeitura de Boa Vista. A reestruturação ocorre num trecho de 2,4 km entre as ruas João Alencar e Lucas de Matos, no bairro Jardim Caranã.


CONTATOS DO AUTOR | www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta