PF pediu prisão em flagrante de Chico Rodrigues, mas PGR foi contra.

 PF pediu prisão em flagrante de Chico Rodrigues, mas PGR foi contra.
Compartilhe este artigo

There is no ads to display, Please add some

A Polícia Federal chegou a pedir ao ministro Luís Roberto Barroso que decretasse a prisão em flagrante do senador Chico Rodrigues por causa da quantidade de dinheiro em espécie encontrada com ele.

Mas a PGR foi contra, por entender que seriam necessárias diligências que comprovassem a conexão dos crimes pelos quais ele é acusado com o mandato de senador.

Barroso preferiu, então, decretar o afastamento de Chico Rodrigues do Senado por 90 dias – os senadores precisam referendar a decisão.

Para a PF, como Chico Rodrigues foi flagrado escondendo dinheiro sem comprovação de licitude na cueca e entre as nádegas, cometeu o crime de obstrução das investigações sobre organização criminosa. E por isso pediu a prisão em flagrante.

Em parecer, o vice-PGR, Humberto Jacques de Medeiros, disse que seriam necessárias mais diligências que comprovassem “a vinculação do material de origem ilícita encontrado com as atividades de parlamentar”. E pediu que Barroso decretasse que Chico Rodrigues ficasse em prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica.

Barroso, no entanto, disse que o recolhimento domiciliar não seria suficiente, e preferiu afastar o senador do mandato e proibir que ele entre em contato com outros investigados no mesmo inquérito.

Conteúdo: O Antagonista

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / texpeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: