Polícia Federal apura desvio de R$ 50 milhões em 11 prefeituras do interior de Roraima.

*** A Coluna de Hoje /// Publicada 00h13m ***

A PF cumpriu mandados de busca e apreensão e recolheu farto material para investigação. Foto | Divulgação PF

A Polícia Federal deflagrou ontem a ‘Operação Libertatem III’, com o objetivo de apurar o desvio de recursos públicos, corrupção e organização criminosa em 11 prefeituras do interior de Roraima. Estão sendo cumpridos 79 mandados de busca e apreensão e 61 mandados de condução coercitiva, deferidos pela Justiça Federal em Roraima.

Após a análise de todo material apreendido nas duas fases anteriores (Libertatem I e II), constatou-se que os desvios de recursos públicos federais também ocorriam em outros 10 municípios do estado de Roraima, no período de 2012 a 2016.

Senhas de contas e sistemas das prefeituras foram apreendidas em poder de empresas contratadas pelas prefeituras. Foi encontrada planilha de divisão de ganhos em licitações entre as empresas aparentemente concorrentes, que participavam do conluio criminoso para desvio de recursos públicos federais.

modus operandi do desvio era similar na maioria dos municípios investigados, por meio de montagem fraudulenta de processos licitatórios, falsificação de documentos, fraude na licitação e corrupção de servidores públicos.

Os investigados responderão, na medida de suas participações, por crimes de fraude à licitação, corrupção, associação e organização criminosa.

Ao total, nas três fases da Operação Libertatem, foram cumpridas 141 mandados de busca e apreensão e 116 mandados de condução coercitiva, 3 prisões, 20 afastamentos de servidores públicos. A PF apurou o desvio de recursos públicos no valor de R$ 50 milhões.

O nome Libertatem remete ao termo liberdade em latim, em relação à cessação da submissão da população dos municípios de Roraima à organização criminosa investigada. Fonte | Polícia Federal

Salário atrasado gera críticas na ALE

Para George Melo, o Governo de Suely não tem nenhuma responsabilidade com servidor público.

Na sessão de ontem o deputado George Melo (PSDC), usou a tribuna para criticar o Poder Executivo pelo atraso no pagamento dos servidores públicos estaduais. “Como um Estado, que tem um orçamento de R$ 4 bilhões e excesso de arrecadação pode explicar mais um atraso de salário? São pais e mães de família que dependem desses pagamentos”, disse o parlamentar.

Outro problema citado pelo deputado foi o não repasse dos descontos em folha de pagamento referente a empréstimos realizados pelos servidores. “Governo não consegue honrar seus compromissos, não paga os empréstimos que estão sendo descontados no salário do servidor e o cidadão acaba tendo o nome negativado. Isso é um absurdo”, criticou ao reafirmar que os trabalhadores possuem compromissos financeiros e os salários não podem ser pagos com atraso.

Segundo George Melo é preciso melhorar a administração estadual. “É preciso ter controle dos gastos públicos para evitar problemas piores. O atraso dos pagamentos interfere na economia do estado”, finalizou ao sugerir que a Assembleia Legislativa promova um grande debate sobre como os recursos do Executivo estão sendo aplicados.

O que aconteceu com o “Acorda Roraima”?

Marcelo Ribeiro comandava o programa “Acorda Roraima”, na rádio FM 94.1

Com audiência em alta, elevado pique de participação popular, dono absoluto no horário, o programa “Acorda Roraima”, do jornalista e apresentador Marcelo Ribeiro simplesmente evaporou, deixando a dúvida no ar.

Fala-se nos bastidores da notícia que o horário foi ‘negociado’ com o Governo do Estado a revelia do apresentador, com único objetivo sórdido de tirá-lo do ar, ou seja, silenciá-lo, pelas críticas e denúncias que fazia diariamente contra a gestão de Suely Campos.

Como não houve ainda uma notificação oficial dos dirigentes da rádio em questão (a FM 94.1), brotam as várias conjecturas sobre a ruptura do contrato do apresentador com a emissora.

Embora Marcelo tenha se manifestado no Facebook sobre o ‘fim temporário do programa’, não há como precisar o que de fato aconteceu. Só tenho a garantir com absoluta certeza que da parte de Marcelo, qualquer tipo de ‘acerto’ com o Governo de Suely é algo impraticável, fora de cogitação.

Mas como todo produto que se revela aceitável, certamente outras portas se abrirão e não demorará muito, a voz vibrante de Marcelo Ribeiro estará silvando nos ouvidos do povo roraimense, sobretudo daquelas pessoas que não tem um microfone para se manifestar. O programa durou exatos 4 meses: foi de 31 de julho a 28 de novembro.

Abel comemora promulgação da Emenda 98

Abel, um dos articuladores da PEC 199 na Câmara, estará hoje no Senado para a promulgação da Emenda 98.

O deputado federal Abel Galinha (DEM) comemorou ontem a promulgação da Emenda Constitucional 98 (oriunda da PEC 199), que acontecerá nesta quarta-feira (6) durante sessão solene do Congresso. Abel teve participação decisiva para que a PEC fosse votada na Câmara, dai seu entusiasmo.

A alteração na Constituição permite às pessoas que tenham mantido qualquer tipo de relação de trabalho com os ex-territórios de Roraima e do Amapá optarem pelo quadro em extinção do governo federal se esse vínculo ocorreu entre a data de sua transformação em estado (outubro de 1988) e outubro de 1993.

De acordo com Abel esta quarta será particularmente importante para Roraima. Segundo ele, são cerca de 10 mil servidores dos ex-território, podem integrar-se ao quadro da União. “Isto faz justiça àqueles que tão bem serviram ao então Território e ao Estado, em fase de implantação”, disse Abel.

De autoria do senador Romero Jucá (PMDB), a proposta foi aprovada no Senado em março do ano passado e concluída na Câmara dos Deputados na semana passada. Ela lista uma série de meios de comprovação dos pagamentos e do vínculo funcional.

No primeiro caso, os interessados poderão apresentar comprovante de depósito em conta-corrente bancária, emissão de ordem de pagamento, de recibo, de nota de empenho ou de ordem bancária em que se identifique a administração pública do ex-território, do estado ou de prefeitura neles localizada como fonte pagadora ou origem direta dos recursos.

Bloqueador para evitar fraudes

Segundo Jorge o bloqueador garante lisura e evita fraudes nos concursos.

A Assembleia Legislativa aprovou ontem, por unanimidade, projeto do deputado Jorge Everton (PMDB) que garante a utilização de bloqueador de sinal de telefonia nos locais da aplicação de provas de concursos públicos em todo o Estado de Roraima.

Segundo o parlamentar, a medida tem por objetivo garantir a lisura dos processos de seleção, possibilitando uma disputa igualitária entre os candidatos.

Ele disse ainda que a instalação dos bloqueadores de celulares dará mais segurança aos candidatos e inibirá qualquer possibilidade de fraudes nas seleções.

Vários jovens estão buscando estabilidade por meio de concursos públicos e o sonho deles é esse, mas temos verificado em outras capitais várias fraudes em concursos públicos e, muitas vezes, são utilizados aparelhos celulares”, disse o deputado.

Lembrança, mesmo que tardia

O brigadeiro Ottomar Pinto, agraciado com a comenda Orgulho de Roraima, morreu em 2007.

Uma década depois de sua morte o brigadeiro Ottomar de Souza Pinto foi lembrado na Assembleia Legislativa.

O velho brigadeiro ganhou a ‘cobiçada’ comenda Orgulho de Roraima, ‘pós-morte’, uma iniciativa do deputado Coronel Chagas.

Ottomar, todos sabem, morreu de problemas cardíacos no dia 12 de dezembro de 2007.

Mais obras ara Boa Vista | Apesar da quantidade de obras em execução no momento, a prefeita Teresa Surita não descuida. Ela esteve em Brasília com o secretário Nacional de Transportes do Ministério dos Transportes, Luciano Castro (foto acima), justamente em busca de parceria para mais benfeitorias para o município. No encontro foram tratados de importantes projetos do Ministério dos Transportes em parceria com a Prefeitura de Boa Vista como a Duplicação da Ponte do Cauamé, Urbanização da Av. Brasil, Rotatória do IBAMA e a Duplicação da BR 174 (passando pela UFRR). “São parcerias como essa que contribuem de forma significativa no desenvolvimento do nosso Estado! Roraima precisa avançar!”, publicou Teresa em sua conta no Instagram para registrar o encontro.

Cobrar por religação nunca mais

Mecias de Jesus apresentou projeto na Assembleia Legislativa, aprovado ontem por unanimidade.

Um projeto do deputado Mecias de Jesus (PRB), que proíbe a cobrança de taxas de religação por concessionárias de energia e água, foi aprovado ontem na Assembleia Legislativa.

Prevê que no caso de corte de fornecimento por atraso no pagamento do débito, as concessionárias restabelecerão o fornecimento do serviço, sem qualquer ônus ao consumidor, no prazo máximo de 24 horas.

As concessionárias deverão informar ao consumidor sobre a gratuidade do serviço de religação, em suas respectivas faturas de cobrança e em seus sites eletrônicos. Em caso de descumprimento da lei, as concessionárias serão multadas.

“Uma vez pago o débito pelo consumidor, é obrigação da empresa restabelecer, de imediato, o fornecimento. O usuário que já paga pelos serviços, não pode ser cobrado para ter acesso aos serviços, até porque efetuou o pagamento quando solicitou a ligação pela primeira vez. Ele está sendo duplamente penalizado, no início com a suspensão do serviço e depois com a cobrança pela religação”, destaca.

Oswaldo Montenegro abre o Teatro Municipal

Oswaldo Montenegro será a grande atração na inauguração do Teatro Municipal, dia 15.

Marcara para às 19 horas do próximo dia 15, uma sexta-feira, a abertura oficial do teatro Municipal de Boa Vista será feita em grande estilo: terá ninguém menos que Oswaldo Montenegro e seu show “Nossas Histórias”, como atração principal.

A participação do artista no encerramento da programação já consta na agenda oficial no site do cantor. A contratação do cantor pela Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura de Boa Vista (Fetec) foi publicada no Diário Oficial do Município do dia 1º deste mês. E Montenegro vem ainda bem acompanhado de Ana Botafogo, a 1ª Bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

O novo Teatro Municipal de Boa Vista, localizado na avenida Glaycon de Paiva, terá quatro lâminas de área, sendo o subsolo, onde funcionará parte do apoio do palco para as apresentações e o elevador para orquestras, além do térreo, onde ficarão o público, artistas, camarins e recepção.

No segundo pavimento, que comportará 150 pessoas, irá funcionar um teatro-escola, para receber eventos menores. O terceiro piso será aberto para o setor administrativo do teatro. Fonte | Fetec

Enfermeiros protestam contra Suely

Os enfermeiros fizeram manifestação ontem de manhã na porta do Hospital Geral de Roraima.

Os profissionais de enfermagem realizaram na manhã de ontem um protesto em frente ao Hospital Geral de Roraima (HGR) para cobrar do governo do Estado melhorias para a categoria.

A situação da Saúde no Estado, segundo foi repassado, está crítica e precisa que medidas sejam tomadas em caráter de urgência.

Munidos de faixas e cartazes, os profissionais destacaram que os mais de 2,5 mil trabalhadores da enfermagem estão sendo prejudicados pela falta de apoio e investimentos do governo.

Para eles, muitas mudanças precisam ser feitas para que a categoria tenha condições de trabalhar com dignidade. Com informações | Roraima em Tempo

Em 2018: Concurso Nacional de quadrilhas será aqui | O município de Boa Vista foi escolhido para sediar o Concurso Nacional de Quadrilhas de 2018. A escolha aconteceu na Assembleia Geral Ordinária da Confederação Brasileira de Entidades Juninas (CONFEBRAQ), entre os dias 1º e 3 deste mês, em Brasília/DF. A Prefeitura de Boa Vista foi representada pelo superintendente de cultura da Superintendência de Esporte e Lazer da Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec), Enos Almeida. Além de Roraima, apenas outros dois estados do norte do Brasil sediaram o encontro há alguns anos: Tocantins e Amapá. Este evento dará visibilidade e colocará o arraial de Boa Vista no contexto nacional de festejos juninos, principalmente junto ao Ministério do Turismo. “A ideia é que o concurso aconteça na Praça Fábio Marques Paracat, no mês de agosto. Teremos a tarefa de receber mais de 20 grupos de todo o país, que serão recepcionados pelas quadrilhas locais”, ressaltou Enos.


CONTATOS DO AUTOR | www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta