Polícia Federal vai investigar razões do assassinato de madeireiro em Rorainópolis.

Compartilhe nosso conteúdo!

Uma operação desastrosa que investigava desmatamento ilegal em Rorainópolis, na sexta-feira (31) resultou na morte do madeireiro Francisco Viana da Conceição, o Neguinho, de 52 anos.

Ele foi assassinado com tiro na nuca disparado por integrantes da Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cipa), que prestavam apoio na fiscalização, e “tiveram que reagir à ação de disparos efetuados”, segundo nota do Ibama.

O Ibama informou hoje (02) que já “foram adotados os procedimentos investigativos competentes junto à Polícia Federal (PF)” e outros cuidados estão tomados para evitar que a região de Rorainópolis se transforme numa zona de guerra. 

O caso vem gerando revolta na população local e levou o Ibama a emitir uma nota de esclarecimento. A nota afirma que os agentes do Ibama e os policiais militares ambientais que identificaram a área de desmatamento ilegal de Rorainópolis foram recebidos a tiros pelos madeireiros, o que levou os policiais a reagirem – os agentes do Ibama envolvidos no caso estariam desarmados.

A nota do Ibama diz ainda que durante a incursão na mata, agentes do Ibama e policiais militares ambientais detectaram exploração recente e, ao se aproximar de dois homens, eles fugiram.

“Ambos se refugiaram na mata e abriram fogo contra os policiais, que reagiram. Ao adentrarem na mata, os policiais acharam um dos infratores baleado e imediatamente o levaram ao hospital, mas esse não resistiu aos ferimentos.”

Em nota, o governo do estado disse que vai pedir ao Ministério do Meio Ambiente “resposta formal sobre essa ação que vitimou um trabalhador.”

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br– emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts