Jucá deixa comando nacional do MDB. Assume o deputado paulista Baleia Rossi.

A Coluna de Hoje | Publicada 00:41

Jucá comandou a convenção do MDB, ontem, em Brasília.

Com a promessa de renovação, o MDB elegeu ontem (6) o deputado Baleia Rossi (SP) como seu novo presidente nacional em uma executiva nacional com forte presença de filhos políticos tradicionais da sigla.

Rossi substitui o ex-senador roraimense Romero Jucá, que decidiu não concorrer a um novo mandato. Jucá, que comandava a legenda desde 2016, contudo, permanece com cadeira cativa na Executiva Nacional, membro do conselho político e presidente regional do Partido em Roraima.

A escolha de Rossi para comandar o partido ocorreu numa Convenção Nacional realizada em Brasília. À frente de uma chapa única, o parlamentar foi eleito com 311 dos 319 votos —no total, 209 pessoas participaram da votação.

As críticas à chamada “nova política” também estavam presentes. Sem conseguir a reeleição, Romero Jucá, que assumirá uma cadeira de “vogal” na Executiva, fez críticas ao presidente Jair Bolsonaro, embora o ministro Osmar Terra (Cidadania) seja filiado à legenda. “Qual é a nova política? Qual é a que ele (Bolsonaro) pratica? Política é a política. É a boa política e a má política. Fazer política é tomar decisões para afetar a vida das pessoas. Quem faz bem afeta positivamente, quem faz mal, destrói a vida das pessoas”, afirmou o ex-senador Romero Jucá, que entregou o comando do partido a Baleia Rossi

Vacinação contra o sarampo

A vacinação começa hoje nos postos da Prefeitura.

Nesta segunda-feira, 7, a Prefeitura de Boa Vista começa a etapa municipal da campanha de vacinação contra o sarampo para crianças na faixa etária de seis meses até menores de cinco anos e para adultos de 20 a 29 anos.

A vacinação ocorrerá de forma seletiva, ou seja, quem já estiver com o esquema de vacinação de rotina completo, de acordo com a idade e calendário nacional, não precisará tomar a vacina. Não tem uma meta estabelecida.

O município recebeu quase 10 mil doses da vacina para as primeiras semanas de campanha e, se for necessário, ainda receberá mais doses para todo o período da campanha que vai até o dia 25 deste mês.

A vacinação ocorrerá em todas as unidades básicas de saúde que possuem sala de vacina. O Dia D será realizado em um sábado, dia 19.

Garimpo em terra indígena

Bento Albuquerque: projeto está quase pronto.

O ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque afirmou ontem que o governo está em fase final de elaboração da proposta que regulamenta o garimpo no Brasil, inclusive em terras indígenas. A ideia, segundo ele, é encaminhar o texto ao Congresso ainda neste mês de outubro.

“Vai ser possível ter atividade econômica em terras indígenas, como mineração, agricultura… Isso tudo vai depender das comunidades. A própria Constituição diz que as comunidades têm que ser ouvidas. E elas serão”, disse em conversa com jornalistas.

Segundo Albuquerque, o texto do governo busca regulamentar dois trechos da Constituição. Um deles é o artigo 176: “as jazidas, em lavra ou não, e demais recursos minerais e os potenciais de energia hidráulica constituem propriedade distinta da do solo, para efeito de exploração ou aproveitamento, e pertencem à União, garantida ao concessionário a propriedade do produto da lavra”.

Mais gatunagem contra o Iper

Iper: mais um rombo de R$ 4,5 milhões.

O Instituto de Previdência do Estado de Roraima (Iper) continua toando calotes. Não bastasse o montante vultoso afanado durante toda gestão de Suely Campos, descobre-se agora eu a Universidade Estadual e a Agência de Defesa Agropecuária também lesaram o instituto.

O Ministério Público do Estado de Roraima, por meio do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), ofereceu denúncia criminal contra a UER e a Ader por crime de apropriação indébita de contribuição previdenciária.

No último dia 25 de setembro, o MPRR protocolou denúncia pelo mesmo crime contra a ex-Governadora, Suely Campos, e outros 12 ex-secretários de governo.

Agora, os denunciados são o reitor da Universidade Estadual de Roraima (UERR), Regys Odlare Lima de Freitas e o presidente interino da Agência de Defesa Agropecuária do Estado de Roraima (ADERR), Gelb Platão Pereira. Os dois exerciam os mesmos cargos no Governo de Suely Campos.

Rombo é de R$ 4,5 milhões

A UER não repassou o dinheiro da previdência ao IPER.

No caso da Universidade Estadual de Roraima, o reitor Regys Odlare Lima de Freitas deixou de repassar ao IPER, nos meses de fevereiro a outubro de 2017 e de maio a setembro de 2018, a quantia de R$ 3.758.213,28.

Já o presidente da ADERR, Gelb Platão Pereira, deixou de repassar ao IPER, entre os meses de junho de 2017 e julho de 2018, a quantia de R$ 702.334,84 (setecentos e dois mil trezentos e trinta e quatro reais e oitenta e quatro centavos), referente às contribuições previdenciárias recolhidas dos segurados da ADERR.
O MPRR pede a condenação dos denunciados por apropriação indébita de contribuição previdenciária, que prevê reclusão de 2 a 5 anos e multa.

Na Denúncia, os Promotores também pedem o ressarcimento dos valores desviados com correção e juros e a perda da função pública, proibindo os denunciados de ocupar cargos, empregos públicos ou mandatos eletivos. 

De olho na 1ª Infância

Teresa acompanhada de representantes holandeses.

Uma comitiva composta por representantes da fundação holandesa Bernard Van Leer esteve em Boa Vista para conhecer de perto os trabalhos voltados à 1ª Infância. Os visitantes percorreram vários pontos da cidade e conferiram um pouco do trabalho desenvolvido pela Prefeitura com foco no desenvolvimento das crianças.

Parceira da prefeitura há alguns anos, a Fundação Bernard Van Leer visita a cidade com frequência. Nesse final de semana, Cláudia Vidigal, representante da fundação na América Latina, e Daniella Bem-Alttar, de Israel, acompanharam as ações que vêm consolidando Boa Vista como a Capital da Primeira Infância.

Elas verificaram in loco as intervenções urbanas que incorporam a primeira infância no planejamento da cidade, levando em consideração as necessidades de criança na faixa etária até três anos.

“A Primeira Infância já é uma realidade em Boa Vista e temos que mostrar isso para o mundo. Receber as representantes da Van Leer sempre vai ser uma honra, pois é importante que elas saibam como tratamos nossas crianças. É também um momento de trocarmos experiências com pessoas que estão preocupadas em desenvolver uma cidade melhor para os pequenos”, disse a prefeita Teresa Surita.

Mudança de realidade | Os moradores do Centenário comemoram a transformação que o bairro vem passando. A Prefeitura de Boa Vista investiu na infraestrutura do local, beneficiando mais de 30 ruas. E a Engenheiro Carlos Geraldo é uma delas. A rua de barro deu lugar a uma totalmente estruturada, com asfalto novinho. Os moradores celebram a chegada das melhorias ao bairro Centenário. Obras que sanaram antigos problemas, como a poeira no verão e a lama no período do inverno, o que dificultava a trafegabilidade de quem passava pelo local. Esses investimentos feitos pela gestão municipal visam a melhoria na qualidade de vida da população, garante a valorização dos imóveis, melhora a mobilidade para moradores e condutores, além de contribuir com o desenvolvimento do município.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: