Reforma Política: Shéridan apresenta proposta para fim de coligação e redução no número de partidos.

 Reforma Política: Shéridan apresenta proposta para fim de coligação e redução no número de partidos.
Compartilhe este artigo

There is no ads to display, Please add some
*** A Coluna de Hoje ||| Publicada 00h13 *** 
No relatório de Shéridan uma série de mudanças impõe regras que vão alterar todo o processo nas futuras eleições.

Enquanto uma comissão aprovou o texto que prevê um fundo público para bancar campanhas, outro colegiado da Câmara também debateu mudanças nas regras políticas e eleitorais. A deputada roraimense Shéridan (PSDB), apresentou seu relatório sobre a proposta que acaba com as coligações partidárias em eleições e pode reduzir o número de partidos no país. A proposta, que veio do Senado, foi alterada para flexibilizar a cláusula de desempenho eleitoral e não afetar fortemente, em um primeiro momento, os partidos que receberem um número menor de votos para as eleições da Câmara dos Deputados.

Como se trata de uma Proposta de Emenda à Constituição, a matéria precisa passar pela comissão e ser aprovada em dois turnos no plenário, com aprovação de 308 dos 513 deputados. Como o conteúdo deve ser modificado na Câmara, ainda precisará voltar para o Senado. Na comissão, os deputados pediram mais tempo para analisar a matéria, por isso deve ser votada nas próximas semanas.

O texto estabelece uma restrição do funcionamento parlamentar, do acesso ao fundo partidário e do acesso gratuito ao rádio e à televisão aos partidos que não alcançarem um número mínimo de votos. A regra incluída por Shéridan no relatório diz que o mínimo exigido começará em 1,5% dos votos em 2018, subindo 0,5% a cada eleição, até alcançar 3%, somente em 2030. Esses votos precisarão ser distribuídos em ao menos nove estados, com 1% dos votos em cada.

Como alternativa, o texto estabelece uma exigência mínima de deputados federais eleitos por partido. Começará em pelo menos nove deputados distribuídos em nove estados. Esse número será elevado gradativamente até o mínimo de 18 deputados eleitos em nove estados a partir de 2030. O partido não perderá os direitos se conseguir atingir o resultado em uma dessas duas exigências.

Outros pontos da proposta são a possibilidade do partido que não atingiu a cláusula de desempenho se unir a uma federação partidária com outros partidos que tenham afinidade ideológica. Não perdendo, assim, os benefícios previstos. As coligações estarão extintas a partir de 2020. Fonte: globo.com

O pior estar por vir
Com o cofre cada vez mais esvaziado Suely terá dificuldade para pagar em dia os salários dos servidores.

A previsão de especialistas em execução orçamentária é que o Governo de Suely terá dias muito difíceis a partir de setembro em relação ao cumprimento do calendário de pagamento de salários dos servidores.

Depois daquela bonança do final de 2016 e entrada de 2017 com o dinheiro repatriado de contas de brasileiros no exterior, onde tudo foi pago em dia, o pote começou a secar e as dificuldades começam ser expostas.

Já há atraso nos repasses do Duodécimo dos Poderes e ontem foi confirmado que os servidores da administração indireta só devem receber salários de julho no próximo dia 15.  O pagamento vinha sendo feito religiosamente até dia 10 de cada mês.

É o sinal evidente de que a crise se aproxima do Palácio Senador Hélio Campos. Pior para os pais que não terão dinheiro para comemorar seu dia, amanhã.

Esquentando o Impeachment
Publicidade no Facebook do deputado convida a população para tomar conhecimento do teor do Impeachment.

O deputado Jorge Everton (PMDB) não quer deixar esfriar o assunto da cassação do mandato da governadora Suely Campos, acusada de cometer crime de responsabilidade.

O pedido de Impeachment foi protocolado na Assembleia, em junho, antes do recesso do meio do ano. E como o documento encontra-se dormitando na gaveta do presidente da Casa Jalser Renier, Jorge Everton abre outras frentes para que a população possa participar da campanha pela remoção da mandatária do Palácio Hélio Campos.

Então ele está utilizando o recurso eficiente da rede social e disponibilizou um link em sua página no Facebook – que remete direto para o texto original – para que os roraimenses tenham acesso ao conteúdo do pedido e as razões do seu ingresso na Assembleia.

Voc^w já leu o pedido de Impeachment protocolado pelo deputado estadual Jorge Everton contra a governadora do estado Suely Campo por crime de responsabilidade?Clique no link: www.jorgeeverton.com.br/impechment e fique a par e junte-se a nós nesta batalha pelos nossos direitos que não podem ser violados. Crimes de responsabilidades não passarão!”, apela o deputado.

Violência no trânsito: Prefeitura instala radares

Vários pontos de Boa Vista já estão sendo monitorados por radares eletrônicos instalados pela Prefeitura.

A excessiva quantidade de infrações verificadas no trânsito de Boa Vista, apressou a prefeita Teresa Surita (PMDB) a implantar um moderno sistema de controle de velocidade e fiscalização eletrônica para melhorar o tráfego de veículos e reduzir os índices de acidentes na capital.

O projeto “Vida no Trânsito” abrange a implantação de um sistema integrado que vai controlar os pontos semafóricos, detectar possíveis falhas e acompanhar em tempo real os equipamentos.

A fiscalização eletrônica será intensificada, através de radares fixos, que vão monitorar o tráfego e identificar infratores que fazem ultrapassagens em locais impróprios, conduzem em alta velocidade e avançam o sinal vermelho.

Os primeiros equipamentos começaram a ser instalados em lugares como Brigadeiro Eduardo Gomes, Ville Roy, Mário Homem de Melo, Ataíde Teive e Glaycon de Paiva.

Somente no primeiro semestre deste ano, foram registradas mais de 8.531 infrações de trânsito. Para se ter uma ideia, em 15 dias de testes de radares em pontos semafóricos, quase 40 mil condutores avançaram o sinal vermelho.

‘Rigor pela segurança’, diz Teresa
Teresa anunciou ontem os investimentos para frear a ocorrência de infrações no trânsito da capital.

Ao lançar o projeto, ontem de manhã, a prefeita Teresa Surita ressaltou que desde 2013, vários investimentos foram empregados para melhorar o trânsito em Boa Vista, inclusive muitas campanhas educativas foram feitas de conscientização. Porém, o momento agora é de aumentar o rigor, principalmente àqueles que desobedecem à sinalização, oferecendo risco às demais pessoas.

A meta, segundo Teresa, é reduzir 70% dos índices de acidentes de trânsito, após a implantação total desse novo sistema na cidade. Através das fiscalizações eletrônicas, os maus condutores serão identificados e autuados, dependendo da situação.

“Estamos procurando cada vez modernizar o trânsito, fazendo bom uso da tecnologia. Eu acho que houve um tempo muito longo de processo educativo na cidade e, a partir de agora, nós vamos agir de forma um pouco mais rígida para termos um resultado melhor na diminuição de acidentes e de irregularidades que vemos no trânsito de nossa cidade”, ressaltou a prefeita.

O trânsito em números 
A prefeitura faz investimentos expressivos na instalação de semáforos nos principais cruzamentos da cidade.

Em 2013, Boa Vista contava com apenas 25 semáforos. Desde então, 31 foram instalados e hoje o município conta com 56 pontos semafóricos com equipamentos mais modernos e mais econômicos. Outros três serão instalados nos próximos meses.

Além disso, mais de nove mil placas de sinalização foram instaladas e mais de 130 mil m2 de sinalização horizontal contemplam as ruas da capital.

O primeiro semestre de 2017 apresentou redução de ocorrências no trânsito, em comparação com o mesmo período do ano anterior. As mortes resultantes de acidentes caíram 25%, mesmo índice negativo de mortes envolvendo ciclistas e motociclistas.

Colégio Militar: pais discordam de mudança de sede
Chagas é o autor do projeto que deu origem ao Colégio Militar e a mudança de sede preocupa.

A ideia do Governo do Estado de transferir os alunos do Colégio Militar de Roraima “Coronel PM Derly Luiz Vieira Borges” para a escola estadual Professor Hildebrando Ferro Bitencourt, no bairro dos Estados, gerou descontentamento por parte de pais e dos próprios estudantes.

Na manhã de ontem pais e alunos estiveram reunidos com o vice-presidente da Casa, deputado Coronel Chagas (PRTB) – autor do projeto que deu origem ao Colégio Militar – em busca de apoio para não permitir a mudança de endereço ou que aconteça mas para uma sede própria.

A escola Hidebrando Ferro Bitencourt não tem estrutura para atender nem os alunos que já estudam lá, quanto mais para receber mais receber mais 600 estudantes do Colégio Militar. Outra grande inquietação dos próprios alunos é quanto a qualidade do ensino que certamente será afetada.

Chagas afirmou que os alunos e a Associação de Pais e Mestres estão preocupados e com razão. Segundo ele pais e professores trouxerem a preocupação de que essa transferência não é adequada e que pode comprometer o rendimento dos alunos.

O Governo deixou o Colégio Militar chegar nesta situação, por não ter executado a Lei Orçamentária de 2016, em que consta os recursos na ordem R$ 10, 5 milhões aprovados por unanimidade pela Assembleia, através de emenda da Comissão do Orçamento, para construção do colégio. Se tivesse iniciado as obras no ano passado com recursos que nós aportamos para isso, estaria agora entregando um colégio novo. Que política melhor seria para um governante entregar uma sede nova de um colégio militar, que alcançou maior nota do IDEB [Índice de Desenvolvimento da Educação Básica] de toda história da Educação de Roraima. Precisamos encontrar uma solução”, declarou Chagas.

Um ‘baita abacaxi’ para Chiquinho
Chuiquinho assumiu a CERR, uma empresa absolutamente quebrada e sem serventia nenhuma.

Praticamente falida depois que ficou sem a concessão para fornecimento de energia no interior, a CERR insiste em se manter de pé, bancada literalmente com dinheiro de transferências dos cofres do Governo.

E ontem o contador Francisco Fernandes de Oliveira, Chiquinho Brasília, assumiu a presidência da Companhia (sic), na verdade um ‘baita abacaxi’, com a promessa de reorganização do pouco que ainda existe.

Interessante é que mesmo quebrada a CER continua empregando gente no escalão superior, onde os salários são benévolos por demais.

Quanto à situação dos servidores, o novo presidente garantiu que por enquanto permanece o quadro de funcionários.

Tramp ameaça governo de Maduro
Trump disse ontem que pode adotar uma solução militar para conter a ditadura de Nicolás Maduro.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse ontem que uma opção militar pode ser adotada para solucionar a crise na Venezuela. “As pessoas estão sofrendo e estão morrendo”, disse Trump. “Temos muitas opções, incluindo a militar, se necessário”.

O governo venezuelano ainda não respondeu às declarações do republicano, mas o presidente Nicolás Maduro frequentemente acusa o governo dos Estados Unidos de tentar derrubá-lo.

Pouco depois da declaração de Trump, o Pentágono informou não ter recebido da Casa Branca qualquer orientação sobre a Venezuela.

A declaração, rara e pouco usual em termos diplomáticos na América Latina, foi dada após o governo americano ter sancionado uma série de autoridades chavistas nas últimas semanas.

Nesta semana, o Departamento do Tesouro anunciou sanções contra oito membros da cúpula chavista, incluindo o irmão do presidente Hugo Chávez (1999-2013), Adán Chávez.

Começa o projeto de recapeamento | Neste sábado, 12, a Prefeitura de Boa Vista começa os serviços de recapeamento da cidade por meio do Programa de Recuperação lançado recentemente (foto acima). Os serviços terão inicio pela avenida Ataíde Teive (entre a São Sebastião e Conjunto Cruviana) e pela rua Joca Farias, no bairro Caranã. Portanto, motoristas devem redobrar a atenção, pois o trânsito nos dois trechos ficará parcialmente interditado. Quem trafega pela Ataíde Teive, poderá pegar uma rota alternativa como a rua José Aleixo e vias do bairro Santa Teresa. Já quem usa a Joca Farias, no Caranã, poderá desviar para a avenida Parimé Brasil. Este é o início de grandes obras que mudarão a cara de Boa Vista e irão melhorar a vida de centenas de moradores. Ao todo, serão executados 45 km de recapeamento e pavimentação nova em 49 trechos urbanos da cidade.

 


CONTATOS DO AUTOR | www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: