Revitalizada recentemente, praça Simon Bolivar volta a ser ocupada por venezuelanos.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h05

A Praça foi revitalizada mas já está servindo de abrigo para venezuelanos.

A Prefeitura de Boa Vista tem que tomar uma urgente providência antes que a Praça Simon Bolívar (na bola do Trevo) volte a virar moradia de imigrantes. Mesmo depois de reformada e entregue recentemente, o local começou a ser novamente abrigo de venezuelanos que continuam chegando a Boa Vista todos os dias.

Como não conseguem local nos abrigos administrados pelo Exército, famílias inteiras estão se alojando na praça. Ontem de manhã havia vários grupos usando os espaços, a maioria de mulheres e crianças. Elas alegam que estão ali porque não para onde ir.

Na época em que iniciou a revitalização da Praça, a Prefeitura foi obrigada a remover mais de 850 venezuelanos que moravam no local, sem a menor condição de higiene, em condições sub-humanas. No local as famílias estavam expostas à chuva e sem condições de higiene, pois faltava banheiros e torneiras com água.

Reaberta em 21 de janeiro deste ano, completamente revitalizada, a Praça ganhou luminárias novas, jardins refeitos, novas calçadas e bancos e uma grade de proteção. Quando fez a reinauguração, a prefeita Teresa Surita (MDB) disse que a Praça não servia como moradia porque não oferecia condições de acolhimento e justificou a colocação de grades como medida de segurança.

Além do gradeado, a prefeita também destacou a recuperação do jardim. “Colocamos uma iluminação de LED, demos uma recuperação no ajardinamento e deixamos a praça com letreiros que possam abranger a cultura local e recepcionar nossos vizinhos da Guiana e na Venezuela”, complementou.

Mas todo esse esforço da Prefeitura será em vão se medidas de proteção ao local não forem adotadas, com o emprego de vigilância permanente no local.

Telmário é multado 

Temlário: condenação ainda do tempo da campanha de 2018.

A Justiça Eleitoral aplicou uma multa ao senador Telmário Mota (PRÓS) por fazer propaganda eleitoral antecipada.

O valor é irrisório – R$ 5 mil, apenas, a serem pagos em 30 dias – mas deixa claro que as ‘galinadas’ do senador não sairão baratas caso continue a tagarelar nas redes sociais, como o faz sempre.

A negação nessas decisões da Justiça Eleitoral é a morosidade com que elas são concluídas. O fato é do ano passado, época da campanha eleitoral.

Mas caso não sane o débito, o parlamentar terá o nome inscrito no sistema de dívida ativa da União.

Um novo presidente 

Ionilson é o atual presidente interino da Femarh.

Derrotado na escola de Airton Cascavel para presidir a Fundação Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos de Roraima – FEMARH, o governador Antônio Denarium já cuidou de encaminhar outro nome para a instituição.

Através de mensagem à Assembleia Legislativa, Denarium encaminhou o nome do ex-deputado estadual Ionilson Sampaio de Souza.

Ionilson dará expediente na condição de presidente interino até que seja sabatinado a submetido ao Plenário. As vozes dos corredores apostam que será abandonado pelos deputados.

Resistência vem de Brasília

Sampaio foi indicado líder de Denarium na Assembleia.

Vem de Brasília alguma resistência à escolha do deputado Soldado Sampaio para liderar a base de Denarium na Assembleia Legislativa.

Sampaio estaria sendo fritado pelo deputado general Girão (Eliéser Monteiro Girão Filho– PSL/RN), sob a alegação paradoxal de que um parlamentar de esquerda não pode comungar da ideologia de direita.

Mas por acaso é o PSL do general que governa Roraima? Girão já foi coronel e general por aqui, comandando tropas nos quarteis, mas não tem competência nenhuma sobre as escolhas de Denarium.

Denarium, por outro lao, tem que ter identidade, autoridade e opinião próprias. O fato de ser o do PSL, partido do presidente, não impõem obrigatoriamente à ele uma ideologia tão exageradamente à direita.

Sampaio é um parlamentar equilibrado, preparado para o posto. E certamente entende mais das necessidades do Governo de Denarium do que o deputado general.

Brito agora é conselheiro 

Brito Bezerra discursa no TCE já na condição de conselheiro.

Brito Bezerra é desde ontem conselheiro do Tribunal de Contas. O ex-deputado foi empossado no TCE em solenidade realizada pela manhã.

A principal atribuição do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado é fiscalizar a aplicação de recursos públicos, tanto na questão da legalidade, quanto da efetividade, para verificar se as aplicações geram benefício para a coletividade.

Brito afirmou que a expectativa é reforçar os trabalhos de fiscalização em parceria com a Assembleia Legislativa de Roraima. “Que o cidadão roraimense tenha acesso aos benefícios que esses recursos públicos irão proporcionar. Tenho minhas convicções de que trabalhando de maneira preventiva, orientando o gestor público e aquele que faz uso de verba pública, teremos muito mais êxito”, disse o novo conselheiro.

Ângela está de volta

Ângela assinou o termo de posso na presença da Jalser.

Ângela Águida Portella (PP) foi empossada no fim da tarde de ontem como deputada estadual na vaga deixada por Brito Bezerra (PP), que renunciou para assumir o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas de Roraima (TCE).

Ângela é a 1ª suplente da coligação que elegeu Brito na última eleição. A solenidade aconteceu na sala da presidência.

Ele enalteceu o histórico familiar na vida pública, sendo antecedida na Assembleia pelos pais, Zenilda e Tião Portella.

Durante a cerimônia, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jalser Renier (SD), enfatizou que a Casa passa a ter 30% de representatividade feminina, percentual que, segundo ele, nenhuma casa legislativa do país alcançou.

Shéridan: sem aposentadoria especial

Shéridan não quis o regime especial da Câmara dos Deputados.

A deputada Shéridan informou ontem que abriu mão da aposentadoria especial que teria direito na Câmara Federal.

“Abri mão da aposentadoria especial em 2015, em meu primeiro mandato”, disse ela em suas redes sociais, informando que preferiu o regime previdenciário do INSS.

As regras para aposentadoria dos Deputados Federais e dos Senadores foram alteradas em 1997, em seu lugar está o Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC), previsto na Lei nº 9.506/97.

É um regime orçamentário, na modalidade benefício, definido e financiado por repartição simples. A adesão ao PSSC é opcional.

Prefeitura ataca o Aedes | O combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, é constante na capital. E a Prefeitura de Boa Vista vem intensificando as ações de prevenção, principalmente nos bairros onde foram notificados mais casos das doenças, em relação ao ano passado. Ontem, 2, um dos bairros atendidos foi o Cidade Satélite, que teve 16 casos notificados de dengue e quatro confirmados já este ano Mais de 90 agentes se concentraram pela manhã na quadra da escola municipal professora Ana Sandra Nascimento, para as ações de educação e saúde, com orientações à população, nas casas. Os agentes saem pelas ruas, visitando as casas de cada quadra do bairro, convidando os moradores a acompanharem no quintal e mostrar os possíveis focos do mosquito, que devem ser eliminados. É importante que a população tire uns 10 minutos do seu tempo para fazer a vistoria no seu imóvel, verificar se há algum objeto ou vasilha que acumula água, acondicionar o lixo de maneira correta, evitando assim a proliferação do mosquito e doenças.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: