Roraima espera produzir 70 mil toneladas de soja na safra deste ano.

Compartilhe nosso conteúdo!
Coluna de hoje | Publicada 00h20
lll
Lavouras de soja na região do Bonfim: este ano Roraima registrou uma área de 24 mil hectares e terá uma colheita recorde.

Roraima vive um novo momento na produção de grãos de soja, graças a investimento em pesquisas e tecnologia. O Estado registra mais de 4,6 milhões de hectares que podem ser usados para o agronegócio. Até pouco tempo atrás, o Estado produzia apenas 1,5 tonelada. Hoje, a região conseguiu aumentar em 30 vezes esse valor se aproximando de 70 mil toneladas. Atualmente, a produção de soja ocupa uma área de 24 mil hectares cultivadas de produção, distribuídas entre empresários gaúchos, paranaenses e produtores sul mato-grossenses, conforme dados da última colheita promovida em 2015. 

O presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras no Estado de Roraima (OCB-RR), Sílvio de Carvalho, explica que junto às cooperativas, os bons resultados vão trazer grandes benefícios para o Estado. “Agora as cooperativas agropecuárias vão poder comprar soja para produção de ração para o gado e o excedente será exportado para outros estados e países”, explicou.

Em Roraima, o consumo do grão ainda é baixo. Outra dificuldade é que o insumo de calcário para corrigir a acidez do solo é escasso. O produto é importado da Venezuela e do Amazonas com subsídio de até 50% no valor da compra. “O empresário vai para a Venezuela carregado de produtos, descarrega e volta com o caminhão cheio de insumos como fertilizantes e calcário mais barato, o que diminui o frete em 50%”, alertou Gianluppi. Outro fator que ainda precisa ser revisto é que para produzir ainda nas terras de Roraima são necessários o uso de 60% de fertilizantes, pois o solo ainda tem fertilidade natural.

O clima de Roraima é propício para a produção de soja. Duas estações bem definidas para a produção de entressafras pode gerar colheitas em menos tempo e até duas ao ano. De acordo com o pesquisador Vivente Gianluppi, a colheita dividida gera menos impacto ambiental se o manejo for correto. Outro fator positivo é gasto com herbicidas e fungicidas, aplicação pequena muito abaixo da média, o que caracteriza a produção limpa e sustentável.

Para 2016 Roraima espera colher 70 mil toneladas do grão, ou seja 1,2 milhões de sacas de 60 kg. Cada saca é vendida ao preço de R$ 74, conforme a variação do dólar americano, somando quase R$ 88 milhões. Se toda a logística funcionar como a compra de insumos agrícolas, investimentos em infraestrutura e toda a cadeia que envolve o plantio do grão estiver integrada, futuramente os produtores rurais pretendem chegar a 100 mil hectares, o que significa movimentação de R$ 400 milhões para economia do Estado.

O sucesso da soja
ll
O senador Romero Jucá na colheita de 2015: Roraima tem vocação natural para o agronegócio.

O senador Romero Jucá (PMDB) está comemorando o sucesso do cultivo de soja nos lavrados de Roraima. A colheita que começa no início de setembro será recorde.

Ontem ele disse que sempre acreditou no potencial agrícola do Estado e lembra que foi em sua gestão, então governador do Território de Roraima, na década de 1980, que trouxe os pr imeiros grãos de soja para Roraima.

“Temos todas temos todas as condições para o desenvolvimento desta cultura que está avançando cada dia mais e gerando emprego e renda”, diz Jucá.


NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Comunicação Social do Governo do Estado de Roraima informou ontem que não há registro junto as instituições de segurança pública estaduais configurando um secretário de Estado, como vítima de crime de roubo, no bairro Paraviana.

Ressalta que o crime tem como vítima outro cidadão e ocorreu por volta das 22 horas da quinta-feira, 18, quando um homem armado invadiu a residência do morador vindo a roubar um veiculo e bens pessoais.

O veículo foi localizado em seguida e as investigações iniciaram desde o momento em que o caso foi comunicado à Polícia no sentido de localizar os infratores.


Educação tem novo comando 
Emanuel (no centro) foi nomeado
Emanuel (no centro) foi nomeado

A Secretaria de Educação já tem um novo secretário. É o terceiro do Governo de Suely em um ano e sete meses.

O escolhido é o ex-diretor do Instituto Federal de Educação de Roraima, Emanuel Alves de Moura.

Emanuel assume no lugar do interino, Jules Rimet de Souza Cruz Soares, que volta a ser secretário adjunto. Rimet estava no cargo desde o dia 21 de julho com a exoneração de Marcelo Campbell.

Só falta marcar a data
ll
A senadora Kátia Abeu segue defendendo Dilma e contrariando a determinação do PMDB.

O presidente do PMDB, Romero Jucá, não descarta a expulsão da senadora Kátia Abreu, mas nega haver data marcada.

A hostilidade da senadora ao presidente Michel Temer incomodou e revoltou o partido.

Kátia segue descumprindo as determinações do Partido. É uma das defensoras de Dilma e pode ser expulsa logo após a sessão do Impeachment, no final do mês.

Maria da Penha em ação
lll
O comando de policiamento Ronda Maria da Penha foi instalado ontem pela Polícia Militar.

Na manhã de ontem, em pareceria com o Tribunal de Justiça, a Polícia Militar instalou um comando de policiamento destinado especificamente a atender mulheres vítimas de violência. É a Ronda Maria da Penha.

É um projeto do Governo do Estado e foi elaborada pela Coordenação de Políticas Públicas para as Mulheres. No âmbito da Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social – Setrabes.

Por meio da Ronda Maria da Penha, oito efetivos da Polícia Militar vão acompanhar tanto as mulheres com medidas protetivas expedidas pelo Judiciário como também irão atender a possíveis acionamentos de vítimas de violência de gênero na Capital.

As mulheres que sofrem algum tipo de violência podem fazer o acionamento da viatura por meio do telefone do Mulher S.O.S.: 98402-6475. (o número conta ainda com WhatsApp).

Reforço no TJ
ll
O presidente Almiro Padilha discursa na solenidade de posse dos novos juízes que passam a integrar o quadro do Tribunal de Justiça.

O Tribunal de Justiça roraimense ganhou ontem cinco novos juízes substitutos. As posses ocorreram em solenidade no Fórum Advogado Sobral Pinto, sob a presidência do desembargador Almiro Padilha.

Além dos discursos o público presente testemunhou um ato inovador no TJ: todas as posses se consumaram por meio eletrônico. Tanto os juízes como o desembargador Almiro Padilha assinaram os atos em um tablet, dispensando o tradicional termo impresso em papel.

Os novos magistrados são: Marcelo Lima de Oliveira, Suelen Márcia Silva Alves, Pedro Machado Gueiros, Esdras Silva Pinto e Lucas Campos de Souza. Os dois primeiros colocados já fazem parte do quadro de servidores efetivos do Tribunal de Justiça de Roraima.

Os gafanhotos vivem 
kkk
A PF cumpriu o mandado de prisão mas não revelou a identidade da presa.

A Polícia Federal de Roraima prendeu ontem uma funcionária pública que tem condenação por envolvimento no rumoroso “Caso gafanhoto”.

A identidade porém não foi revelada. Segundo a PF, o mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Federal em Roraima. A servidora foi localizada em casa e não ofereceu resistência à prisão e conduzida à Cadeia Pública Feminina, na zona Rural da capital.

Segundo as investigações da operação Praga no Egito da PF, no ano de 2002 foram desviados R$ 70 milhões oriundos de repasses de convênios da União ao estado de Roraima. O esquema gerou prejuízos ao erário e enriquecimento ilícito de muita gente.

Barrados na ficha limpa
jjj
A Justiça Eleitoral está nais vigilante em relação aos políticos considerados ficha suja.

Ao menos 4.849 políticos que tentam concorrer nas eleições municipais deste ano no País podem ter os registros de candidatura impugnados por serem considerados ficha-suja perante a Justiça Eleitoral, segundo levantamento obtido pelo Estado. A análise foi feita sobre as 467.074 candidaturas já validadas pelo Tribunal Superior Eleitoral até quinta-feira (18/8).

Aprovada em 2010 com o intuito de evitar que políticos condenados disputem cargos públicos, a Lei da Ficha Limpa tornou-se alvo de uma das principais polêmicas neste início de campanha eleitoral. Parte delas ocorre por uma decisão do Supremo Tribunal Federal, que deu ao Legislativo a palavra final sobre a reprovação de contas de gestores públicos para fins de torná-los inelegíveis.


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.
Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts