Site “The Intercept Brasil” revela esquema de compra de votos que elegeu Antonio Denarium em 2018.

Compartilhe nosso conteúdo!

A Coluna de Hoje | Publicada 00:05

Denarium e Bolsonaro: beneficiados com esquemas. Foto | Intercept

Com vídeos extraídos dos autos de processos no TRE de Roraima e relatos bem consistentes de todos os detalhes da investigação – que a princípio corre em segredo de justiça – o site “The Intercept Brasil” escancara toda a operação montada na campanha do ano passo para beneficiar Jair Bolsonaro e de sobra eleger Antonio Denarium,

Sob o título “Sacolão do PSL – Empresários confessam ter remarcado preços com 17 centavos para promover Bolsonaro em 2018” – o repórter Sérgio Ramalho, esmiuçou todas folhas dos processos, contendo detalhes de vários esquemas de distribuição de dinheiro no Estado para compra de votos.

Diz o portal, em sua extensa reportagem, que foi um caso flagrante de abuso de poder econômico promovido pelos donos das principais redes varejistas do estado. E que foi graças a uma denúncia feita à Polícia Federal, uma investigação resultou em dois processos aceitos pela Justiça Eleitoral, que correm sob sigilo.

Curiosamente, ambos têm apenas Denarium como réu, embora os prováveis crimes de que eles tratam tenham beneficiado também o presidente Jair Bolsonaro. Mas como corre em segredo de justiça se o próprio Intercept revela que leu todos os autos dos processos?

E neles encontrou depoimentos de José Saraiva de Araújo Júnior, o Júnior Goiano, dono da maior rede de supermercados de Roraima, que confirmou que não se tratava de coincidência.

Questionado, num interrogatório, se “deu apoio de alguma forma à campanha de Denarium”, ele confessou: “Eu entrei na onda do 17, pela mudança, pelo presidente Bolsonaro. E, automaticamente, também, ao Antonio”. Do hoje governador, ele admitiu ser amigo pessoal.

Segundo o Site a Polícia Federal também encontrou indícios de uso de um helicóptero para transportar dinheiro em espécie, cestas básicas e gasolina a regiões distantes – tudo para compra de votos.

As investigações atribuem à Disney Mesquita, então presidente regional do PSL e coordenador de campanha de Denarium, a articulação para a distribuição de benesses em troca de votos. Atualmente, ele é chefe da Casa Civil do governo do estado.

Como o material é extenso, sendo inviável toda a sua publicação aqui nesse espaço, o conteúdo completo da reportagem pode ser acessado em: www.theintercept.com/brasil.

PF apreende material para investigação em operação.

PF apura fraudes na CEF | A Polícia Federal continua operando em Roraima. E ontem deflagrou mais uma operação, agora denominada de Assucena, para apurar um esquema de fraude em concessões de crédito rural da Caixa Econômica Federal, que teria desviado mais de R$ 6 milhões.

Mais de 60 agentes participaram da ação, para o cumprimento de 9 mandados de prisão e 17 mandados de busca e apreensão em Boa Vista, Cantá, Caracaraí, Maringá (PR), Fortaleza (CE) e Macapá (AP).

A Polícia Federal informou que no esquema criminoso atuavam empresários, dois servidores da Caixa e laranjas que eram usados para obter altos empréstimos como se fossem grandes empresários do agronegócio.

Denarium foi abordado por agentes no Aeroporto.

Agentes versus delegados | Agentes da Polícia Civil não “engoliram” ainda o aumento de 47% concedidos aos delegados de polícia.

Desde que a matéria foi aprovada na Assembleia Legislativa, os agentes se mobilizam em protesto e, claro, também querem assegurar aumento nos seus salários.

Ontem eles “peitaram” o governador Antonio Denarium no Aeroporto de Boa Vista. Denariun ponderou que todos querem ganhar mais, mas isso só será possível a medida que for financeiramente possível.

Terméletricas que produzem energia para Roraima.

A conta que todos pagamos | O orçamento da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para 2020 será de R$ 21,912 bilhões, e a conta dos subsídios a ser paga pelos consumidores no ano que vem ficará em R$ 20,105 bilhões.

As despesas da CDE tiveram aumento de 8% (R$ 1,7 bilhão), em consequência, principalmente, do aumento dos gastos de combustível para geração de energia em Boa Vista, após a interrupção no fornecimento de energia elétrica pela Venezuela.

O valor aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica nesta terça-feira, 17 de dezembro, terá impacto tarifário médio de 2,36% para os consumidores do Sistema Interligado Nacional, com efeito médio diferenciado de 2,73% nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste e de 1,50% no Norte e Nordeste.

A Conta de Consumo de Combustíveis, que subsidia a produção de energia termelétrica nos sistemas isolados, vai gerar R$ 7,489 bilhões em despesas a serem custeadas por consumidores cativos e livres no ano que vem.

Prefeitura já construiu 275 quilômetros de calçadas.

Mais de 275 km de calçadas | Muita gente deve ter reparado como Boa Vista mudou nos últimos anos. Muitos bairros ganharam uma cara nova com a chegada dos serviços de infraestrutura.

Quem costuma andar pela cidade, seja para fazer uma caminhada ou mesmo para passear, sabe da importância de se ter um local seguro e apropriado para isso.

E mesmo não sendo de responsabilidade da gestão, desde de 2013, a prefeitura já construiu cerca de 275 km de calçadas por toda cidade. A construção de calçadas está sendo executada em diversos bairros da cidade, principalmente nas regiões mais afastadas do Centro. 

A implantação de calçadas melhora a mobilidade, acessibilidade, permite a circulação do pedestres com segurança e traz mais qualidade de vida à população, além de valorizar os imóveis. Atualmente, a prefeitura trabalha na construção de mais 42kms em vários bairros da cidade.

Essas obras são possíveis devido ao planejamento da gestão na reconstrução da cidade, além da parceria do ex-senador Romero Jucá que viabilizou os recursos junto ao Governo Federal.

Governo de Roraima está atualizado com pagamentos.

Roraima no azul | O Tesouro Nacional pagou, em novembro, R$ 828,67 milhões em dívidas atrasadas de estados. Desse total, a maior parte (R$ 670,32 milhões) é relativa a atrasos de pagamento do estado do Rio de Janeiro.

Também foram pagos R$ 82,24 milhões de Goiás, R$ 43,56 milhões de Minas Gerais, R$ 18,75 do Amapá e R$ 13,8 milhões do Rio Grande do Norte.

Roraima, que na gestão de Suely Campos sempre figurou nessa lista de não pagadores, por incrível que pareça, desapareceu na administração de Denarium.

Isso significa que as dívidas estaduais em que o Tesouro Nacional figura como fiador, estão sendo honradas.

As garantias são executadas pelo governo federal quando um estado ou município fica inadimplente em alguma operação de crédito.

Nesse caso, o Tesouro cobre o calote, mas retém repasses da União para o ente devedor até este quitar a diferença, cobrando multa e juros.

R$ 2,034 bi foram destinado para financiamento de campanhas.

Fundão terá R$ 2,034 bilhões | O Congresso Nacional aprovou ontem à noite (17) o texto-base do parecer final sobre o Orçamento da União para 2020.

O Projeto de Lei foi aprovado com a previsão de R$ 2,034 bilhões para o Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).

O Orçamento total do governo foi fixado em R$ 3,6 trilhões para as projeções de receita e de despesa.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts