Suely esmaga a Educação

Compartilhe nosso conteúdo!

CONFIDENCIAL           A Coluna de hoje | publicada 00h15GREVE-460x345

É vergonhoso, indigno mesmo, vivermos em um Estado que não prioriza a Educação. Não a prioriza por não ser uma demanda social, por absoluta falta de responsabilidade com o crescimento e o bem estar da população. Por conta dessa inércia e sem planejamento de imediato tampouco a curto ou médio prazo, a governadora Suely Campos forçou o Sinter a ir aos extremos, e decretar greve geral a partir de quinta-feira (19), ocasionado um verdadeiro esmagamento sobre o setor e determinado o fechamento de mais de 370 escolas públicas no Estado.

Ela não quer papo com os professores. Não há outra saída para legitimar qualquer diálogo e iniciativa no campo da educação se os professores não forem envolvidos, porque são eles os legítimos protagonistas. Mas aqui, ao contrário, são convertidos em adversários do sistema, porque vivem aporrinhando a vida do Governo em busca de condições melhores para as escolas, para os alunos e, evidentemente, para a categoria.

A ineficiência da governadora Suely e a completa ignorância por políticas públicas e o desconhecimento da escola pelos gestores públicos são evidências do descaso do Estado para o desenvolvimento de uma escola de qualidade, sendo esses alguns dos determinantes do descumprimento do papel da instituição escola.

O professor tem se sentido cada vez mais impotente, desvalorizado e desinteressado pela educação pública. Assim, cabe à sociedade assumir sua responsabilidade diante do ensino público e associar-se aos mestres para cobrar do poder uma forma de compreender e vivenciar a escola, estabelecendo um diálogo verdadeiro e profundo com o professor, buscando, por meio da educação, uma transformação social sustentável baseada em valores humanos mais éticos e mais justos.

Ornildo, do Sinter: fomos obrigados pelo a forçar uma paralisação, porque somos ignorados e não atendidos em nossos direitos.
Ornildo, do Sinter: fomos obrigados pelo a forçar uma paralisação, porque somos ignorados e não atendidos em nossos direitos.

Última tentativa

O presidente do Sindicato dos Professores – Sinter – Ornildo Roberto, revelou que o governo recebeu uma pauta de reivindicações – enviada ao Palácio Hélio Campos – por repetidas vezes, mas não tomou conhecimento.

“Decidimos pela greve como, infelizmente, o último artifício para chamarmos a atenção do governo”, disse. No total, 65 escolas na Capital e 312 escolas no interior serão afetadas.

Fora PT!

O povo manifesta-se contra a permanência do PT, partido da presidente Dilma Roussef.
O povo manifesta-se contra a permanência do PT, partido da presidente Dilma Roussef.

É bobagem tentar esconder a verdade. O grito que tomou as ruas no domingo, 15, respalda a necessidade da Nação de querer mudanças. E isso só vai acontecer quando o projeto de poder do PT for detonado.

Ninguém aguenta mais tanta corrupção e passividade dessa gente do Lulopetismo. Enquanto o país se desmorona, os líderes do Partido vêm justificar o injustificável, na maior cara de pau.

Dilma merece sim um corretivo. E as manifestações de domingo apontam nesse sentido. 

Mesada do PP

Manter a fidelidade do PP no Congresso cedendo-lhe apenas um lugar na Esplanada dos Ministérios parecia uma pechincha.

A delação premiada de Alberto Youssef, no entanto, mostra que o PP cobrava mais que um quinhão ministerial para votar com o governo.

De acordo com o doleiro, a cúpula pepista recebia mesadas do petrolão que iam de 250 000 reais a 300 000 reais. O PP é o partido que abriga o casal de governadores de Roraima.

Pizzollati, o mensaleiro

Pizzollati assumiu Secretaria Extraordinária no Governo de Suely.
Pizzollati assumiu Secretaria Extraordinária no Governo de Suely.

Entre os citados por Youssef como beneficiários do dinheiro desviado da Petrobras, quatro exemplares apoiadores do governo nas votações da Câmara:

Mário Negromonte (PP-BA), João Pizzolatti – secretário Extraordinário de Suely – Pedro Corrêa e Nelson Meurer.

Considerando um levantamento de votos na Câmara entre 2004 e 2012 feito pela Arko Advice, é só fazer as contas para concluir que, quando compareceram às votações, os quatro deputados apoiaram o governo em 93% delas.

Entre 492 votações, Pizzolatti apoiou o governo 211 vezes, foi contra em 19 e nunca votou em obstrução. O catarinense não compareceu a 262 votações;

A beira da morte

Sem mesada e a perigo de perder o Ministério da Integração Nacional para o PMDB, a dúvida é para onde vai o já rachado PP.

Isso, é claro, se o partido não for de fato nocauteado pela Lava-Jato. Já tem pepista sentenciando que “não há dúvida que o PP acabou”.

Já o advogado do ex-deputado João Alberto Pizzolatti também considera que o ganho de 100% que ele teve entre 2002 e 2006 é compatível com sua renda.

Palavra de presidente

Campelo: posse na presidência do TRE as 16 horas de hoje.
Campelo: as manifestações mostram a vontade do povo por mudanças.

O desembargador Mauro Campello, presidente do Tribunal Regional Eleitoral TRE – analisou assim a manifestação de domingo: “foi um dia de protestos, de críticas, de participação, do exercício do direito de liberdade de pensamento e manifestação. Parabéns para o processo democrático que vive o Brasil.

Mauro defende com urgência uma profunda Reforma Política e Eleitoral no país. “Não podemos mais viver com um modelo de sistema que remonta ao projeto de Estado da elite da República Velha…e que não atende mais as necessidades da sociedade brasileira”.

Dia de embates

Hoje tem embates na Câmara de Vereadores. O alvoroço será por conta apreciação dos vetos que a prefeita Teresa Surita ao PCCR – Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos servidores. 

Inicialmente a Prefeitura vetou parcialmente 12 artigos do Projeto de Lei 045, direcionados aos servidores da Prefeitura, Fetec e EMHUR.

Depois vetou tudo que diz respeito a avaliação por competências e fatores de desempenho dos servidores. 

Oligarquia chamuscada

Faixa de protesto contra a Oligarquia Campos, exibida na manifestação do último domingo.
Faixa de protesto contra a Oligarquia Campos, exibida na manifestação do último domingo.

A Família Campos não foi esquecida na manifestação de domingo, em que os roraimenses foram protestar contra a presidente Dilma.

Havia muitas faixas protestando pela oligarquia instituída em Roraima depois que a família assumiu o poder, e outras faziam citações aos anos de prisão do ex-governador, condenado pela ficha suja.

A grande indignação é que mesmo já tendo sido julgados os processos, as sentenças contra Neudo continuam encalhadas nos tribunais superiores, anteparando o acusado que até hoje não cumpriu um dia sequer de cadeia.

Morro tentando

Palavras sábias de Dermailton Bezerra da Silva, mais conhecido pela alcunha de Miúdo: “o poder público não é propriedade particular não, não, não, não, e não! O poder público é de todos os brasileiros”

 – A democracia não dar o direto de roubar os cofres públicos. Temos é que tirar os ladrões do poder, eles foram eleitos mais não pra roubar o dinheiro do povo. O povo brasileiro não aquenta mais tanta corrupção. O poder é do povo. O povo coloca, o povo tira.

Pensando bem, Miúdo tem razão.

2º turno em 2016

Boa Vista pode ganhar um turno a mais na eleição de 2016, quando estará em jogo a disputa pela Prefeitura.

É que pela lei eleitoral as cidades com mais de 200 mil eleitores, disputa a vaga em 2 turnos, podendo também ser definida no primeiro.

A capital já contabiliza 193 eleitores. E o TRE vai fazer companha de chamamento do eleitoral para cadastramento, sobretudo os que têm entre 16 e 18 anos.

Políticos encrencados

Marcus Vinícios da OAB: é preciso criminalizar o Caixa 2 dos partidos políticos.
Marcus Vinícios da OAB: é preciso criminalizar o Caixa 2 dos partidos políticos.

O presidente do Conselho Nacional da OAB, Marcos Vinícius Furtado Coelho, e os presidentes das seccionais da ordem se reuniram ontem com os líderes partidários da Câmara e do Senado para apresentar um pacote de propostas anticorrupção.

A principal defende a criminalização do caixa dois de campanha. Segundo a OAB, advogados de defesa de políticos encrencados dizem que todo ato de corrupção foi caixa dois por não existir o tipo penal para essa prática, o que abre uma avenida para a impunidade.

reuso da aguaREUSO PIONEIRO | O que era problema tornou-se uma solução. A água que fazia a rede de esgoto transbordar, agora é utilizada para irrigar uma horta, que por vezes vira sala de aula de educação ambiental, na Escola Municipal Maria Teresa da Silva Maciel, localizada no Jardim Floresta. O projeto de reuso da água é pioneiro em Boa Vista e idealizado por estudantes, professores e direção da escola. A água que entra pelo ralo da copa passa por processos de limpezas, por meio de peneiras com espessuras bem finas que retiram todos os resíduos. Por meio de uma bomba e mangueira, a água acumulada na cisterna é utilizada para irrigar a plantação da escola.

Mais energia

termeletricas
Esta Termelétrica no Monte Cristo já está pronta para fornecer energia para Boa Vista.

A partir desta terça-feira (17) começam a operar duas das três termoelétricas contratadas para ajudar no fornecimento de energia em Roraima.

As usinas estão instaladas no Distrito Industrial, em Boa Vista, e em Novo Paraíso, no município de Caracaraí. As duas vão gerar 32 megawatts e complementarão a energia já existente.

A Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Femarh) informou que as termoelétricas estão aptas para funcionamento.

Fim das coligações

Presidentes de partidos aqui em Roraima furiosos com medida recente defendida pelo senador Jucá.

Jucá é o autor da proposta que está deixando indignado dirigentes partidários.
Jucá é o autor da proposta que está deixando indignado dirigentes partidários.

Ele simplesmente está defendo o fim das coligações para eleições de deputados federais, estaduais e vereadores. O projeto foi aprovado pelo Senado e obriga que os partidos só podem se unir para as eleições majoritárias. 

Na prática, entram o candidato mais votado, sem o benefício de voto somado com outras coligações, ou obtidos pelos chamados “pangarés”.

Há vaga no MPC

O Ministério Público de Contas, tão zeloso  e crucial com as coisas dos outros, opera em fogo brando quando defende os seus interesses.

Na recente reforma que fez do quadro de pessoal, foi generoso ao abrir vagas para Jornalista e Assessor Parlamentar. E paga bem R$ 8.710,00 mensais.

Detalhe, pode admitir tais servidores sem a realização de concurso público. Portanto o interessado que for dotado de “QI”, que se habilite.

Mais dois aprovados

llelel
Lenom Lira foi sabatinado na Comissão e agora terá que enfrentar o Plenário.

Mais dois indicados da governadora Suely para cargos na administração indireta, foram sabatinados e aprovados pela Comissão da Assembleia.

Lenon Geyson Lira para o Instituto de Pesos e Medidas e Ubirajara Riz Rodrigues para a Junta Comercial. Terão ainda que enfrentar o plenário.

A Junta Comercial está sob direção da administração anterior, com mandato a ser cumprido e mantida com liminar judicial.

Senado em chamas

Foi um acordo nos bastidores entre governo e STF que levou o ministro Dias Toffoli à Segunda Turma do Supremo, a que vai julgar os políticos investigados pela Lava-Jato.

O objetivo é diminuir a pressão para que a Dilma nomeie logo o ministro para a vaga de Joaquim Barbosa que, pelas regras, iria exatamente para esta turma.
O acordo parte do pressuposto de que não é um bom momento para o Senado apreciar nomes para o STF.

Péssimo exemplo

O povo foi ao Centro Cívico pedir mudanças e impelir respeito da presidente Dilma pelo péssimo governo.

Mas como essa gente pode querer mudar algo se leva para às ruas um péssimo exemplo de comportamento e deseducação.

Por onde passou a multidão, ficou a trilha de sujeira, lixo por toda parte, restos de comida, garrafas de cerveja e latas de cerveja, e muita catinga de urina.

 CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – whatsapp: 98122-3345 – Facebook: Peronnico Expedito

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts