Suely ‘usa’ Neudo como último suspiro na tentativa de salvar a candidatura natimorta: Não tem jeito, já era!

A Coluna de Hoje | Publicada 00h23

Mesmo preso Neudo gravou um vídeo na tentativa de turbinar a candidatura de Suely, sua esposa.

Suely recorreu a um artifício nada convencional como último suspiro na tentativa de salvar sua candidatura natimorta: gravou um vídeo com o marido presidiário Neudo Campos na tentação de inserir o ex-governador na campanha como o cabo eleitoral que decidiu sua primeira eleição, em 2014.

Ocorre que os tempos são outros e ‘poste’ [Suely] eleito por Neudo naquela ocasião não produziu o que havia prometido na campanha, desgraçou o Estado, transformou seu governo num verdadeiro compadrio nepotista e ganhou a antipatia de 90% da população.

A aparição ao lado do marido em um vídeo melancólico, espalhado em grupos de WhatsApp nos estertores da campanha, não reverbera positivamente, porque Suely fracassou naquele projeto prometido por ela e o marido de que Roraima seria um oásis de prosperidade a partir de 2015. Não foi.

Ademais Neudo já não tem mais aquele domínio que o transformou em líder quase imbatível, porque virou um político ficha-suja em condições deploráveis, direitos políticos cassados, tipificado como o ladrão que comandou o maior esquema de roubo do dinheiro público da história de Roraima, no rumoroso ‘Caso Gafanhoto”. Condenado a dezenas de anos de prisão, Neudo está sob fiança da Justiça que o concedeu prisão domiciliar.

Voltando ao vídeo gravado no jardim de sua casa, na Praça da Bandeira, o material de propaganda foi distribuído apenas para grupos privados e não ganhou as páginas oficiais de Suely nas redes sociais por motivos óbvios, o temor de provocar a Justiça e resultar em penalidade para Suely e ganhar, claro, milhares de comentários adversos o que repercutiria negativamente na campanha já fenecida.

Neudo diz no vídeo que a campanha de Suely foi ‘memorável’ (sic). “As pessoas estão gritando apaixonadas, dizendo que votam em você. Impressionante”, diz Neudo. Antes de encerrar, ele ensina como votar em Suely: “é só apertar um, um, 11, 11, 11 e aparece sua foto e confirma. Você vai ganhar”, diz Neudo.

O otimismo de Neudo faz sentindo. Preso e sem andar pelas ruas de Boa Vista há tempos, talvez esteja vendo miragens, porque essa paixão toda por Suely como diz, não existe. Mas a recíproca entre a população e o Governo de Suely é verdadeira. Tanto que ela aparece em 3º lugar na pesquisa do Ibope, bem longe dos líderes e sua gestão é reprovada por 87% do eleitorado.

Anchieta segue líder no Ibope

O Ibope aponta que Anchieta continua na frente e aumentou a diferença para o 2º. Foto | Reprodução TV Roraima

Na 3ª e última pesquisa do Ibope, o candidato José de Anchieta (PSDB) continua liderando, agora com 43%, 2% a mais que na pesquisa anterior.

Antônio Denarium (PSL) passou de 29% para 32% e Suely Campos (Progressistas) ganhou 2 pontos, saiu de 9% para 11% o que significa o fim político da governadora que sequer chegará ao segundo turno. Os dois ‘pangarés’ da campanha, Telmário Mota (PDT) tem apenas 4% e Fábio Martins (Psol) míseros 2%.

A pesquisa foi encomendada ontem pela TV Roraima afiliada da Rede Globo e foram ouvidos 812 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais, entre 3 e 5 deste mês. O Ibope apurou que nos votos válidos Anchieta também lidera com folga: Anchieta, 47%; Denarium, 35%; Suely, 12%; Telmário, 4%.

Para o candidato do PSDB, a pesquisa mostra a confiança da população nas propostas e o reconhecimento pelo trabalho que foi feito em seus sete anos de governo.

A pesquisa confirma o desejo de mudança da população. Roraima não aguenta mais o governo que está aí. As pessoas também não querem arriscar em alguém sem experiência para governar o Estado. Elas reconhecem o trabalho que eu fiz e acreditam em minhas propostas”, disse Anchieta.

Rejeição: Suely em primeiro

Suely continua com a maior rejeição entre todos os candidatos, segundo o Ibope.

O instituto mediu também a rejeição entre os candidatos, e nesse cenário a governadora Suely Campos ganha de goleada.

  • Suely Campos (PP): 59%
  • Telmário Mota (PTB): 39%
  • Fábio (PSOL): 23%
  • Anchieta (PSDB): 18%
  • Antônio Denarium (PSL): 14%
  • Poderia votar em todos: 2%
  • Não sabe: 4%
Cenários para o 2º turno

Anchieta será eleito governador de Roraima em todos os cenários possíveis, conforme o Ibope.

Anchieta X Antônio Denarium

  • Anchieta (PSDB): 50%
  • Antônio Denarium (PSL): 40%

Anchieta X Suely Campos

  • Anchieta (PSDB): 64%
  • Suely Campos (PP): 19%

Antônio Denarium X Suely Campos

  • Antônio Denarium (PSL): 64%
  • Suely Campos (PP): 18%
Quase 334 mil eleitores

A presidente do TRE, Tânia Vasconcelos, divulgou a quantidade de eleitores aptos a votar amanhã.

Quase 334 mil eleitores devem ir às urnas amanhã domingo (7) em Roraima, segundo divulgou ontem o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A votação inicia às 8h e termina às 17h (horário local).

Neste ano a novidade é que todos os 15 municípios do estado votarão através da biometria. Ao todo, 1.172 urnas estarão dispostas em 320 locais de votação. Outras 218 foram reservadas para eventuais substituições.

Por falta de cadastramento biométrico, 37.420 eleitores tiveram os títulos cancelados no estado.

A maioria foi em Boa Vista (19.145). O número, segundo o TRE, compreende, além dos faltosos no processo de cadastramento, pessoas que mudaram de endereço ou que já morreram.

TRE estimula ‘cola’

O TRE recomenda que o eleitor faça uma cola para não se atrapalhar na hora de votar.

Neste domingo (7), acontece o primeiro turno das Eleições 2018 e o eleitor vai votar em seis candidatos: deputado federal, deputado estadual, dois senadores, governador e presidente.

Ele terá de digitar um total de 19 números para finalizar a votação. Muitos decidem levar uma espécie de “cola” para não se enrolar na hora em que estiver cara a cara com a urna. O Tribunal Regional Eleitoral de Roraima permite o uso da ‘colinha’ desde que seja em papel. Equipamentos eletrônicos, como celular, são proibidos na cabine. A ‘cola’ também serve para esclarecer sobre como será a ordem de votação.

Primeiro, o eleitor digita quatro números para escolher o candidato a deputado federal. Logo depois, segue a votação para deputado estadual, com cinco dígitos. Na sequência, digita três números para votar no candidato ao Senado e mais três para escolher o segundo senador. Por fim, digita dois números para governador e mais dois números para presidente.

Bebida alcoólica nem pensar

A Justiça Eleitoral proíbe o consumo de bebida alcoólica a partir da zero hora de amanhã.

Os eleitores devem ficar atentos com a já tradicional Lei Seca. Em Roraima, a comercialização e distribuição de bebidas alcoólicas serão proibidas a partir da 0h até as 18h de domingo.

Em caso de descumprimento, o infrator ficará sujeito à pena de detenção de três meses a um ano e pagamento de multa pela prática de crime de desobediência previsto no artigo 347 do Código Eleitoral Brasileiro, combinado com o artigo 330 do Código Penal.

Nas Eleições 2018, 1.482 pessoas devem atuar no apoio de segurança, incluindo as polícias Federal, Militar, Civil e Rodoviária Federal, Guarda Municipal de Boa Vista e agentes do Departamento Nacional de Trânsito (Detran). Havendo segundo turno, a proibição abrangerá desde a 0h até às 18h do dia 28 de outubro.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: