Telmário, Ângela e um grupo de senadores governistas querem punir Sérgio Moro com censura e demissão.

A Coluna da Quinta |||| Publicada 00h10
lll

Telmário (aqui ao lado de Ângela no Plenário do Senado): seus nomes constam no pedido de censura encaminhado ao CNJ. 

Um grupo de 14 senadores governistas, entre eles nossos representantes Telmário Mota (PDT) e Ângela Portela (PT) assinaram uma reclamação, encaminhada ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), pedindo a abertura de um processo disciplinar contra o juiz federal Sérgio Moro, que conduz a Operação Lava Jato na primeira instância. Os parlamentares apontam que ele autorizou uma escuta “ilegal” sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, realizada após o horário determinado para seu término, na última quarta (16). Para eles, houve “efetiva responsabilidade” de Moro no ato, porque “teve ciência do fato e não tomou atitude no sentido de apurar ou corrigir o crime”. Além disso, querem punição por conta do despacho de Moro que, no mesmo dia, retirou o sigilo das gravações no inquérito. A representação pede ao CNJ, órgão de controle do Judiciário, que apure as condutas e aplique uma das punições previstas na Lei da Magistratura: advertência, censura, remoção compulsória, aposentadoria compulsória ou demissão.

Tão logo pipocou a notícia aqui em Roraima a revolta contra os dois senadores locais foi imediata. Enquanto a sociedade brasileira acompanha cada nova fase da Operação Lava Jato com a esperança de que ela seja uma espécie de “reforma política” brasileira, os dois políticos de Roraima endossam um pedido para que o ministro Ricardo Lewandowski abra processo disciplinar contra o juiz Sérgio Moro. Que vergonha. Ai, pasmem, reparem bem, o Telmário logo apoderou-se do seu Facebook para dizer que é mentira. Que é armação do pessoal ligado ao senado Romero Jucá. O falastrão não contava que junto com a notícia da ação, veio toda a peça encaminhada ao CNJ constando os nomes de Ângela Maria Gomes Portela (CPF-199.653.032-15) e Telmáro Mota de Oliveira (CPF-042.732.302-91) Esse Telmário não pode ser levado a sério mesmo… Figura hilária!

Na semana passada Moro justificou que algumas gravações de Lula, incluindo o diálogo com Dilma, foram feitos após ter decretado o fim das interceptações porque a operadora foi notificada depois. “Não havia reparado antes no ponto, mas não vejo maior relevância”, escreveu o juiz. Assinam o pedido Ângela Portela (PT-RR), Telmário Mora (PDT-RR), Donizeti Nogueira (PT-TO), Fátima Bezerra (PT-RO), Gleisi Hoffman (PT-PR), Jorge Viana (PT-AC), José Pimentel (PT-CE), Lídice da Mata (PSB-BA), Lindbergh Farias (PT-RJ), Regina Sousa (PT-PI), Paulo Rocha (PT-PA), Humberto Costa (PT-PE), Roberto Requião (PMDB-PR), e Vanessa Grazziotin (PC do B-AM).

A nova lista da Lava Jato
lllll

Uma das planilhas apreendidas pela PF mostra o nome de Romero Jucá escrito em caneta.

Em novo inventário da Lava Jato contendo nomes de políticos supostamente beneficiados com dinheiro da Odebrecht Infraestrutura, o senador roraimense Romero Jucá (PMDB) é citado. Mas a planilha que apontando nomes e valores traz dois detalhes interessantes em relação a Jucá.

No pé da primeira página da lista o nome de Jucá aparece anotado com caneta esferográfica. Em lista seguinte sua identificação, ao contrário dos demais, não está ticada, ou seja, sem marcação, como se a operação não tenha sido efetivada.

Mas Jucá informou que está tranquilo porque todas as doações de campanha – não só da Odebrecht mas como de outras empresas feitas ao PMDB – são absolutamente legais e estão todas convencionadas na prestação de contas encaminhada à Justiça Eleitoral.

Essas citações, do ponto de vista da prova legal, não significam nada, absolutamente nada. Já prestei depoimento sobre isso. Todas as doações que o PMDB recolheu, foram informadas ao TRE. E aprovadas sem ressalvas”, disse Jucá.

Gúri a um passo do colapso
llllll

O nível do lago da Hidrelétrica de Guri está bem abaixo da média confiável: 75% sem água. 

O clima na Venezuela é de tensão e desespero porque aproxima-se o colapso na geração de energia na hidrelétrica de Guri. O ministro e presidente da Corpoelec, Luis Motta Dominguez, advertiu que o fornecimento pode entrar em colapso no país no início de abril e deixar sem luz 70% do território nacional.

Guri junto com as represas de Macácua (em Puerto Ordaz) formam o maio complexo de geração e distribuição de energia na Venezuela. E é de Ma´caga que vem a linha que abastece Roraima.

Atualmente o reservatório de Guri é de 75% sem água, a 10 metros do seu nível mais baixo. Domíguez Motta reiterou que para mitigar os efeitos do El Niño têm de cumprir o plano de racionamento de energia em shoppings e instituições públicas.

Muda o comando da Segurança
lll

Paulo Cesar foi empossado ontem por Suely Campos na Secretaria de Segurança.

Coincidência ou não, um dia depois de pedir mudanças na cúpula da Segurança Pública, criticando duramente o Governo pelo caos que se instalou no setor, o deputado Soldado Sampaio (PC do B) viu seu clamor atendido.

O coronel aposentado Paulo César Silva Costa e o delegado Uziel Castro são os novos titulares da Secretaria de Segurança Pública e da Delegacia Geral de Polícia Civil. Substituem respectivamente João Batista Campelo e Haydèe Magalhães. Mas Hydèe não ficou esquecida não. Ao contrário, deixou a DGP para ser secretária-adjunta na Segurança.

Na solenidade de posse que ocorreu na manhã de ontem a governadora Suely Campos anunciou que fará investimentos no setor e disse que em seis meses espera que os novos auxiliares promovam melhorias no atendimento à população.

A saída é extinguir a Seijuc
llll

Josué não consegue administrar o sistema prisional, absolutamente falido.

Mas a governadora Suely Campos ficou devendo porque faz questão de ignorar os clamores da população em relação ao sistema penitenciário falido.

Ela trocou o comando da Segurança, mas o caos impera na Secretaria de Justiça e Cidadania cujo secretário, Josué Filho, não tem mais condições de chefiar o sistema. Capaz sequer de abalizar uma explicação para as fugas sucessivas na Penitenciária, causando prejuízo ao Estado e gerando medo nas pessoas.

Não resta outra saída senão fechar as portas da Sejuc, demitir Josué e entregar a gestão do sistema prisional aos organismos que verdadeiramente tenham domínio da situação.

O pulo do ‘gato pardo’
lll

George Hilton foi dispensado: o secretário Marcos Jorge ainda não sabe se ficará no Ministério.

O ministro do Esporte tentou dar o pulo do gato trocando o PRB pelo PRÓS com a intenção de ficar no cargo, mas acabou sendo desalojado pela presidente Dilma.

George Hilton trocou de partido depois que o PRB anunciou rompimento com o Governo, na semana passada. A presidente deve nomear como ministro o atual secretário para Esportes de Alto Rendimento Ricardo Leyser, filiado ao PCdoB.

Dilma ainda tenta atrair votos do PRB. O Partido, do deputado roraimense Jhonatan de Jesus, ainda tem três secretários indicados no ministério: o macuxi Marcos Jorge de Lima (Executivo), Rogério Hamam (Futebol) e Carlos Geraldo Santana de Oliveira (Inclusão Social). O partido afirma que eles foram orientados a pedir exoneração assim que o novo ministro assumir.

Alongando a dívida
llll

Governadores foram a Brasília várias vezes a fim de encontrar saídas para renegociação de suas dívidas.

A proposta do governo que permite o alongamento do prazo de pagamento das dívidas dos estados com a União em 20 anos chegou à Câmara dos Deputados no início da noite desta terça-feira (22).

O alongamento da dívida dos estados faz parte do acordo fechado pelo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, com governadores. Segundo Barbosa, o texto contém propostas estruturantes para reequilibrar as contas públicas da União e dos estados no longo prazo.

A consumação dessa medida representa a salvação da lavoura de Roraima, atolado em dúvidas astronômicas. Pode inclusive devolver ao Estado a capacidade de endividamento. Sem ela não como realizar investimento em absolutamente nada.

OAB ganha sala na PAMC
lll

A sala da OAB na PAMC oferece as condições para atendimento dos detentos.

O Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-RR) ganhou uma sala de atendimento na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, a PAMC. A inauguração aconteceu ontem de manhã.

A sala, que tem o nome do advogado Vilmar Francisco Maciel, foi cedida pelo Governo, por meio da Secretaria de Justiça e Cidadania.

Queremos agradecer pelo espaço cedido pela Secretaria e ressaltar que vamos trabalhar no processo de ressocialização e dignidade dos reeducandos, bem como a valorização dos nossos advogados”, disse o presidente da OAB, Rodolpho Morais.

 

lll

lll

Melhorando o trânsito | Uma das vias mais movimentadas da capital, a avenida Carlos Pereira de Melo está passando por obras de reestruturação no trecho compreendido entre os bairros Santa Tereza, Piscicultura, União e Cidade Satélite. Isso devido ao aumento no tráfego de veículos, o que levou a Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito a tomar medidas emergenciais favoráveis aos cidadãos. Segundo relatório feito pelo Departamento de Engenharia de Trânsito da SMST, somente entre os horários de 17h50 a 19h50, passam em média 150 mil veículos no trecho compreendido entre as avenidas Carlos Pereira de Melo e Rui Baraúna, que dá acesso ao bairro União.  Com isso, serão três semáforos que vão funcionar de forma sincronizada, localizados nos entroncamentos com as avenidas São Sebastião, Rui Baraúna e Piscicultura. Além disso, serão instalados dispositivos luminosos na pista indicando sentido livre para quem for convergir para a avenida Rui Baraúna, sem a necessidade de aguardar no semáforo.


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: