Temer confirma Jucá como líder do Governo no Senado.

A Coluna de Hoje |Boa Vista,RR | Publicada 00h13
ll

O Senador Romero Jucá deixa a liderança no Congresso e assume o posto de líder do Governo no Senado.

Como foi prenunciado aqui na coluna, na semana passada, o senador Romero Jucá vai assumir a liderança do governo no Senado, em substituição a Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), nomeado pelo presidente Michel Temer para o Ministério das Relações Exteriores. Atualmente, Jucá exerce a liderança do governo no Congresso, além da presidência nacional do PMDB.

As conversas para que Jucá assuma a liderança do governo no Senado foram intensificadas no sábado à noite, em jantar de Temer com líderes no Congresso. No entanto, de acordo com assessores de Jucá, o acerto final para a ocupação do novo cargo foi fechado ontem entre o presidente e o senador.

Considerado um dos maiores articuladores políticos do Congresso, Romero Jucá já exerceu a liderança do governo no Senado nos governos dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. No início do governo Temer, Jucá ocupou o Ministério do Planejamento.

O novo líder do governo terá, entre outras missões, que trabalhar junto à base aliada e à oposição para a aprovação das reformas da Previdência e trabalhista, que se encontram em tramitação na Câmara. O governo trabalha para que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, que modifica o sistema previdenciário, seja aprovada em dois turnos pela Câmara e pelo Senado ainda no primeiro semestre deste ano.

Com a ida de Jucá para a liderança do governo no Senado, o cargo de líder do governo no Congresso fica vago e para ele poderá ser nomeado o deputado André Moura (PSC-SE). O cargo de líder do governo na Câmara, ocupado por Moura, ficará com o deputado Agnaldo Ribeiro (PP-PB).

Pressão por dinheiro do fundo
ll

ll

Se por um lado Romero Jucá garante-se tranquilo na liderança do Governo no Senado, por outro, está sofrendo pressão de seus aliados do PMDB na Câmara. Uma “Carta ao PMDB” será entregue a Jucá na quarta (8), data da reunião da Executiva Nacional do partido.

Idealizador do documento, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) diz que a carta não é contra Jucá. “A direção do partido deve estar isenta”, diz Marun, que espera adesão de metade da bancada.

A principal queixa dos deputados em relação a Jucá reside no uso do fundo partidário, principal financiador das disputas eleitorais. Deputados querem que Jucá defina como o dinheiro será usado em 2018.

Ou seja os deputados querem meter a mão no butim do PMDB. E como o negócio é controlado a mão-de-ferro por Jucá, a grita do lado é ensurdecedora.

Mauro fala em ‘aposentadoria’ 
Mauro anuncai que o adeus á magistrarura esma na contagem regressiva: vai demorar só mais um pouquinho.

Mauro anuncia que o adeus a magistratura está na contagem regressiva: vai demorar só mais um pouquinho.

O desembargador Mauro Campello, atual Corregedor Geral do Tribunal de Justiça, prenuncia na sua conta no Facebook que seu tempo na magistratura está chegando ao fim.

Ele revela que fez um levantamento de tempo de serviço prestado apenas ao Poder Judiciário de Roraima e para sua surpresa já se vão 9.233 dias trabalhados como Juiz de Direito (3.055 dias) e atualmente como Desembargador (6.178 dias). Mauro é egresso do primeiro concurso de provas e títulos para juiz substituto do Tribunal de Justiça de Roraima, concurso realizado pela Fundação Carlos Chagas em 1991.

Ele informa que vai pedir a averbação do tempo de Promotor de Justiça no Estado de Rondônia, de Advogado no Rio de Janeiro, de militar da Marinha do Brasil e dos estágios. E conclui:

Chegando a hora da aposentadoria. Ser o decano entre os magistrados de carreira, ou seja, de efetivo tempo de magistratura é uma sensação que não consigo descrever, apenas me faz recordar as palavras de meu pai que dizia ser o decano do Ministério Público do Rio de Janeiro na década de 1990”, diz Mauro.

À Espera de uma vaga

ll

No quadro de antiguidade dos magistrados Luiz Fernando Mallet aparece em 1° na lista.

A jubilação de Mauro espaça certamente um vácuo na magistratura roraimense, visto que se trata de um juiz bem sucedido em sua trajetória profissional. Por outro lado abre as portas para os juízes que almejam o topo, ascendendo a condição de desembargador.

Na escala dos juízes do quadro de antiguidade que atuam no Tribunal de Justiça, três deles vão disputar a vaga. São eles: Luiz Fernando Castanheira Mallet, Antônio Augusto Martins Neto e Gracite Sotto Mayor Ribeiro. Como a próxima escolha se dará pelo critério de antiguidade, Mallet leva vantagem. Embora os demais não estejam impedidos de concorrer.

Mas o desembargador Mauro me confidenciou ontem: “estou contando o tempo, mas a aposentadoria ainda vai demorar um pouquinho. Apenas iniciei a contagem regressiva”.

O fim do ‘esticadão’ 
O Plenário da Câmara dos Deputados retoma as atividades este semana com a promessa de muitas votações.

O Plenário da Câmara retoma as atividades este semana com a promessa de muitas votações.

Após o feriadão – ou “esticadão” do carnaval, que durou quase duas semanas, a Câmara dos Deputados retoma os trabalhos com discussões sobre as reformas trabalhista e da Previdência.

A grande expectativa dos roraimenses é sem dúvida em relação ao que acontecerá com a votação da PEC 199 que trata do enquadramento de ex-servidores do Território de Roraima na folha da união.

O projeto está pronto para ser votado. Até que houve uma tentativa de colocá-lo na pauta para ser apreciado, mas como não havia quorum qualificado, ficou tudo para depois. Mas para quando? Isso é que todos os esperançosos querem saber.

A migração em debate
lll

Venezuelanos que migraram para Pacaraima encontram em completa situação de vulnerabilidade.

O Ministério Público Federal em Roraima, a Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão e a 6ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF realizam na próxima sexta-feira, dia 10 de março, audiência pública para debater a situação dos migrantes venezuelanos que vivem no Estado.

O evento, que será realizado a partir das 8h, no Auditório Alexandre Borges da Universidade Federal de Roraima (UFRR), pretende levantar informações, críticas e sugestões sobre a prestação de serviços relacionados à assistência social, ao trabalho, à saúde, à educação e ao abrigamento dos venezuelanos, bem como sobre a situação específica dos migrantes indígenas. Os dados coletados vão instruir procedimentos administrativos instaurados no MPF.

A audiência é aberta ao público – sem a necessidade de inscrição prévia – e voltada aos migrantes residentes em Roraima, bem como a lideranças indígenas, profissionais da imprensa e autoridades e estudiosos da área de migração.

Regularização fundiária
ll

Técnicos do Iteraima já estão visitando as propriedades para vistoria e regularização.

Equipes do Iteraima realizam no período de hoje até o dia 10 os trabalhos de vistoria rural nos municípios do Cantá e Bonfim.

A ação é uma etapa importante no processo de regularização fundiária, pois consiste na comprovação de que o requerente atende todas as exigências legais.

Serão vistoriadas 22 propriedades, correspondente a quase 23 mil hectares de terra, nas regiões de Vila Vilhena, BR 432, Taboca, Confiança II e III, Jacamim, Serra da Lua e Serra Grande I.

Durante as vistorias, será realizada a identificação das propriedades, culturas efetivas e benfeitorias nas propriedades.

O presidente do Iteraima, Alysson Macedo, explicou que o foco são as médias e grandes propriedades.

O Estado ainda aguarda a decisão judicial que irá liberar, inicialmente, oito glebas, entre elas a Quitauaú, que irá receber as equipes de vistoria. Mas este fato não impede que os procedimentos prévios à titulação, sejam executados pelo Iteraima.

Araketu fechou o Micaraima
lll

Segundo a organização do evento, mais de 10 mil pessoas estiveram no show do AraKetu no sábado.

Energia boa e alegria resumiram os dois dias de Micaraima, o carnaval fora de época de Paracaima, na fronteira com a Venezuela, que encerrou no sábado, dia 4.

A banda baiana Ara Ketu, que tem mais de 35 anos de carreira, animou a festa e levou mais de 10 mil pessoas a folia ao som dos maiores sucessos, antigos e atuais. Na primeira noite de Micaraima, mais de três mil pessoas curtiram os shows das bandas Elos, Caribe Show, Nativa e Fuzuêra.

A volta do Micaraima depois de seis anos resgata a história do município e agrega credibilidade, mostra o comprometimento da gestão com a população”, disse a governadora Suely Campos.

Atendimento à muher

Atendimento à mulher será uma das prioridades da unidades básicas de saúde da Prefeitura de Boa Vista.

Dia da Mulher | As unidades básicas de saúde de Boa Vista e o Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA) promovem a partir de hoje, 6, programação especial alusiva ao Dia Internacional da Mulher. Dentre as atividades, estão: palestras, atendimento médico e serviços de estética e beleza para tornar o dia especial. No Hospital da Criança, a programação voltada para as servidoras seguirá até a próxima sexta-feira, 10, nos períodos da manhã e à tarde. As servidoras terão oportunidade de cuidar da beleza com serviços de manicure, design de sobrancelhas, limpeza facial, maquiagem, além de almoço e jantar especiais. As unidades de Saúde escaladas para ofertar serviços são: Pricumã, Sayonara Dantas, no Senador Hélio Campos, unidade do bairro Cauamé e a unidade do bairro Centenário.


CONTATOS DO AUTOR | www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: