Tensão na Venezuela: 5 mil pessoas deixam o país todos os dias. Grande parte vem para Roraima

A Coluna de Hoje | Publicada 00h10

Os venezuelanos continuam chegando aos montes a Roraima.

A Organização das Nações Unidas (ONU) alertou para a “crescente tensão” na Venezuela. Segundo dados da entidade, 5 mil pessoas deixam o país por dia (grande parte vem para Roraima), exigindo proteção internacional. De acordo com informações da ONU, pelo menos 20 pessoas morreram supostamente atingidas enquanto participavam de protestos.

O porta-voz do Alto Comissariado para os Direitos Humanos, Rupert Colville, disse que as informações sobre os mortos foram transmitidas por “fontes locais credíveis”. Segundo ele, há relatos de feridos por balas, chumbo e balas de borracha.

De acordo com Colville, mais de 350 pessoas também foram detidas nos recentes protestos, incluindo 320 apenas no dia 23 de janeiro. Há também informações de invasões em algumas das áreas mais pobres de Caracas, onde pelo menos 180 protestos ocorreram ao longo da última semana.

Em 2017, os abusos de direitos graves documentados, segundo a ONU, foram de 2017, incluindo incluíram execuções extrajudiciais, detenções arbitrárias generalizadas, restrições à liberdade de reunião e de expressão e ataques e ataques domiciliares indiscriminados.

Colville disse que o apelo do Alto Comissário às autoridades venezuelanas para que exercessem moderação, especialmente as forças de segurança. Informações | Agências internacionais

Maduro: ditadura contra-ataca

Juan Guaidó está proibido de deixar a Venezuela.

Em nova tentativa de pressão do regime Nicolás Maduro sobre a oposição, o Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) proibiu na noite de ontem (29) o líder opositor Juan Guaidó de deixar o país enquanto durar uma investigação sobre ele, além de bloquear suas contas bancárias e bens. O pedido havia sido feito pelo procurador-geral, Tarek Saab, aliado de Maduro.

O plenário ordenou a “proibição de saída do país sem autorização até que a investigação termine” e de transação de bens, além do bloqueio de contas.

O chefe do Legislativo se autoproclamou presidente encarregado da Venezuela na última quarta-feira (23) e foi reconhecido pelos Estados Unidos, Brasil, Colômbia e outros países da região.

Ao saber da medida, Guaidó disse não se surpreender com as decisões de Saab por considerar que fazem parte da cadeia de ameaças contra ele e o Parlamento de maioria opositora eleito em 2015.

Superintendente novo na ALE

Marcelo Lopes foi nomeado superintendente geral da ALE.

Marcelo Lopes, que foi secretário do gabinete Institucional de Suely não chegou a engrossar por muito a estatística dos desempregados.

Não foi aproveitado no Governo de Denariu mas função de destaque no âmbito do Poder Legislativo, ocupando um dos postos mais cobiçados.

Marcelo foi nomeado Superintendente Geral da Casa em substituição a Andreive Ribeiro Souza, que desde a saída de Leocádio Vasconcelos, acumulava a função com a de procurador geral.

‘Candidatura de véspera’, diz Jucá 

Jucá articula a participação do MDB na disputa.

O senador Romero Jucá, cujo mandato se encerra amanhã, 31, continua exercendo seu poder de articulação para definir o candidato do MDB o Senado.

Ontem Jucá disse que o MDB só definirá seu candidato à presidência do Senado na quinta-feira, véspera da eleição.

Renan Calheiros joga com o tempo. Quanto mais incerto o cenário, melhor para o alagoano.

Já na Câmara o MDB de Jucá já bateu o martelo: vai apoiar a reeleição de Rodrigo Maia (DEM).

Telmário Mota vai para o PRÓS

Telmário Mota trocará o PTB pelo PRÓS.

Eleito pelo PDT em 2014 Telmário Mota, hoje no PTB, vai começar a nova legislatura filiado ao PROS.

O PRÓS foi o único partido que topou coligar com PT e PCdoB na corrida presidencial de 2018.

Na semana passada, Fernando Collor de Mello trocou o PTC pelo PROS, que também tem como filiado Eduardo Girão, senador eleito pelo Ceará.

Wizard visita Denarium

Denarium recebeu Wizard no Palácio do Governo.

O empresário Carlos Wizard visitou ontem o governador Antonio Denarium. Desde agosto do ano passado, o empresário tem atuado como coordenador e interlocutor entre os governos federal, estadual e municipal e algumas ONGs, nas ações da Operação Acolhida.

No silêncio Wizard banca com dinheiro do próprio bolso a viagem de muitos venezuelanos, todos os dias, para diversas regiões brasileiras Ele compra passagens nas companhias aéreas e embarca os imigrantes para um local acolhedor.

Wizard explicou que tem trabalhado na identificação de oportunidades em outros Estados para que as famílias venezuelanas sejam interiorizadas. O empresário parabenizou o governador Antonio Denarium pela implantação de uma gestão transparente, que segundo ele, tanto Roraima, quanto a população, serão beneficiadas.

Ao final do encontro, o governador convidou Carlos Wizard para que ele atue como divulgador das potencialidades de investimentos que o

Teto de gastos flexibilizado

Roraima ultrapassou o teto de gastos com pessoal no ano passado.

Pela lei que instituiu a renegociação, os estados deveriam limitar o crescimento dos gastos locais à inflação em 2017 e 2018. No entanto, das 19 unidades da Federação que aderiram ao programa, 10 comunicaram ao Tesouro que não conseguiram cumprir o teto de gastos no ano passado: um deles é justo nosso Estado de Roraima.

De acordo com a legislação, a unidade da Federação que descumprir o teto de gastos não apenas perde direito ao alongamento da dívida em 20 anos, como terá de devolver à União o desconto recebido nas parcelas mensais.

Além disso, o aumento repentino das prestações poderia levar os estados a incorrer em calote com a União. Atualmente, sete estados declararam situação de calamidade financeira. Em 2016, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul tinham decretado a medida.

Apenas neste mês, Roraima, Rio Grande do Norte, Mato Grosso e Goiás seguiram o exemplo. Aprovados pelas Assembleias Legislativas locais, os decretos de calamidade financeira dão mais liberdade aos governadores para remanejarem verbas locais, mas não garante ajuda federal.

Academia aberta: onze praças | A Prefeitura de Boa Vista, através da Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura (Fetec), retomou nessa segunda-feira, 29, as atividades do Programa Academia Aberta. A novidade deste ano é o novo polo localizado na Praça da Bandeira, onde as aulas vão acontecer todas as terças e quintas-feiras. O coordenador de Esportes da Fetec, Renny Adonay, ressaltou as expectativas para 2019, onde o objetivo é aumentar o número de polos e o alcance do público. “Ano passado a gente fechou com 31 mil pessoas. A nossa expectativa esse ano é fechar com 50 mil pessoas. A prefeita em 2013, encontrou a academia aberta com dois polos, hoje estamos com 11, mais de 30 mil pessoas atendidas e incentivando cada vez mais a qualidade de vida da população”, declarou. O Programa Academia Aberta foi criado em 2001, como forma de incentivar a prática de esporte, promover o lazer e a diversão, proporcionando bem-estar às famílias.  São oferecidas gratuitamente e ao ar livre, atividades físicas diversificadas, como ginástica aeróbica, localizada, step, dança e alongamento.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: