Teresa quebra o silencio, diz que eleição não é uma aventura e admite que pode ser candidata ao Governo em 2018.

A Coluna de Hoje | Boa Vista,RR | Publicada 00h15
ll

Teresa dá entrevista sobre os 100 dias de sua atual gestão e falou sobre possibilidades de candidatura em 2018. Fotos | Eduardo Andrade  

A prefeita de Boa Vista, Teresa Surita (PMDB) quebrou o silêncio sobre o processo sucessório de 2018 e ontem falou publicamente pela primeira vez sobre a possibilidade de sair candidata ao Governo de Roraima. Mas assentou que só renunciaria ao cargo para disputar o Palácio Senador Hélio Campos se perceber realmente que sua candidatura tem o apoio popular, o querer do povo de Roraima e a segurança política dos aliados.

Na verdade nada estava ideado para que a sucessão de Suely Campos ocupasse a conversa, porque Teresa estava ali para falar com jornalistas sobre a passagem dos 100 primeiros dias do seu atual mandato, o 5º em sua trajetória política como prefeita da capital. Mas o assunto veio por gravidade e Teresa respondeu todas as perguntas sobre o processo sucessório com absoluta serenidade, porém, com ponderação nas respostas.

“Eleição para mim não é uma aventura”, disse logo de bate-pronto ao primeiro questionamento. E emendou: “Embora não seja meu objetivo agora, eu gostaria de governar meu Estado. Quem não sonha um dia governar seu Estado? Eu não sou diferente. Gostaria muito de ter a oportunidade se ser governadora de Roraima. Mas não posso abandonar esse projeto tão bonito que iniciei para transformar Boa Vista em uma cidade melhor, para satisfazer a um desejo pessoal. Eu serei candidata, mas só se houver um apelo das ruas”.

“Nós temos uma responsabilidade muito grande. Eu digo porque eu sou verdadeira. Renunciar a um mandato para disputar outro logo em seguida, exige certos cuidados, porque pesa sobre meus ombros o encargo de deixar o mandato. Você só pode fazer isso se tiver muita segurança, não pode fazer assim simplesmente, decidir por decidir”, ponderou. Claro que Teresa não quer se desviar do caminho da obviedade, agora, para não criar um impacto antecipado, uma vez que assumiu em público na campanha passada – dentro deste cenário de probabilismos para 2018 – que cumpriria os 4 anos.

O fato é: o nome de Teresa surge afetuoso em todas as conversações e conversas políticas, aqui e em tudo quanto é lugar dentro do território de Roraima e fora dele. “Eu realmente não estou pensando nisso agora [candidatura ao governo]. O que eu quero, de fato, é cumprir o que eu tenho planejado para Boa Vista, que é muita coisa para este ano. A eleição é só o ano que vem. Nós não sabemos o que vai acontecer até lá”, observou a prefeita.

A verdade é que o ambiente se desenha em duas conjecturas lógicas: um panorama com Teresa candidata e outro sem ela na disputa. A força de Teresa, certamente a mais proeminente política de Roraima da atualidade, definirá o rumo das eleições em 2018. O certo é que apelos populares não lhe faltarão e se ela decidir entrar no jogo como protagonista do pleito, apoiamentos fartos, sinceros e robustos certamente terá.

Os próximos 20 anos 
ll

A Prefeitura está preparando Boa Vista para os próximos 20 anos, disse a prefeita Teresa.

Teresa avaliou ontem os resultados da atual gestão, principalmente em comparação aos 100 dias da gestão iniciada no ano de 2013, em que o município encontrava-se em situação preocupante.  Apesar das dificuldades enfrentadas até aqui, o resultado é positivo. Ela destacou que sua administração tem um planejamento estratégico para preparar a cidade de Boa Vista para os próximos 20 anos.

Em 2017, apesar da crise, ela acredita houve grandes avanços que podem ser notados através das ações desenvolvidas nos diversos setores, beneficiando diretamente o cidadão.

E disse que o que se efetiva no momento tem o objetivo de projetar a cidade de Boa Vista para os próximos 20 anos. “Estamos vislumbrando uma cidade para o futuro. Com planejamento estratégico, disciplina financeira e controle absoluto sobre os gastos, alcançaremos o que pretendemos”, disse.

“Esses 100 dias demonstram o nosso compromisso com o trabalho, por meio de uma gestão estratégica e participativa, cujo foco é o cidadão. Somos cientes de que ainda há muito a ser feito, mas olhando para trás, para o caminho que percorremos, podemos perceber que houve grandes avanços. A cidade está mais bonita, os programas sociais mais fortalecidos. E esse é o nosso compromisso. Cuidar de nossas pessoas, mesmo em meio a uma terrível crise financeira que assola nosso país”, disse.

“Boa Vista: quem ama cuida”
ll

A campanha “Quem Ama, Cuida”, pretende mexer com a autoestima do boa-vistense para cuidar da cidade.

A prefeita aproveitou a coletiva para apresentar também a nova campanha intitulada “Boa Vista: Quem ama Cuida”, cuja proposta é conscientizar a população a zelar pelo patrimônio público e pela limpeza das ruas.

A campanha será veiculada nos meios de comunicação durante todo o mês de abril. “Nossa principal arma contra o vandalismo do bem público, como vem ocorrendo com os abrigos de ônibus, é a conscientização. Nós queremos que a população entenda que cada bem destruído, ela é a principal afetada. Por isso, nós acreditamos que é possível que haja uma mudança de postura e que assim a cidade seja tratada com zelo”.

Além disso, a prefeita ressaltou a importância da população evitar jogar lixo, galhadas e entulho pelas ruas, isso representa um problema de saúde pública e também um grande custo ao erário. Atualmente, são gastos em média 7 milhões de reais por ano para retirar entulho das ruas e são esses alguns dos locais propícios a criadouros do mosquito Aedes aegpty, transmissor de doenças como zika, chikungunya e dengue.

O Beiral vai sair da escuridão
jj

O problemático Caetano Filho (Beiral) será transformado em bairro modelo com obras estruturais.

Diz-se que segredos não se conta. Pois a prefeita Teresa Surita não resistiu. Durante o encontro com os jornalistas, ontem de manhã, ela pediu permissão a um de seus secretários para confidenciar algo que, segundo ela, não aguentava mais segurar a ansiedade.

Está na fornalha um projeto estrutural que vai mudar a face do emblemático Caetano Filho, o Beiral, o bairro mais problemático da cidade.

É algo que vai transformar toda a localidade, com obras da saneamento, asfaltamento das vias públicas, construção de praça, iluminação e muitas outras obras estruturais.

De ‘boca de fumo’, alagadiço no inverno e conhecido pelo seu flagelo, o Beiral será um modelo de urbanização. A prefeita não detalhou como será o processo de diálogo com os moradores do local para a execução do projeto.

O Teatro Municipal vem ai 
jjj

As obras do Teatro Municipal de Boa Vista estão quase concluídas. Inauguração deve ocorrer em outubro.

Quase 8 anos depois do início de sua construção, o Teatro Municipal de Boa Vista experimenta seus últimos retoques para finalmente abrir suas cortinas ao público.

Esta etapa consiste na compra do mobiliário, cadeiras, iluminação, piso e sonorização. A complexidade da obra, por envolver seis convênios e paralisações diversas por atraso nos repasses financeiros, atrasaram sua entrega.

Além do mais a morte do dono da construtora também interferiu no curso da execução do projeto. Mas a prefeita Teresa Surita assegurou ontem que em outubro o Teatro abrirá suas portas ao boa-vistense.

O lixão vai acabar
lll

Essa paisagem deve ser eliminada em breve com a construção de um aterro sanitário pela Prefeitura.

Teresa anunciou que até o final do ano Boa Vista terá um novo aterro sanitário “seja na condição que for”. Um dos focos do novo aterro será a coleta seletiva de materiais recicláveis. “Se nós não conseguirmos produzir energia com o lixo, vamos trabalhar com um aterro sanitário normal, em regime de células”, disse.

O plano prevê a construção de um novo aterro sanitário, extinção dos lixões, coleta seletiva, geração de emprego e renda. Diversas audiências públicas foram feitas, contemplando movimentos sociais, cooperativas e outras instituições, de forma a desenvolver a proposta na capital.

O município está obedecendo todos os prazos legais estipulados pelo Governo Federal. A data limite é dia 31 de julho deste ano.

Lista de Fachin: Jucá se diz tranquilo
lll

O senador Romero Jucá foi listado pelo ministro Edson Fachin e responderá a 5 inquéritos no STF. 

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) determinou ontem o fim do sigilo de todos os inquéritos abertos para apurar irregularidades contra políticos a partir de delações de executivos e ex-executivos da Odebrecht.

Os inquéritos foram pedidos pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e inclui governadores, ministros, senadores, deputados federais e outros políticos.

O senador roraimense Romero Jucá, presidente do PMDB, aparece na lista de Fachin sob acusação de recebido dinheiro da construtora e por isso será investigado em 5 ações.

Mas o parlamentar distribuiu nota à imprensa onde se diz tranquilo: “Sempre estive e sempre estarei à disposição da Justiça para prestar qualquer informação. Nas minhas campanhas eleitorais sempre atuei dentro da legislação e tive todas as minhas contas aprovadas”, disse ele.

O advogado e ex-deputado estadual Rodrigo Jucá (filho do senador Romero Jucá) também está lista de investigados.

O IPER está surfando na grana 
A imponente sede do iper roraima

A imponente sede do IPER: nosso instituto está com as finanças absolutamente equilibradas.

Essa é realmente uma notícia alvissareira: As previdências estaduais, somadas, tiveram déficit de R$ 102,4 bilhões em 2016. O cálculo é da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) e consta em estudo sobre a situação fiscal das unidades federativas publicado na última semana.

Segundo o estudo, 24 das 27 unidades federativas tiveram déficit em suas previdências no ano anterior. E acreditem, apenas Roraima, Amapá, e Rondônia fecharam no azul.

A pesquisa da Firjan considera o gasto com aposentados e pensionistas um “desafio às contas públicas estaduais” pela necessidade de se direcionar grandes volumes de recursos para pagar essas obrigações.

O entra e sai na Rádio Roraima
jjj

Na Rádio Roraima a mudança de diretoria tem ocorrido com frequência no Governo de Suely Campos.

A Rádio e Televisão Difusora de Roraima é sem dúvida uma das partes confusas do governo estadual, pelo entra e sai de gente da estrutura superior.

Nesses 2 anos e 3 meses de administração, várias mudanças já se processaram em suas diretorias.

A mais recente revela a demissão do ex-deputado Vingtum Gouveia Praxedes (Vantan), que foi substituído na direção Administrativa e Financeira por José Alcione Almeida Júnior.

A empresa é dirigida pelo jornalista e advogado José Raimundo Rodrigues e Silva, nosso coleguinha JR.

‘Piscinão de Ramos’, só pode! 
emilia

A secretária Emília foi quem firmou o contrato com uma empresa especializada em limpeza de piscinas.

A coisas megalomaníacas desse governo impressionam. E quando diz respeito ao uso de água, ai o exagero é assombroso.

Pois vejam que a secretária Emília Silva Ribeiro Campos dos Santos (Setrabes) contratou a empresa J. Castro Eda para promover Manutenção e Limpeza de Piscina (não diz onde e nem a quem pertencem as piscinas).

Mais o que admira mesmo é o valor do contrato: R$ 209.400,00(duzentos e nove mil e quatrocentos reais). Daria para construir um monte de piscinas, né não?!

lll

Solitários pais e alunos foram protestar no Plenário da Assembleia contra as péssimas condições da escola. 

Protesto solitário | Um grupo bem pequenino de pais de alunos utilizaram cartazes para protestar contra o Governo do Estado, por conta da falta de professores na escola estadual Manoel Agostinho Almeida, em Campos Novos, município de Iracema, a 93 quilômetros de Boa Vista. Eles estiveram nas galerias do plenário deputada Noêmia Amazonas Bastos da Assembleia Legislativa de Roraima, durante a sessão de ontem. Andrea Araújo, mãe de aluno, disse que os pais com filhos estudando na escola Manoel Agostinho estão indignados com o ensino que os filhos estão tendo na escola. “São quatro professores somente e os alunos têm apenas um tempo de aula e os outros tempos não têm professor e os estudantes são obrigados a ficar na escola brincando”, ressaltou. A presidente da Comissão de Educação, Desportos e Lazer, deputada Lenir Rodrigues (PPS), disse que vai tomar providências.


CONTATOS DO AUTOR | www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: