Transferência possível: Temer e Teresa discutiram a retirada de mais venezuelanos das ruas e abrigos de Boa Vista.

Compartilhe nosso conteúdo!
A Coluna de Hoje | Publicada 00h09
Teresa discutiu com o presidente Temer uma melhor fora de transferir venezuelanos para outros estados.

Na visita que fez a Boa Vista na quinta (21) o presidente Michel Temer discutiu reservadamente a prefeita Teresa Surita a necessidade de transferir 500 venezuelanos por mês para outras cidades do Brasil.

Uma boa opção seria que a transferência fosse efetivada por meio de ações do Exército Brasileiro, com o auxílio das brigadas, que fazem fronteira com outros países.

Teresa mostrou a Temer o mapeamento feito recentemente que mostra que hoje há, em Boa Vista, 25 mil venezuelanos, 7,5 por cento do total da população da cidade.

“Alertei o Presidente sobre os dados do mapeamento que realizamos. Cerca de 25 mil venezuelanos vivem em Boa Vista atualmente, o que representa um percentual de 7,5% da população do município. A entrada de venezuelanos de janeiro a maio de 2018 foi 55% maior do que todo o ano de 2017”, disse a prefeita.

Ontem um dia após Temer passar por Boa Vista, a prefeita Teresa voltou a comentar a imigração. Ela disse que a sugestão para que 500 venezuelanos sejam retirados daqui todos os meses tem o objetivo de melhorar o ambiente na cidade.

“Se nada for feito isso que estou propondo, terá que ser construído um abrigo por mês em Boa Vista, o que é insustentável. Nossas estruturas de atendimento ao público estão esgotadas e não suportamos mais essas situação”, alertou a prefeita

Mais R$ 190 mi em assistência
Temer está avaliando a liberação de mais recursos para custear assistência aos imigrantes.

O governo deve destinar R$ 190 milhões para prestar assistência humanitária aos 25 mil refugiados da Venezuela em Boas Vista.

Relator da Medida Provisória, o deputado José Priante (MDB-PA) deve apresentar parecer nesse sentido. Os venezuelanos já representam 7,5% dos moradores da capital de Roraima.

Mas esse dinheiro será transferido diretamente para a conta do Ministério da Defesa. Nada de ser encaminhado para o Governo do Estado porque questões óbvias.

Suely só pensa em dinheiro
Suely pediu mais dinheiro a Temer para compensar o estado pelas perdas com a migração.

Na visita de Temer a Boa Vista foi possível observar a diferença de atitudes entre a Prefeitura e o Governo.

Enquanto a prefeita Teresa Surita, preocupada com o fluxo migratório crescente, sugeriu ao presidente Temer que o processo de interiorização seja reforçado e que o Exército Brasileiro assuma a frente da empreitada, por outro lado, o governo de Suely só pensa em mais dinheiro.

Teresa quer que o Governo federal ponha em ação um plano de retirada de pelo menos 500 venezuelanos de Boa Vista nos próximos meses e assegura Ela disse que a situação está melhor do que há alguns meses, mas afirmou que é preciso mais ações para que a situação melhore ainda mais.

Já a governadora Suely Campos voltou a pedir mais dinheiro como forma de ressarcimento aos cofres do Estado.

Suely mostrou que sua maior preocupação é em conseguir o dinheiro e que se o governo federal não ajudar o Estado a situação vai piorar.

Abastecendo os quadrilheiros
A dinheirama do Governo é para custear despesas com quadrilhas no Parque Anauá.

A governadora Suely vive choramingando sempre com o ‘pires na mão’, a pedir dinheiro do Governo Federal, a pretexto de que a imigração está custando caro ao Estado. Mas dinheiro, pelo visto, abunda nos cofres do Governo dela.

Dois contratos do seu governo com grupos folclóricos da cidade foram publicados no Diário Oficial do Estado onde são destinados quase R$ 1 milhão para quadrilhas juninas.

No primeiro contrato são destinados – através de convênio com a Secretaria de Cultura, gerida pela irmã da governadora, Selma Mulinai, e a Federação Roraimense de Quadrilhas Juninas – R$ 530 mil para a realização de farras no “XXVII Arraial Junino – ARRAIAL MACUXI/2018”.

No segundo contrato mais R$ 310 mil foram liberados para a Associação Folclórica de Danças Cangaceiros e Ciranda do Thianguá, para a realização de um tal projeto “A magia dos quadrilheiros no arraial.

Atentados aos direitos humanos 
Maduro é acusado pela ONU por cometer crimes contra a humanidade na Venezuela.

Análise do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos faz severas críticas ao governo da Venezuela.

No comunicado, o órgão informa que as autoridades venezuelanas persistem em assassinatos e torturas, entre outras violações, sem apurar responsabilidades.

O documento cobra do governo da Venezuela apuração das denúncias, e diz que no governo de Nicolás Maduro o estado de direito está “virtualmente ausente”, recordando que há uma série de suspeitas que seguem sem punição.

Vacinação tem baixa procura
A vacinação que se encerrou ontem não atingiu o índice pretendido pela Prefeitura.

A campanha de vacinação contra gripe chegou ao fim nesta sexta-feira, 22. E neste último dia, a procura ainda era bastante tímida nas unidades básicas de saúde por parte da população que faz parte dos grupos prioritários.

A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde era de 90%. Dados parciais mostram Boa Vista com uma cobertura de 49,23%. Os números da campanha ainda serão consolidados.

O único grupo que ultrapassou a meta foi o de professores, com a cobertura de 103,35%. Mesmo com o encerramento da campanha, as doses da vacina estarão disponíveis nas unidades para os grupos prioritários e também para crianças de cinco a nove anos e adultos a partir de 50.

De acordo com a coordenadora municipal de Imunização, Márcia Figueiredo, a Prefeitura promoveu diversas ações, tanto em escolas públicas e privadas como em creches e hotéis para buscar alcançar os grupos.

Fazer humor na campanha pode
O STF liberou o uso de peças de humor nas campanhas eleitorais deste ano.

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na quinta-feira (21), por unanimidade, declarar a inconstitucionalidade do artigo 45 da Lei 9.504/97, conhecida como Lei das Eleições, que criou restrições a programas humorísticos veiculados no rádio e televisão durante o período eleitoral.

Em 2010, a norma foi suspensa pela Corte e os ministros começaram a julgar o caso definitivamente na sessão de ontem.

A legalidade da norma é contestada pela Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e Televisão (Abert). O artigo 45 da lei diz que, após a realização das convenções partidárias, as emissoras de rádio e televisão ficam proibidas de usar montagem ou outro recurso de áudio ou de vídeo que “degradem ou ridicularizem candidato, partido ou coligação”.

Concurso da ALE será amanhã
As provas para o concurso da Assembleia Legislativa set]ao realizadas amanhã em Boa Vista.

As provas do concurso público da Assembleia Legislativa serão realizadas conforme o horário local, e não o de Brasília (DF). Portanto, a aplicação será realizada amanhã, domingo (24), de 8h às 12h para os cargos de nível superior e de 14h às 18h para os cargos de nível médio. Já os candidatos ao cargo de procurador farão as provas das 8h às 13h, em local divulgado no Cartão de Confirmação de Inscrição.

O candidato deverá comparecer ao local de prova com, pelo menos, uma hora de antecedência, com o documento de identificação, caneta esferográfica de tinta preta ou azul fabricada em material transparente e Cartão de Confirmação de Inscrição.

São aguardados 14.668 candidatos inscritos para uma das 41 vagas ofertadas. As provas para os cargos de nível superior serão aplicadas no período da manhã à tarde para nível médio.

Para saber o local em que fará prova, o candidato deve acessar o site da Funrio (http://www.funrio.org.br/), instituição realizadora do concurso, e clicar no edital para o qual está inscrito. Em seguida, clicar no link “Área do Candidato” e preencher os dados pedidos.

Na segunda-feira (25) serão divulgados os gabaritos preliminares das provas da 1ª etapa e dos exemplares dos Cadernos de Questões, no endereço eletrônico www.funrio.org.br.

No dia 03 de julho serão disponibilizadas as imagens do cartão-resposta das provas da primeira etapa e de 4 a 6 de julho, será aberto o prazo para interposição de recursos contra gabarito.

Mais de uma tonelada de paçoca | A penúltima noite de Boa Vista Junina foi de quebra de recorde. A maior paçoca do mundo, uma das principais atrações do arraial, superou a meta de uma tonelada, pesando exatamente 1.023,500 quilos (uma tonelada, 23 quilos e 500 gramas). A pesagem começou às 20h15 e, pela primeira vez, foi feita com o auxílio de um guindaste. Milhares de pessoas já esperavam na fila para provar a iguaria que se tornou tradição no Maior Arraial da Amazônia. A distribuição da paçoca durou mais de três horas e serviu cerca de 30 mil porções. Para chegar a uma tonelada de paçoca, foram utilizadas uma tonelada de carne seca, 500 quilos de farinha, 80 quilos de cebola, 20 latas de óleo e 30 quilos de sal. A carne desidrata durante o processo de fritura, reduzindo a quantidade final, por isso a utilização de uma tonelada de carne. Histórico – A maior paçoca do mundo foi servida pela primeira vez em 2015, em comemoração ao 15 anos do Boa Vista Junina e pesou meia tonelada. Em 2016 foram 775 quilos de paçoca. No ano seguinte, 2017, foram servidos 856 quilos da iguaria que faz parte da gastronomia roraimense.

MDB lança o Roraima Mais Jovem | A juventude roraimense conta agora com os benefícios do ID Jovem, Inova Jovem e das Estações Juventudes.Quem tem entre 15 e 29 anos, pode agora tirar a sua Identidade Jovem que garante meia entrada em eventos esportivos e culturais além da gratuidade em viagens interestaduais e da inscrição do Enem, por exemplo. O programa faz parte das ações do Brasil Mais Jovem, pacote de iniciativas lançadas pelo Governo Federal para valorizar e promover o desenvolvimento, autonomia e protagonismo da população jovem brasileira. Roraima é um dos estados que está sendo atendido com essas ações. Nesta sexta-feira (22), os programas Id Jovem, Inova Jovem e Estação Juventude foram apresentados para a comunidade pelo presidente nacional do MDB, senador Romero Jucá. “No meu mandato tenho trabalhando muito pelos nossos jovens, ajudei a aprovar o Estatuto da Juventude e outras ações, como a construção de praças, áreas de lazer e esportivas. Hoje, estamos trazendo mais três programas para trabalhar com a juventude e fazer com que nossos jovens ocupem seu espaço na sociedade. São mais oportunidades, mais reconhecimento e mais espaços de participação, porque o jovem tem que participar da vida pública da sociedade, e na verdade é a formação para o futuro que ele vai viver”, disse o senador.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.
Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts