TRE põe na pauta de julgamento apenas ações irrelevantes nas primeiras sessões de 2020.

 TRE põe na pauta de julgamento apenas ações irrelevantes nas primeiras sessões de 2020.

TRE pautou somente ações irrelevantes para as primeiras sessões deste ano.

Compartilhe este artigo

Há uma certa frustração no meio político, sobretudo entre as partes interessados, depois que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) liberou a pauta de julgamento de ações para as primeiras sessões de 2020: irrelevantes diante de algo mais importante que já poderia ser votado no início do atual período.

Com o fim do recesso do judiciário e o início das atividades, o TRE retoma a realização de sessões plenárias a partir do próximo dia 21, levando a julgamento a prestação de contas de um candidato a deputado estadual. E seguirá até o dia 24 julgando ações de pouca importância, como um recurso eleitoral em uma ação penal de crime eleitoral e a prestação de contas de uma candidata a deputada federal, prestação de contas de um candidato a senador e mais prestação de contas de candidatos a deputado estadual.

Por fim, na pauta do dia 24 de janeiro consta o julgamento do agravo regimental na prestação de contas do empresário Airton Cascavel, ex-titular da Fundação Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Femarh), que foi candidato a deputado federal nas últimas eleições.

Ora, há demandas mais proeminentes que já deveriam constar nesse primeiro lote de julgamentos. Duas delas se destacam como a AIME – Ação de Impugnação de Mandato Eletivo que tem como acusado o governador Antônio Denarium e o emblemático caso da deputada Yonni Pedroso, sob acusação de desvio de dinheiro público e ter cometido abuso de poder econômico na campanha, levando inclusive a prisão dela no mês de dezembro.

No caso de Denarium, há uma relevância ainda maior, porque o julgamento, sendo ele absolvido ou condenado, pode definir o futuro politico de Roraima para os próximos anos: ele é acusado de arrecadar e fazer gastos ilícitos de campanha, captação ilícita de sufrágio (compra de votos), abuso de poder econômico, além de praticar fraude e corrupção. 

Contatos – www.peronico.com.br– emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: