Um ovo vale o equivalente a 93,3 milhões de litros de gasolina na Venezuela

A Coluna de Hoje | Publicada 00h10

O Bolívar venezuelanos não serve nem ara comprar gasolina.

Um ovo custa a mesma coisa que 93,3 milhões de litros de gasolina e com um dólar é possível comprar o conteúdo de 14.600 caminhões-tanque: na outrora potência petroleira Venezuela, a hiperinflação e o congelamento dos preços fazem o combustível sair praticamente de graça.

O paradoxo é que, com a gasolina mais barata do mundo, os venezuelanos enfrentam ciclos de escassez, o último deles iniciado na semana passada, com filas que chegavam a vários dias de espera para encher o tanque em diversas regiões.

Um ovo no supermercado custa 933 bolívares, mas no posto, um litro de gasolina custa 0,00001 bolívares. Para encher um tanque de 50 litros custa 0,0005, montante impossível de pagar de forma exata, já que a menor nota em circulação é a de dois bolívares.

Nicolás Maduro cortou cinco zeros do Bolívar, mas as novas notas foram pulverizadas por uma hiperinflação que o Fundo Monetário Internacional (FMI) projeta em 10.000.000% (dez milhões) para este ano. As moedas já não existem mais.

Um dólar, cotado a 5.641,50 bolívares ontem pelo Banco Central da Venezuela, dá para comprar 554,6 milhões de litros de gasolina, suficientes para encher 222 piscinas olímpicas.

Para que um litro de gasolina seja vendido na Venezuela a preço internacional teria que alcançar 4.659 bolívares por litro. A enorme diferença entre esse montante e o que os venezuelanos pagam na realidade custa ao Estado cerca de 5,24 bilhões de dólares anuais, de acordo com especialistas.

Atualmente, a Venezuela refina apenas 100.000 barris de gasolina diários, a metade da demanda, vendo-se obrigada a importar o resto. Mas entrada em vigor no fim de abril de um embargo petroleiro dos Estados Unidos dificulta também a compra de gasolina a empresas americanas “que eram as que normalmente nos abasteciam” o país. Fonte | Globovision

A gasolina está acabando

Em Caracas os postos de combustíveis estão sempre vazios.

A produção de gasolina na Venezuela está muito aquém do que o país consome –e a ditadura de Nicolás Maduro agora está tendo também dificuldades para importá-la.

Os carros e caminhões venezuelanos consomem 170 mil barris diários de gasolina.

Mas as quatro refinarias do país, com capacidade de 1,3 milhão de barris por dia, só conseguem produzir 45 mil.

A Venezuela registrou uma enorme queda na produção por causa da falta de manutenção e de investimentos no setor.

Olhar para o próprio umbigo

A situação é sempre precária no principal Hospital do Estado.

O governo de Denarium tem que prestar mais atenção aos deveres de casa e largar um pouco de mão essa exposição midiática com viagens, a pretexto de que buscar novos investidores para o Estado.

Abrir as portas do Estado para novos investimentos, atrair novos projetos não deixa de ser uma atitude nobre do governador, ocorre que há carências internas e que precisam de uma ação mais iminente de Denarium.

Ontem, por exemplo, com a chegada do período chuvoso, um vídeo postado na internet tornou-se viral por conta da água abundante que caiu nas dependências internas do Hospital Geral de Roraima.

A maior unidade de saúde do Estado passa por essa capengante situação todos os anos e nada é feito para evitar infiltrações e constrangimentos nas enfermarias e blocos de internação.

No vídeo de ontem, mais uma vez, a limpeza foi feita por acompanhantes dos pacientes, em condições totalmente insalubres com manuseio de material infectocontagioso, porque os funcionários das empresas terceirizadas estão há cinco meses em atraso.

Escola oferece riscos no Amajari

A escola indígena encontra-se em péssimas condições.

Diante da situação precária do maior colégio indígena do município de Amajari, o Ministério Público Federal (MPF) emitiu recomendação ao Governo do Estado de Roraima e à Secretaria Estadual de Educação e Desportes (Seed) exigindo a intervenção imediata na Escola Estadual Indígena Santa Luzia. 

Segundo inspeção feita no início do mês, o local oferece riscos à segurança de alunos e professores. A equipe do MPF constatou que parte do forro corre risco de desabamento.

Havia também fiação elétrica exposta, janelas com vidro quebrado, falta de carteiras e de bebedouros. Segundo os relatos colhidos no local, não há garantia de fornecimento de merenda escolar e de transporte aos estudantes.

A recomendação quer assegurar o início do ano letivo 2019, que já sofreu diversos atrasos. Para isso, será necessária reforma imediata na infraestrutura do prédio.

Dedetização: no mercado e terminais

Terminais e o mercado Romeu Caldas serão dedetizados.

A Prefeitura de Boa Vista informa que neste sábado, 25, os terminais urbanos José Campana Wanderley e Luiz Canuto Chaves, ambos no Centro da cidade, serão dedetizados. Por conta disso ficarão parcialmente fechados, banheiros e boxes, até segunda-feira, 27.

A plataforma dos táxis lotações e as vias dos ônibus funcionarão normalmente.

Já o Mercado Municipal Romeu Caldas de Magalhães, que fica na Av. Glaycon de Paiva no bairro Mecejana, será dedetizado nesta segunda-feira, 27. Por conta disso ficará fechado do dia 27 a 28 deste mês, reabrindo na próxima quarta-feira, 29.

Prefeitura vacina cães e gatos

Cães e gatos estão sendo vacinados pela Prefeitura.

A Prefeitura de Boa Vista iniciou esta semana mais uma extensa ação de vacinação contra a raiva em cães e gatos no bairro Asa Branca e proximidades. A imunização dos animais começou na segunda-feira (20) e vai até a próxima segunda-feira (27).

Até o momento, as equipes de zoonoses já vacinaram 3.413 animais, sendo 2.566 cães e 847 gatos, nos bairros Asa Branca, Tancredo Neves, Cambará, Buritis, Cinturão Verde, Santa Tereza, Caimbé e Jóquei Clube, que são próximos de onde um animal foi infectado.

A ação atende um protocolo do Ministério da Saúde, diante da identificação de um caso de raiva animal no bairro Asa Branca. O encéfalo do cão foi recolhido pela Zoonoses e enviado ao Instituto Evandro Chagas para análise pelo Laboratório Central de Saúde de Roraima (Lacen).

Na última sexta-feira, 17, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu o resultado do exame apontando positivo para a doença. Diante disso, a prefeitura reforçou as ações de bloqueio no bairro onde o animal vivia e no entorno.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: