Uma reforma ‘meia sola’: Suely troca um secretário, muda o comando da PM e faz três remanejamentos. E só…

Compartilhe nosso conteúdo!
A Coluna de Hoje | Boa Vista,RR | Publicada 00h11
lll
SEM NOVIDADES | Ivo será substituído por Cida Lacerda, Castilho ingressa no Detran e o coronel Dagoberto retorna ao comando da PM.

A tão esperada dança das cadeiras no Governo do Povo não aconteceu. Deu lugar a uma reforma digamos assim, ‘meia sola’. É o mesmo que você faz ao levar seu carro em um posto de lavagem e pede do lavador: ‘faz uma meia sola ai!’. Analogamente, diz-se meia sola para serviços incompletos ou feitos apenas para solução imediata. Esperava-se um ajuste na equipe de Governo porque não resta dúvida de que a maioria dos secretários está ali pelo bolso, defendendo o emprego ‘graças a Deus’. De novo na equipe mas já do conhecimento de todos apenas a ascensão da comunicadora Cida Lacerda, que substitui o fracassado Ivo Galindo na Secretaria de Comunicação.

ççççç
Cara nova na turma de Suely só a do Maique.

Ai o coronel Dagoberto Gonçalves – que já sentou na cadeira principal do QCG – substitui o coronel Santos Filho no comando geral da PM. O advogado Eduardo Castilho deixa de ser coadjuvante na Secretaria de Segurança e assume a presidência do Detran e para seu lugar vai o delegado Maique Evelin, e o Ivo Gallindo, como consolo, toma o lugar do empresário e radialista Jadir Correia na Presidência da Radio Roraima. E só, ou seja, isso não constitui reforma mas uma paródia, um imito. A superficialidade das mudanças confirmam, por outro lado, que o boato em Boa Vista tem um peso respeitável na difusão das informações, mesmo que não confirmadas. Porque essas alterações obradas pela governadora Suely há muito haviam sido ‘anunciadas’ no fuxico diário na capital das fofocas, a “Good View of the city of rumors”.

E com essas ‘mudanças’ ficam praticamente descartadas ainda para este ano outras exonerações ou admissões. O certo é que a população esperava mais da governadora Suely na remoção de muitos secretários desqualificados, principalmente na Secretaria de Educação onde a maioria dos roraimenses escorava a degola da irmã Selma Mullinari. O pior de tudo isso é o otimismo do pessoal do Governo do Povo a anunciar isso como ‘ajuste no primeiro escalão’. Brincadeira! As posses acontecem hoje ás 15 horas no Salão Nobre do Palácio Hélio Campos.

Agarrado nas tetas

lll
SORRISÃO | Ivo em pose nada recomendável para um secretário.

Entre os coleguinhas da imprensa há um questionamento martelando nos neurônios: por que esse apego todo de Ivo Gallindo com o poder? O cara foi demitido pelo Facebook, quando as redes tomaram conhecimento de que seria substituído pela coleguinha Cida Lacerda.

Foi absolutamente diminuído pelo ex-governador Neudo Campos, fiador da ascensão de Cida, embora Ivo tenha ingressado no Governo com a bola cheia pela sua participação na campanha de Suely.

Mas vejam como o mundo dá voltas e a natureza é pródiga em corrigir desvios: a nota de sua demissão encaminhada à Imprensa foi o último ato de Ivo como secretário. Ivo certamente sai sem deixar legado algum e foi guilhotinado por excesso de soberba, arrogância exagerada e porque não sabe definitivamente se comunicar com a imprensa.

Tudo por fazer

llll
FARDO PESADO | Cida não recebe legado nenhum do antecessor.

Enquanto Ivo não foi capaz de cultivar aliados e abrir portas, o fardo deixado para a sucessora é deveras pesado.

Cida tem que aparelhar a Secretaria com recursos humanos e técnicos, montar um planejamento estratégico que permita consagrar as ações de Governo como verdadeiras e alcançar a ressonância desejada com divulgação inteligente, com foco nos resultados. Abraçar-se com a razão pura, cercar-se de profissionais qualificados e leais e não permitir que a Comunicação, instalada no Palácio do Governo, padeça como mera fábrica de releases.

Ivo estava mais para serviçal adulador do que para secretário de Estado. E sem base na própria jerarquia, entre os colegas de profissão, dançou!

Cruzada contra o abuso

lll
DEFESA DO POVO | A OAB recebeu parceiros para combater o reajuste abusivo.

Órgãos de defesa do consumidor junto com a OAB e o Ministério Público deflagraram uma verdadeira cruzada contra o reajuste abusivo de até 43% aplicado pela Eletrobrás Distribuidora Roraima nas contas dos consumidores de Boa Vista.

A primeira reunião aconteceu ontem à tarde na sede da OAB e depois de ouvidos os dirigentes da estatal em Roraima ficou acertado que haverá uma audiência pública na Assembleia a fim de que o assunto seja debatido. Se não houver acordo será ajuizada uma Ação Civil Pública afim de que a justiça repare o excesso.

O entendimento é que o regime tarifário admitido nas contas de Roraima não podem obedecer os índices aplicados nas contas do restante do Brasil, porque a energia consumida aqui não vem da Venezuela e não do sistema interligado.

Relação equivocada

lll
NA ASSEMBLEIA | Índios foram ao encontro de não índios em busca de melhorias.

A questão indígena em Roraima enseja uma discussão de ordem antropológica e social. Um equívoco porque se os indígenas reivindicam tanto a demarcação de suas terras, onde os não índios sequer podem entrar, por que diabos essa peleja toda com cobranças desajustadas para que o Estado de Roraima seja o provedor de suas necessidades?

Os indígenas são inimputáveis, são tutelados pela União, moram nas terras do governo federal. E por que não recorrem a Brasília para o aprovisionar de suas precisões?

Essas perguntas têm uma resposta lógica. Se quiserem que o não índio de Roraima seja seu aliado, o índio tem que mais flexível e sociável. E não ficar por ai a ermo criando tantos conflitos com o povo do asfalto.

linhaodeguri
OTIMISMO | Deputados roraimenses debateram o linhão com ministro em Brasília.

O linhão em debate

A construção da linha de transmissão de energia entre Manaus e Boa Vista – denominada linhão de Tucurui – foi o tema da pauta de uma reunião ocorrida ontem em Brasília que juntou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, o presidente da Funai João Pedro Gonçalves e os deputados federais Abel Mesquita, Édio Lopes, Maria Helena Veronesi e Carlos Andrade.

Otimistas os parlamentares roraimenses deixaram o encontro com a esperança de que a obra – impedida por questiúnculas indígenas e ambientais – vai sair antes do papel em breve.

Segundo Édio o presidente da Funai informou que já existe proposta das lideranças indígenas e que praticamente todas que foram feitas a Funai e ao Ministério de Minas e Energia estão sendo atendidas. Coisas puramente administrativas e técnicas que podem ser sanadas sem traumas para ambos os lados – índios e não índios.

Pintura oficial

lll
CORES OFICIAIS | Projeto obriga uso das cores do Estado em prédios públicos.

Se depender dos deputados estaduais o Governo de Roraima estará impedido de fazer farra com o dinheiro público realizando pintura de prédios públicos ao bel prazer ou ao gosto do ocupante do Palácio Senador Hélio Campos.

Um projeto do deputado George Melo disciplina essa modalidade de serviço obrigando o Governo a utilizar obrigatoriamente as cores oficiais da Bandeira do Estado na pinturas de imóveis oficiais, inclusive em prédios particulares que estejam sendo utilizados pelo poder público sob regime de locação ou comodato.

As cores da bandeira serão adotadas nas áreas internas e externas dos prédios públicos, e caberá à equipe de arquitetura da Secretaria Estadual de Infraestrutura realizar um estudo para distribuição das cores nos diferentes padrões e localizações, de forma pedagógica, especialmente nas unidades escolares estaduais. Atualmente o Governo pinta tudo com as cores do PP, o Partido de Neudo e Suely.

Prazo estendido, de novo

lll
CORONEL CHAGAS | Prazo estendido até o dia 10 deste mês. E nem um dia a mais.

O Orçamento do Estado para 2016 – estimado em R$ 3,280 bilhões – encontra-se em análise na Assembleia. Mas os deputados estaduais esqueceram que há prazo para a incorporação de emendas individuais no valor de R$ 2,5 milhões cada.

Benevolente, o presidente da Comissão de Orçamento, deputado coronel Chagas, estendeu o prazo mais uma vez, agora para o dia 10 deste mês, próxima terça, sem um dia a mais.

Esperamos que nessa reunião possamos entregar todas as emendas parlamentares ao relator, e aí estabelecemos um prazo de duas semanas para que o relator conclua seu trabalho e veja como vai acomodar essas emendas na LOA 2016”, explicou Chagas.

Será um sinal?

lll
CADÊ SELMA | Secretária não apareceu na solenidade do corte da fita inaugural.

Na tarde de ontem, a governadora Suely Campos entregou a nona escola revitalizada na sua gestão. A contemplada desta vez foi a escola estadual Carlos Drummond de Andrade, no bairro Pricumã.

Na solenidade do corte da fita de inauguração, um detalhe cingido por poucos: a ausência da secretária de Educação, Selma Mulllinari, sempre presente nos eventos anteriores.

Será um sinal de que a batata da irmã está na frigideira? Ou o gato terá subido no telhado?

Saúde do povo

lll
ATENDIMENTO | Ações do Governo do Estado chegam hoje na região do Apiaú.

Os moradores da vila Apiaú, no município de Mucajaí, recebem hoje pela manhã a visita da governadora Suely Campos. Ela vai acompanhar os atendimentos da caravana da Saúde do Povo, uma ação permanente do Governo que leva médicos especialistas para os municípios do interior.

Junto com a Caravana Saúde do Povo, equipes da Setrabes realizam uma série de ações sociais para os moradores do interior, como a entrega de enxoval para gestantes e leite em pó para recém-nascidos.

Outra importante ação visa coibir a violência doméstica, através de palestras educativas para as mulheres, esclarecendo sobre seus direitos e como ter acesso à rede de proteção que o Estado oferece.

A Câmara esclarece tudo

lll
PRATOS LIMPOS | Edilberto foio notificado e irá tomar as medidas cabíveis.

Uma nota da Câmara de Vereadores de Boa Vista esclarece todas as dúvidas e rumores sobre a questão financeira e a relação de pagamentos aos veadores. O padrão adotado está amparado no princípio da legalidade fundamentado na Constituição Brasileira.

Os subsídios dos vereadores, por exemplo, são de R$ 10,012 mil, abaixo do valor permitido que é de 60% do subsídio de um deputado estadual. A gratificação por função legislativa foi extinta. As verbas indenizatórias e de gabinete obedecem o que é praticado desde o Congresso Nacional até as assembleias estaduais e estão abaixo dos valores praticados nas gestões anteriores.

Por fim o presidente Edilberto Veras avisa que foi notificado da decisão da Justiça que suspendeu o pagamento de indenizações e que vai tomar medidas cabíveis após análise pela consultoria jurídica.

artesvisuais
Artes visuais | Reinserir em 2013 a disciplina de Artes no currículo escolar dos alunos tem trazido resultados positivos. O trabalho realizado pelos arte-educadores em sala de aula está em evidencia desde ontem em oito escolas municipais. Durante todo o ano letivo, os estudantes aprenderam sobre as artes rupestre, egípcia, mesopotâmia, indígena, africana, grega, romana, bizantina, romântica, o gótico e o rococó. Além de conhecerem as características de cada uma, como os monumentos de cada época, os vitrais, formato das igrejas antigas, os alunos produziram artes visuais conforme o tema e ainda manifestaram a cultura por meio do teatro, dança e músicas da época. Quem visitou as unidades, observou que foram reutilizados uma variedade de materiais recicláveis para a produção das obras, como rolinhos de papel higiênico, pratos de isopor, copos descartáveis, caixas de papelão e muito mais.

CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts