Venezuelanos são denunciados por integrar organização criminosa em Pacaraima.

A Coluna de Hoje | Publicada 00:03

Força Nacional age em Pacaraima contra crime organizado.

O Ministério Público do Estado de Roraima denunciou 32 pessoas pela prática do crime de organização criminosa em Pacaraima.

Alguns dos envolvidos também foram denunciados por tráfico de drogas, furtos, roubos, entre outros crimes.

De acordo com as investigações, a organização criminosa é formada por estrangeiros de origem venezuelana, que age de forma organizada, com clara divisão de tarefas.

Os integrantes são homens e mulheres, inclusive adolescentes, os quais são responsáveis por praticar diversos roubos e furtos qualificados em cargas de caminhões, em estabelecimentos comerciais e até mesmo em residências de Pacaraima.

Dos 32 denunciados pelo MPRR, a maioria dos integrantes foi presa durante uma operação integrada entre as forças de Segurança Pública que atuam em Pacaraima, no dia 10 de outubro.

O Ministério Público também pediu a prisão preventiva de outros seis denunciados pela gravidade dos crimes praticados e o papel de comando dentro da organização criminosa.

Régis retoma Reitoria da UERR

Régis conseguiu derrubar o decreto de intervenção.

Na queda de braço com o governador Antônio Denarium, o reitor Régis Odlare Lima de Freitas levou a melhor.

Afastado na semana passada da Reitoria da Universidade Estadual de Roraima (UER), apeado por um decreto de intervenção, Régis conseguiu derrubar a medida governamental.

O juiz Luiz Alberto de Morais Junior, da 2ª Vara da Fazenda Pública, suspendeu ontem o decreto e ainda determinou que em caso de descumprimento da decisão, o estado deverá pagar uma multa no valor de R$ 500 mil.

O juiz intimou um procurador-geral para representar o estado e tomar ciência e cumprimento imediato da decisão, que cabe recurso.

Em nota, a Secretaria de Comunicação informou que o governo respeita e que vai cumprir a decisão da Justiça. Porém, vai recorrer dentro dos prazos previstos.

Se há fumaça, há fogo…

O clima é de tensão entre os deputados estaduais.

Um deputado contou ontem ao Blog que não vislumbra bons ventos para os próximos dias, na relação conflituosa que se instalou entre deputados na Assembleia Legislativa.

Segundo ele se a fogueira das vaidades e das intrigas não for apagada, todos sairão chamuscados e a imagem do Poder Legislativo ainda mais queimada.

O deputado – não o citarei aqui a pedido do próprio – acha que se o deputado Soldado Sampaio insistir na arenga com o presidente da Casa, Jalser Renier, o futuro promete dissabores e consequências desagradáveis.

E parece – segundo ele – que Sampaio está disposto a manter a cizânia custe o que custar.

O 3º pedido de afastamento

Outros dois pedidos de afastamento e Jalser já foram negados.

E o Ministério Público – balizado em denúncias ainda não consumadas – ingressou na Justiça com o 3º pedido de afastamento do deputado Jalser Renier da função de presidente da Assembleia.

Nas duas tentativas anteriores o MP não logrou êxito e ainda ganhou uma reprimenda da Justiça, que repulsou o pedido por inconsistência de razões plausíveis.

Em nota a Assessoria Jurídica da Assembleia informou que esta é a terceira ação com mesmo teor ajuizada pelo Ministério Público, e ressalta que os pedidos de afastamento já foram indeferidos nas duas ações anteriores.

Diz também que as ações se referem a fatos anteriores a 2016, no âmbito de processos licitatórios já encerrados e que, a partir das suspeitas levantadas, tiveram todos os pagamentos suspensos.

Teresa empossa mais 278

Teresa empossou mais concursados ontem. Fotos | Secom/PMBV

A Prefeitura de Boa Vista reforçou ontem o quadro efetivo da Secretaria Municipal de Gestão Social, com a posse de 278 novos servidores concursados. A solenidade ocorreu no Teatro Municipal.

Foram empossados 9 técnicos de enfermagem, 27 socioeducadores, 68 educadores sociais, 66 agentes de articulação, 27 assistentes administrativos, 37 assistentes sociais, 21 psicólogos, 16 pedagogos, 1 nutricionista, 1 designer gráfico, 1 antropólogo, 1 administrador, 1 economista, 1 contador e 1 analista de sistema.

“O trabalho social é um serviço mais delicado, porque você lida com o problema das pessoas. Então, eles [concursados] estão sendo muito esperados, serão capacitados, já assumem amanhã. É mais um grupo de servidores efetivos que a prefeitura chama para que possa desempenhar melhor seu trabalho e atender a população”, ressaltou a prefeita Teresa Surita.

Os novos concursados devem comparecer com seu termo de posse nesta terça-feira, 5, às 8h30, à sala Multiúso do Teatro Municipal para dar prosseguimento aos trâmites de lotação.

A lotação dos novos servidores será nos sete Centros de Referência em Assistência Social (Cras), no Centro Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Abrigo Infantil Condomínio Pedra Pintada, nos programas e projetos sociais da prefeitura e nos setores de gestão administrativa e financeira da Semges.

15 mil empregos desde 2013

Prefeitura já empossou mais de 15 mil desde 203.

A prefeitura de Boa Vista é a instituição pública de Roraima que mais criou vagas de emprego nos últimos anos, um total de 15 mil desde 2013, entre concursos públicos e processos seletivos.

Foram lançados, ao todo, 11 concursos públicos e, mesmo em períodos de crise, 5.104 servidores foram empossados. Os dois últimos editais foram publicados este mês e estão com inscrições abertas.

Hoje, dos cerca de 10 mil servidores da prefeitura, mais de 7.500 são concursados, o que representa 75% do quadro. Apenas 1.462 são cargos comissionados.

Cadastro para venezuelanos

Governo quer agilizar processo de interiorização de venezuelanos.

Uma resolução publicada no Diário Oficial da União de ontem (4) pelo Comitê Federal de Assistência Emergencial reconhece o chamado Sistema Acolhedor como a base oficial para o cadastro de imigrantes vindos da Venezuela.

É por meio dessa base de dados que a interiorização do imigrante, para trabalho, reunificação familiar ou reunião social, é feita.

O propósito do governo é interiorizar a acolhida, e criar melhores oportunidades de inserção dos migrantes da Venezuela no Brasil.

Até agosto, o Brasil contabilizava 14.643 refugiados e migrantes do país vizinho em mais de 250 municípios. Mais de nove mil deles entraram este ano no país.

Desde 2017, mais de 200 mil venezuelanos já entraram no Brasil fugindo da crise econômica, política e social que atinge a Venezuela.

E para Boa Vista? Nada…

Sem dinheiro Prefeitura não terá como realizar obras.

Na formação do Orçamento Geral da União para 2020, a bancada roraimense no Congresso indicou quase meio bilhão de reais em emendas coletivas e de banca. Mas nenhum centavo foi direcionado especificamente para a Prefeitura de Boa Vista.

Isso gerou indignação no ex-senador Romero Jucá, presidente regional do MDB. Jucá foi quem mais conseguiu recursos para a capital nos últimos 8 anos do mandato que durou 24 anos. “Mais uma vez prejudicam a população de Boa Vista”, protestou Jucá.

Na planilha encaminhada pelos congressistas roraimenses são solicitados R$ 495.656.021,00 destinados para obras de todos os tipos nos Estados, em todas as regiões.

Mesmo com a capital concentrando quase 70% da população total do Estado e também sofrendo diretamente os impactos da crise migratória, o dinheiro indicado para Boa Vista não foi direcionado para a Prefeitura, mas para o Estado através de aplicação de número 30.

A baderna dos garimpeiros

Garimpeiros atacam veículos com mulheres e criança.

Duas mulheres e uma criança de 6 anos ficaram feridas ontem durante um protesto de garimpeiros que bloquearam a BR-174, na saída de Boa Vista, no sentido de Manaus.

Eles reivindicam a liberação de áreas para exploração mineral em Roraima, embora não exista nenhuma norma que regularize a garimpagem no Estado.

O incidente de ontem se deu porque as mulheres – uma delas já estava enferma – tentaram romper o bloqueio. Enfurecidos os garimpeiros atacaram o veículo a pauladas e pedradas.

A desordem certamente não contribui para causa, porque agindo como selvagens os garimpeiros não ganharão o apoio popular.

Os roraimenses apoiam e querem o garimpo, mas esse tipo barbárie é absolutamente repulsivo.

Apoio para um recomeço

Jalser fala na instalação do Escritório Social. Foto | SupCom/ALE

Egressos do sistema prisional de Roraima já podem contar com apoio institucional para um recomeço, com a inauguração, ontem, do Escritório Social, instalado no anexo da Assembleia Legislativa, na rua Agnelo Bittencourt, Centro.

A iniciativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em parceria com poderes estaduais, oferece atendimentos para quem busca readaptar-se em sociedade. As tratativas com o Poder Legislativo iniciaram no mês de julho.

De acordo com o presidente da Casa, deputado Jalser Renier (SD), a concretização desse trabalho é o resultado de uma relação amistosa com o Judiciário. Jalser destacou ainda que as ações ajudarão os egressos a superarem as dificuldades existentes para a reinserção social. “

O secretário-geral do CNJ, desembargador Carlos Vieira Von Adamek, disse que Roraima foi escolhido para ser o primeiro Estado a ter um Escritório Social no formato do programa Justiça Presente pela forma que o público com maior grau de vulnerabilidade é atendido pelos serviços públicos.

A inauguração foi acompanhada também pelo presidente do Tribunal de Justiça de Roraima, desembargador Mozarildo Cavalcanti, que pediu apoio da comunidade para realização efetiva deste programa.

Cirurgias bucomaxilofacial | Secretaria Estadual de Saúde retomou as cirurgias bucomaxilofacial da fila de espera que estavam paradas desde 2016. A ação só foi possível devido ao reabastecimento de insumos nas unidades de saúde estaduais. Então se você está entre os 139 pacientes que aguardam a cirurgia, fique atento à próxima chamada ou procure a Clínica Especializada Coronel Mota. Em outubro, 20 pacientes da lista de espera foram reavaliados e aguardam o resultado de exames pré-operatórios para marcar o procedimento. A tendência é que essa lista de espera diminua ainda mais. As cirurgias eletivas do HGR também foram retomadas depois da compra de insumos, sendo que, de junho até agora já foram realizados mais de três mil cirurgias no hospital.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: