Autoridades dos Estados Unidos vão à Venezuela para encontro bilateral.

Compartilhe nosso conteúdo!

Uma delegação norte-americana chegou na 2ª feira (27) em Caracas para tratar da agenda bilateral e seguir com os diálogos iniciados em 5 de março com o governo da Venezuela. Essa é a 2ª visita realizada pelos EUA em menos de 3 meses ao país. O presidente Nicolás Maduro disse durante a emissora estatal VTV que o chefe da Assembleia Nacional, Jorge Rodríguez, recebeu “uma importante delegação dos EUA que chegou à Venezuela” e que “trabalha para dar continuidade às relações da agenda bilateral entre os governos”.

Maduro se referiu à 1ª viagem da Casa Branca ao país sul-americano em mais de duas décadas. Depois do encontro em março, o governo e a oposição anunciaram a retomada da Mesa de Diálogo que havia sido suspensa. Além disso, Washington suspendeu algumas sanções petrolíferas contra a Venezuela, permitindo que a norte-americana Chevron inicie negociações com a estatal PDVSA para a retomada de operações no país. 

Em 2019, o então presidente Donald Trump reconheceu o ex-deputado Juan Guaidó como “presidente interino” do país e passou a dialogar apenas com setores da oposição ligados a Guaidó. Embora essa posição oficial não tenha sido revista pela gestão Biden, Washington voltou a negociar diretamente com o governo venezuelano.

O interesse da Casa Branca em dialogar com Caracas está ligado à busca do Ocidente para sair da crise energética causada pela sanções ao petróleo e gás russos por conta do conflito na Ucrânia.  Segundo dados da Opep (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), a Venezuela produz 717 mil barris de petróleo por dia. Caso seja permitido que a Chevron volte a produzir em solo venezuelano, a estimativa é de que o país chegue a 1 milhão de barris diários.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts