Tribunal de Justiça de Roraima institui Comitê de Gerenciamento de Crise – COVID -19.

Compartilhe nosso conteúdo!
ENFRENTAMENTO AO COVID | TJ cria Comitê de Gerenciamento de Crise.

O Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) instituiu, por meio da Portaria nº 528, publicada no Diário da Justiça Eletrônico do dia 12 de março de 2021, o Comitê de Gerenciamento de Crise – COVID 19, com a finalidade de analisar, monitorar e indicar ações responsivas à pandemia do Coronavírus no âmbito do Poder Judiciário de Roraima.

O Comitê é presidido pelo juiz auxiliar da Presidência, Bruno Costa, e dentre as principais competências estão: deliberar sobre decisões e ações emergenciais internas relacionadas à COVID-19; elaborar plano de comunicação interno e externo com o objetivo de comunicar as decisões e as ações do Comitê; mobilizar unidades diversas do TJRR na viabilização das ações responsivas à crise; acompanhar constantemente o cenário pandêmico, com reavaliação/alteração das medidas implementadas, sempre que necessário e reavaliar plano de ação para que o retorno das atividades jurisdicionais e administrativas ocorra de forma segura, com redução dos riscos de contágio pelo novo Coronavírus, entre outras.

Conforme o juiz auxiliar,  o TJRR foi uma das primeiras instituições do Estado a adotar medidas preventivas ao coronavírus, logo no início da pandemia, e vem ao longo dos meses, ampliando essas ações.

“Preocupado com esse cenário, o Tribunal de Justiça vem atuando para minimizar os impactos da crise, implementando uma série de medidas, cuja finalidade é diminuir a proliferação do vírus e, assim, garantir aos magistrados, servidores, estagiários, colaboradores e comunidade, o máximo de proteção possível. Para tanto, mantemos o teletrabalho e a oferta dos serviços à distância”, afirmou.

Além disso, o magistrado destacou a oferta de outros serviços. “No âmbito interno, a gestão implementou a telemedicina, com consultas a distância, acompanhamentos médico e psicológico, testagem em massa e  higienização diária dos prédios. No âmbito externo, inúmeras decisões foram proferidas pelos magistrados para reduzir os impactos causados pelo vírus, além de destinação de recursos a entidades sociais, disponibilização de equipamentos de proteção individual, bem como de material de higiene e limpeza, e uniformes”, disse.

Bruno Costa ressaltou a importância do Comitê que veio para somar com as ações já executadas. “O Comitê é formado por 11 pessoas de vários setores do Tribunal, que discutirão as ações para os próximos dias”, finalizou.

O Comitê deverá apresentar em 15 dias plano de ação de gerenciamento de crise e plano destinado ao retorno do trabalho presencial à Presidência do TJRR.

Dados de atendimentos – O Escritório de Saúde do Tribunal de Justiça de Roraima informou que foram registradas entre 2020 e 2021 (até o momento) 717 notificações de magistrados e servidores, com 366 casos confirmados. O TJRR também tem ampliado os atendimentos aos dependentes com a realização de 535 acompanhamentos e 153 casos confirmados. 

Com informações | Ascom/TJRR

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts