Justiça Eleitoral entende que Denarium está se promovendo com distribuição de cestas básicas.

Compartilhe nosso conteúdo!

O governador Antonio Denarium (PP) e pré-candidato a reeleição teve que retirar publicações das redes sociais por uso da máquina pública para se promover em ano eleitoral. A decisão liminar é do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RR).

Conforme o processo, o chefe do Executivo realizou inúmeras postagens nas redes sociais se mostrando como centro da informação ao entregar cestas básicas. Em contrapartida, as publicações não contém nenhuma valor informativo, como deve ser a publicidade institucional.

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) moveu a ação e pediu a retirada das publicações das redes sociais. A ação cita ainda que a primeira-dama Simone Denarium também realizou publicações no mesmo sentido. Ela também teve que suspender as postagens.

O juiz Bruno Hermes considerou a alegação de que a atitude de Denarium prejudica o equilíbrio na disputa eleitoral deste ano. “Tal prática avilta a legislação vigente, assim como fere a isonomia entre os demais candidatos, podendo inclusive servir de ferramenta capaz de decidir as vagas disputadas para o Governo de Roraima”.

O partido pediu ainda a condenação por conduta vedada. A prática pode gerar cassação de registro de diploma, bem como atrair inelegibilidade.

O partido argumenta que Denarium usou carros oficiais e servidores de várias secretarias para fazer a entrega dos alimentos. Outro ato considerado pelo MDB como conduta vedada foi a entrega de cadeiras de rodas ocorrida no dia 12 de fevereiro. O evento ocorreu nas dependências da Escola Estadual Jesus Nazareno.

Com informações: Roraima em Tempo.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts