Denarium declara patrimônio milionário no TRE: mais de 21 milhões em bens diversos e muito dinheiro.

Compartilhe nosso conteúdo!

Até esta quinta (5) apenas dois nomes que disputarão o governo de Roraima haviam declarado o patrimônio ao Tribunal Regional de Roraima (TRE): Teresa Surita (MDB) e o governador Antonio Denarium (PP) que disputa a eleição.

A declaração de patrimônio é obrigatória para todos os candidatos que disputam as eleições e é feita no ato do registro da candidatura. O prazo acaba no dia 15 deste mês.

Pelo que informou ao TRE, Denarium pode ser classificado como milionário. Entre bens, dinheiro em espécie, aplicações financeiras, investimentos a curto e longo prazo, propriedade rurais, urbanas, casas, terrenos e apartamentos, veículos, prédios comerciais – a lista é extensa – Denarium declarou possuir 21 milhões e 500 mil reais.

O valor declarado agora em 2022 é bem superior ao que foi informado por Denarium em 2018, quando se elegeu governador. Naquele ano Denarium disse possuir 15 milhões e 086 mil reais. Ficou mais rico desde que assumiu o Governo em 6 milhões e 400 mil reais.

Por outro lado o candidato a vice de Denarium, Edilson Damião – que foi secretário de Infraestrutura até abril deste ano, parece viver no mais absoluto estado de pobreza – declarou não possuir bem algum e nem dinheiro.

A declaração de bens de Teresa

A candidata do MDB, Teresa Surita, também fez sua declaração de bens no TRE. Na verdade, Teresa, que foi a primeira candidata ao Governo de Roraima a se registrar na Justiça Eleitoral, informou não possuir bens. Apresentou apenas o detalhamento financeiro do que possui entre aplicações e dinheiro em espécie e em conta corrente.

Mas suas posses em comparação ao concorrente Antonio Denarium, são bem mais modestas. Enquanto Denarium ultrapassa a casa dos R$ 21 milhões, Teresa informou ser dona de 922 mil e 231 reais.

Outros candidatos ao Governo de Roraima ainda não pediram o registro no TRE. A data para realização de convenções acaba nesta sexta-feira, onde os partidos terão que definir os candidatos a todos os cargos em disputa – Presidente da República, governador, senador, deputados federais e estaduais.

Os registros têm que ser obrigatoriamente solicitados até o dia 15 deste mês. Porque a campanha começa efetivamente no dia seguinte, 16.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts