Mercado Municipal São Francisco vira espaço de referência em Boa Vista.

Compartilhe nosso conteúdo!

Os Mercados Municipais se tornaram espaços de referência nas grandes cidades. E em Boa Vista, o Mercado São Francisco destaca a cultura roraimense. Contudo, até 2018, o local não tinha uma estrutura adequada para receber os clientes e nem os turistas. De acordo com a Prefeitura de Boa Vista, o Mercado São Francisco é um dos prédios comerciais mais antigos da capital. Inicialmente, ele surgiu como uma feira pública que atendia especialmente os trabalhadores da agricultura e do garimpo. 

Na sua quinta gestão, a ex- prefeita Teresa Surita incluiu no seu plano de governo o projeto de modernização do Mercado Municipal. “Hoje Boa Vista tem um mercado que destaca a cultura roraimense. Além de promover a geração de renda, ele ainda contribui com o turismo local. E pra mim, foi um sonho realizado”. Assim, em 2018, a Prefeitura entregou a nova estrutura do Mercado São Francisco. O local ganhou mais espaço e agora atende a 41 comerciantes, entre feirantes, artesãos, bem como os vendedores de refeições, cafés e lanches.

Mercado São Francisco modernizado

Para mudar a estrutura do Mercado Municipal São Francisco, a Prefeitura teve o apoio do presidente do Time MDB RR, Romero Jucá. Na época, ele trouxe os recursos para atender ao projeto. “A minha parceria de trabalho com a Teresa rendeu muitos frutos na transformação de Boa Vista. E o Mercado Municipal, por exemplo, é um espaço que virou referência para a cidade, além de gerar renda para muitas famílias”. 

Da mesma forma que em Boa Vista, ao longo dos anos, Romero Jucá também atendeu aos municípios do interior com o apoio para a construção de mercados e feiras. Conforme ele, esses espaços ajudam na venda dos produtos regionais. “Em Rorainópolis, por exemplo, ajudamos com a nova Feira Amazon Dalva. Ela é a maior do interior do Estado e atende a mais de 300 pessoas. E assim, se tornou uma referência na venda de produtos da região Sul do nosso Estado”. 

Conheça a história desse espaço

O local é um dos mais antigos centros de vendas de Boa Vista. E, conforme a Prefeitura, ele foi criado em 1967. Mas, só em 1979, passou a ser um Mercado Municipal. Durante muito tempo, a estrutura foi a mesma. E quem conhece bem a história do Mercado São Francisco é a comerciante Vanda Vieira. A sua família toma conta do box 12, onde funciona o Café da Vanda, que é um dos mais tradicionais do local.

Hoje, ela fica em casa e ajuda na produção dos bolos vendidos no Mercado. Porque agora, são os seus filhos que cuidam do espaço. “Então, foi graças a esse ponto que eu criei os meus filhos e hoje eles trabalham aqui. E a reforma do espaço, com certeza, ajudou muito a gente”. 

Clique aqui para conhecer mais sobre o mercado.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts