CALOTE: Seletivados do Governo de Denarium são excluídos da 1ª parcela do 13º salário.

Compartilhe nosso conteúdo!

Servidores seletivados do Governo de Roraima denunciaram que não receberam o 13º salário nesta quinta-feira (23). O governador Antonio Denarium (PP) anunciou o pagamento nas redes sociais na manhã de hoje.

Contudo, servidores seletivados da Educação e da Saúde relataram que receberam apenas o pagamento do mês. Em contrapartida, o 13º não caiu na conta.

Ao mesmo tempo que faz um apubilicidade ridícula de que a 1ª parcela do décimo terceiro estará na conta nesta quinta, um comunicado da Procuradoria Geral do Estado (leia acima) comunica que servidor seletivado não tem direito ao benefício.

Uma denunciante criticou que o governo deixou de pagar os servidores enquanto investe cerca de R$ 5 milhões no Arraial do Anauá.

“Enquanto isso o senhor governador vai trazer vários artistas nacionais para o Arraial do Anauá. Enquanto o prefeito de BV trouxe uma atração nacional, porém pagou todos os funcionários, sem exceção. Indignação é a palavra”, escreveu a mulher ao Roraima em Tempo.

Um professor disse que trabalha como seletivado desde 2016. E essa é a primeira vez que ele deixa de receber o 13º salário. “Sou professor seletivado desde o ano 2016. Durante todos esses anos nunca fiquei sem receber o décimo, sendo que é um direito nosso. Pelas informações que obtive hoje, quem aderiu à liminar para o não pagamento do décimo dos seletivados foi o próprio governo. Então agora fica a critério dele pagar ou não”, relatou.

Além disso, o professor ressaltou que com a inflação os preços aumentaram e que já contava com esse dinheiro. “É uma falta de respeito com o servidor. Sendo que a jornada de trabalho é a mesma que os efetivos, ou senão maior ainda. Sei que não é muito, mas é um dinheiro que já contamos com ele para as nossas necessidades. Com o aumento de tudo e ainda perder o direito de receber, aí fica difícil”, lamentou.

Em grupos de Whats App, a falta do pagamento gerou polêmica, pois, conforme os professores, o próprio Governo de Roraima aderiu a uma liminar que suspende o direito dos seletivados ao 13º. Dessa forma, eles afirmaram que aguardam um posicionamento do governo para solucionar o problema.

Com informações de redes sociais e Roraima em Tempo.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts