GUERRA AO COVID: Fiscalização constata desrespeito e aglomerações e autua empresas em Boa Vista.

Compartilhe nosso conteúdo!

A prefeitura tem trabalhado de todas as formas no combate ao coronavírus em Boa Vista, para que aos poucos a flexibilização do comércio e demais atividades possam se estender. No entanto, o desrespeito e as aglomerações ainda são um problema e marcaram o último final de semana, 23 e 24, na capital.

A ação conjunta envolve Vigilância Sanitária Municipal, Secretaria Municipal de Planejamento Finanças e Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente, com o apoio da Guarda Municipal de Boa Vista e a Polícia Militar (CIPA). Ao todo, foram inspecionados 25 estabelecimentos na cidade.

Diante dos descumprimentos, foram expedidos 16 autos de infrações, providenciado a interdição de três estabelecimentos, 12 orientações para os casos de aglomerações e 19 dispersões. Além disso, foram apreendidas 16 aparelhagens de sons pela Secretária Municipal de Meio Ambiente.

“Encontramos estabelecimentos comerciais que estavam descumprindo os horários de funcionamento, alguns com reincidências. Foram observados também realizações de dois eventos. O primeiro com aproximadamente 120 pessoas e o segundo, com cerca de 400 pessoas”, disse o chefe de fiscalização da Vigilância Sanitária Municipal, Fernando Matos.

Ele destacou ainda que foram identificadas muitas aglomerações em bares, lojas de conveniências e praças públicas, inclusive com a presença de pessoas em carros com sons fora das normas legais, além de eventos com a presença de muitas pessoas com portas fechadas depois do horário permitido.

“Em resumo foi um final de semana onde apresentou grandes ações por parte da população que culminou com muitas aglomerações, as quais se estenderam até a madrugada”, frisou Fernando.

Decreto – A Prefeitura de Boa Vista prorrogou por mais 15 dias o decreto nº 039/2021. A vigência do decreto que venceria no dia 23 de abril foram mantidas pela prefeitura até 8 de maio. O documento atual ampliou o horário de funcionamento do comércio, liberou festas de aniversário e casamento com limite de até 50 pessoas, além das apresentações de músicos em bares e restaurantes da capital.

Os estabelecimentos continuam autorizados a abrir das 5h às 23h. Permanecem em vigência as regras de ocupação dos empreendimentos, de acordo com o tamanho do prédio e capacidade de até 30%.

Continuam permitidos casamentos e aniversários, com até 50 pessoas, dentro do horário de funcionamento dos estabelecimentos (até às 23h). Além disso, o decreto permite nesses ambientes música ao vivo, com no máximo três músicos e sem dança.

A prefeitura reforça os cuidados para evitar a disseminação da covid-19 como o uso de máscara, higienização das mãos e respeito ao distanciamento social. Além as operações, para combater a disseminação do coronavírus, a prefeitura também recebe denúncias pela Central 156.

Informações e fotos: Secom/Prefeitura

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

look at these guys tube
hardcore footfetish in black stockings. seeking porn
naked amateurs dancing.xxx-videos.monster