USINA XAVANTES vai instalar geradora de energia em Roraima para atender Pacaraima, Amajari e Uiramutã.

Compartilhe nosso conteúdo!

Usina Xavante investirá mais de R$ 20 milhões em geração de energia em Roraima.

A ANEEL e a CCEE realizaram nesta sexta-feira (30) leilão de energia para suprimento dos Sistemas Isolados, negociando 54,7 MW de energia anual média para atender regiões do Acre, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima.

Os contratos firmados, que somam R$ 355,5 milhões em investimentos, preveem fornecimento de eletricidade a partir de 1º de abril de 2023, se estendendo até 180 meses, a depender de cada localidade.

O projeto contemplado para Roraima será desenvolvido pela Usina Xavantes, pertencente ao Grupo Oncorpo, uma empresa 100% brasileira com atuação no setor elétrico Brasileiro e Argentino e que tem acionistas norte-americanos. O investimento na instalação de uma usina geradora em Roraima será de mais de R$ 20 milhões.

O lote arrematado pela Xavantes é formado pelas localidades Uiramutã, Pacaraima e Amajarí. A potência requerida nesse estado é de 5,696 MW. O contrato é de 180 meses para gás ou renovável e 60 meses para outras fontes, como óleo diesel.

Os detalhes da operação ainda sigilosos. Mas o diretor da Oncorp e Ongás João Matos adianta que o transporte do gás no Amazonas não será por meio terrestre. Para ele o certame de hoje foi um sucesso.

Termos vencido esses lotes foi muito importante por dois fatores; isso segmenta a nossa já presença no sistema isolado, nós temos projetos no Amazonas e isso segmenta ainda mais nossa presença lá; e é importantíssimo para efeitos de transição da questão do combustível, porque vai ser o projeto a gás. No lote do Amazonas nós ganhamos um gás natural então isso é um importante símbolo de que, de fato, essa transição de combustível está começando a ocorrer. Tem sinergia com o nosso projeto de Suape então é muito importante. E em relação a Roraima, o lote de Roraima também porque a Região Norte é uma área que nós já temos atuação e agrega ainda mais pro nosso portfólio, valendo ressaltar que a tecnologia que será utilizada nesse lote são tecnologias 100% desenvolvidas pelo grupo Oncorp, então; de fato, foi um dia muito bom, os acionistas foram muito bem sucedidos na estratégia de expansão e de agressividade nesse leilão de hoje”, comemora Matos.

O certame, realizado de forma 100% virtual pela primeira vez, seguiu as diretrizes da Portaria MME n°. 341, de 11 de setembro de 2020, e ofertou projetos para usinas a biodiesel, gás natural e óleo diesel.

Os vencedores terão prazo de dois anos para entregar as 23 centrais geradoras das 5 soluções de suprimento que propuseram para o abastecimento das localidades, ofertando carga diretamente para as distribuidoras que atendem o consumidor final.

O resultado completo do leilão pode ser conferido no site da CCEE: https://leilaopublico.ccee.org.br/LSI/.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

look at these guys tube
hardcore footfetish in black stockings. seeking porn
naked amateurs dancing.xxx-videos.monster