Na Venezuela, do ditador Nicolás Maduro, 1 em cada 5 clientes teve o telefone grampeado.

Compartilhe nosso conteúdo!

Companhia de telecomunicações espanhola Telefónica, da Espanha, divulgou relatório de transparência sobre suas atividades no país de Nicolás Maduro

Na Venezuela, 1 em cada 5 clientes teve o telefone grampeado
Nicolás Maduro: ditador da Venezuela.

A companhia de telecomunicações espanhola Telefónica, da Espanha, divulgou nesta quinta, 23, um relatório de transparência sobre suas atividades na Venezuela.

Os dados mostram que 1,5 milhão de linhas foram interceptadas em seis anos. O número equivale a 20% do total de clientes da empresa na Venezuela. Entre as organizações listadas está o Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional, Sebin.”

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts