Acabou o ‘show’ de Pazuello. Marqkinhos Maniçoba desapega do Planalto. LEIA DESPEDIDA

Compartilhe nosso conteúdo!
DE SAÍDA | Markinhos posa com Pazuello depois de anunciar sua saída do Ministério. FOTO; Twitter/Markinhos

Markinhos Show, ou Marquinhos Maniçoba, o coach de Eduardo Pazuello, que também foi secretário fracassado de Comunicação em Roraima, enviou a seus contatos de WhatsApp uma mensagem de despedida.

Saio com a cabeça erguida, sem deixar nada que desabone minha conduta como profissional, técnico e cidadão brasileiro. Não guardo mágoas, mesmo sabendo que tiveram pessoas que no decorrer dos trabalhos travaram, procrastinaram, sabotaram, fizeram de tudo para tentar prejudicar o trabalho como um todo.

Mas a vida é feita de aplausos e vaias, críticas e elogios, glórias e perdas. Confesso que aprendi muito com tudo isso. Porém tudo isso não seria nada, se eu não aprende-se (sic) a perdoar. Pedras no caminho, guardo todas. Um dia irei construir o meu castelo.”

Pazuello pode ser seu mestre de obras, Maniçoba. Além do mais não custa nada você recorrer a um reforço de português e reciclar a gramática, porque ela se revela capenga ao extremo.

Enquanto esteve ao lado de Pazuello comandando a comunicação do Ministério da Saúde, Markinhos Maniçoba não rendeu na mesma proporção dos seus conhecimentos em Neuromarketing. Além do mais só acumulou antagonismos e fez muitos adversários no meio por conta de sua petulância excessiva.

VEJA NA ÍNTEGRA A MENSAGEM DE MARKINHOS NO FACEBOOK:

Prezados,

Deixo hoje o Ministério da Saúde com o dever de missão cumprida naquilo que me foi confiado ao longo dessa jornada. Saio com a cabeça erguida, sem deixar nada que desabone minha conduta como profissional, técnico e cidadão brasileiro. Não guardo mágoas, mesmo sabendo que tiveram pessoas que no decorrer dos trabalhos travaram, procrastinaram, sabotaram, fizeram de tudo para tentar prejudicar o trabalho como um todo.Mas a vida é feita de aplausos e vaias, críticas e elogios, glórias e perdas. Confesso que aprendi muito com tudo isso.

Porém tudo isso não seria nada, se eu não aprende-se a perdoar. Como assessor especial do ministro Eduardo Pazuello, comunico, minha saída como prova de lealdade e respeito. Junto comigo deixam também os cargos Zoser Hardman, ex-Assessor especial do ministro para assuntos jurídicos e Airton Cascavel, ex- Assessor Institucional.Tenho total conhecimento de tudo que Pazuello fez pelo povo brasileiro, tal como aquisição de mais de 500 milhões de doses de vacinas, investimentos em mais leitos de UTI, respiradores, usinas de oxigênio, medicamentos, kit intubação, contratação de profissionais de saúde – por meio do Mais Médicos – e uma meta para vacinar mais de 1 milhão de brasileiros por dia, a partir de abril. Também é mérito dele pedido encaminhado à Secretária de Vigilancia em Saúde para que se inicie a vacinação de professores e agentes de segurança pública a partir do próximo mês.

Pazuello arrumou a casa, criou sistema de inteligência digital para controlar e dar transparência aos números da covid-19, de vacinas e de vacinados. Criou também o Centro de Operações de Emergência (COE) – que deve ser rebatizar de Secretaria Especial de Combate à Covid-19. O momento mais desafiador da pandemia foi há 8 meses, quando não tínhamos vacinas e havia ainda uma orientação, dada para que as pessoas ficassem em casa até sentirem falta de ar.

Um momento onde todos estavam aprendendo a lidar com essa doença. Hoje, vivemos uma segunda onda, com carga viral mais forte e de maior poder de contágio, a chamada P1. Entretanto, com as vacinas adquiridas na gestão Pazuello, os brasileiros serão vacinado e em breve estaremos imunizados contra a covid-19. Tudo isso é fruto do trabalho de um General treinado e preparado para salvar vidas diante de uma guerra. E vale lembrar que estamos em uma guerra, onde existe um inimigo invisível e letal.

Pazuello fez sim muito por nessa batalha e se teremos mais brasileiros vivos e protegidos, devemos sempre nos lembrar dele. Pedras no caminho, guardo todas. Um dia irei construir o meu castelo.

Markinhos Marques – Ex- Assessor especial de Comunicação

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts