CARNAVAL EM BOA VISTA: Festas particulares deverão seguir medidas sanitárias previstas no decreto municipal.

Compartilhe nosso conteúdo!

Na última terça-feira, 11, o Comitê Municipal de Combate à Covid-19 decidiu cancelar as festas de carnaval de rua em Boa Vista, devido aos números elevados de síndromes gripais que surgiram nas últimas semanas e o aumento de casos de Covid-19. Eventos particulares estarão liberados, porém terão que seguir todas as normas de segurança sanitária previstas no decreto municipal, inclusive serão fiscalizados.

Desde o início da pandemia, profissionais da Vigilância Sanitária Municipal, em parceria com equipes das secretarias municipais de Serviços Públicos e Meio Ambiente, Planejamento e Finanças desenvolvem ações de conscientização e monitoramento do comércio, com apoio da Guarda Municipal e da Polícia Militar.

De acordo com o chefe de fiscalização da Vigilância Sanitária Municipal, Eurico Sampaio, as equipes estarão as ruas para impedir qualquer tipo de descumprimento de medidas sanitárias que coloquem em risco a saúde da população.

“As festas particulares de carnaval autorizadas seguem os mesmos critérios para eventos diversos, como limite de pessoas, distanciamento e exigência do uso de equipamentos de segurança. Nossas equipes estarão nas ruas para garantir que essas medidas sejam cumpridas. Caso contrário, os responsáveis estarão sujeitos a penalidades como advertência, interdição e multa”, explicou.

Interessados em promover festas particulares devem procurar a Vigilância Sanitária Municipal e requerer uma autorização. O responsável receberá orientações e instruções que variam de acordo com o local, se será aberto ou fechado, quantidade de participantes, dentre outros pontos.

DADOS SAÚDE – Conforme dados do último Boletim Epidemiológico do Comitê Municipal de Combate à covid-19, na primeira semana de janeiro deste ano foram mais de 14.400 atendimentos nas UBS que atendem casos de Covid-19, o que corresponde a um acréscimo de 62,6% com relação à última semana de dezembro de 2021.

Além disso, levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) aponta que a capital está com 78,54% da população imunizada com a primeira dose e 58% com a segunda.

Vacinação – De acordo com o coordenador municipal de imunização, Romildo Azevedo, a vacinação é a forma mais eficaz de evitar casos graves da Covid-19, sendo essencial a colaboração da população.

“Felizmente, hoje temos como arma a vacina, que tem como objetivo minimizar os sintomas, as complicações, internações das pessoas. Mas é preciso que a população se conscientize e complete o esquema vacinal para só assim conseguirmos colocar um fim nessa pandemia”, disse.

No período de carnaval, a prefeitura vai intensificar campanhas e ações que estimulem a população a completar o esquema vacinal, visto que a vacina é a forma mais segura e efetiva de combater a proliferação do vírus.

Além dos postos de vacinação drive-thru, no Terminal de Ônibus Luiz Canuto Chaves – Centro e Quadra do CRAS, no Parque Germano Sampaio – Pintolândia, de segunda à sábado, das 8h30 às 17h, a prefeitura disponibiliza oito Unidades Básicas de Saúde (UBS) exclusivas para Covid-19, são elas:

  • UBS Olenka Macellaro (Caimbé)
  • UBS Mariano de Andrade (Caranã)
  • UBS Délio Tupinambá (Nova Cidade)
  • UBS Aygara Motta (Cidade Satélite)
  • UBS Lupércio Lima (Pintolândia)
  • UBS São Vicente
  • UBS Silvio Botelho
Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts