RINHA DE GALOS: a briga de Telmário e Hiran pelo apoio de Denarium.

Compartilhe nosso conteúdo!

Começou mais cedo do que se esperava. E só vai piorar mais tarde no curso da campanha. Telmário Mota e Hiran Gonçalves, os dois candidatos de Antonio Denarium ao Senado já deram início ao confronto de narrativas que vai desaguar certamente em arengas mais ásperas quando a disputa pelo voto for oficialmente declarada pela Justiça Eleitoral.

Estamos ainda na pré-campanha, mas os dois já estão se encafifando porque a,bos desejam ter o apoio e o mesmo palanqtue de Denarium e consequentemente as benesses oficiais. Telmário disputa a reeleição e contava com o apoio de Denarium. De repente Hiran surgiu no tabuleiro da corrida ao Senado, cuidou de fazer aliança com o governador, encheu o Governo de Denarium de familiares, amigos e aliados e encantou-se pela vaga de senador.

Na semana passada, quando participou de uma entrevista em uma rádio local, Hiran disparou: “Telmário citou que a minha candidatura havia sido imposta. Engana-se o parlamentar, pois ela é majoritária e há muito tempo tem sido ventilada e alinhada por uma coligação forte composta por integrantes do Governo de Roraima e da Assembleia Legislativa de Roraima. Ou seja, a minha candidatura é legitima”, disse Hiran.

Hiran insultou ainda mais o senador “Nibirú” afirmando que além de ser seu adversário, Telmário está com medo da campanha dele [Hiran]. “Respeito sua opinião contraditória, porque sua preocupação com minha candidatura tem sido grande, mas desconheço qualquer pesquisa não oficial desmerecendo meu nome ou minha candidatura e que esteja elevando Telmário no voto popular. Percebo tudo isso apenas como uma falácia do concorrente”, disse.

Em resposta Telmário disse: “A minha única preocupação é levar qualidade de vida para o povo de Roraima, povo esse que é o meu patrão e quem valida meu mandato. A fala do deputado Hiran demonstra insegurança e é de quem está perdido no cenário político do estado. Infelizmente, ele está mais preocupado em jogar pedra ora no Jucá, ora em mim”.

Essas pequenas desavenças são apenas o aperitivo para o engrosso que colocará Telmário e Hiran no campo de batalha, sobrando respingos no grupo palaciano. Mas se os dois se pegarem numa rinha de galo, Telmário levará a melhor.

Com informações: FolhaWeb

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts