Praça do Tepequém gera renda para a comunidade.

Compartilhe nosso conteúdo!

Centro Wakiri concluído com verbas conseguidas por Jucá.

Segundo o Departamento Estadual de Turismo de Roraima, a Serra do Tepequém, no município de Amajari, é o destino que mais recebe pessoas em Roraima. Entre os destaques da região estão as cachoeiras e o platô da Serra do Tepequém. E hoje, o local conta ainda com um novo espaço: a Praça do Tepequém.

E apesar de receber muitas pessoas, a Vila do Tepequém não tinha um local para a própria comunidade. Porém, isso mudou em 2019, com a nova praça do Tepequém. A obra teve o apoio do presidente do Time MDB RR, Romero Jucá.  “Eu sempre ajudei a construir espaços de convivência por todo o Estado. Além de incentivar a qualidade de vida, as praças, por exemplo, servem para o esporte, para os shows, os eventos e ainda geram renda”.

Próprio negócio

Para a moradora Gabriela Souza, a Praça do Tepequém foi, portanto, o caminho para a realização do seu sonho. Antes de morar na Vila, ela nem conhecia o local. Porém, aceitou o convite feito pelo marido e se mudou para a Serra. “Eu estava cansada de ter patrão. E meu sonho era ter o meu próprio negócio. Então, quando eu ganhei a chance de usar o quiosque na praça foi muito bom”.

A moradora conta que, antes, a renda era pequena. No entanto, ela buscou por novidades e com isso, atraiu mais clientes. E logo, teve mais renda. “A gente ficava feliz com R$ 30 ou R$ 70. Depois, servimos o churrasquinho e o guaraná. Assim, a nossa renda aumentou muito”. 

Conforme ela, o trabalho de Romero Jucá ajudou a criar um espaço para a comunidade. “Os recursos que o Romero Jucá trouxe para essa praça foram muito importantes. Porque antes, os turistas não tinham um lugar para se encontrar e conversar. E aqui, a gente serve os turistas todos os dias”.

Clique aqui para conhecer a história da Gabriela.

Mais espaços

O Time MDB RR trabalhar para gerar empregos e renda. Como senador, Romero Jucá trouxe os recursos que ajudaram a construir espaços públicos em vários municípios. E da mesma forma que na Praça do Tepequém, nesses espaços há locais para a geração de renda. 

A Feira Amazon Dalva, que fica no município de Rorainópolis, por exemplo, gera renda para mais de 300 pessoas. Assim também é na Praça Central de Alto Alegre, onde há restaurantes e até uma barbearia. 

Já na capital a parceria com a ex- prefeita Teresa Surita ajudou a criar locais como o Centro Comercial Waikîri e a nova Praça de Alimentação da Ene Garcez. Só em Boa Vista, são mais de 1800 famílias que tiram a sua renda nas praças e parques da cidade.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts